• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.5.2020.tde-16062021-123001
Documento
Autor
Nome completo
Alexandre Gomes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2020
Orientador
Banca examinadora
Jukemura, José (Presidente)
Borghesi, Ronaldo Antonio
Franzini, Tomazo Antonio Prince
Moura, Eduardo Guimarães Hourneaux de
Título em português
Videoanuscopia: resultados do exame anal de rotina durante as colonoscopias
Palavras-chave em português
Canal anal
Colonoscopia
Proctoscopia
Resumo em português
INTRODUÇÃO: O exame anal e a videoanuscopia (VA) raramente são realizados durante as colonoscopias. É recomendado o exame do canal anal e região perianal durante a colonoscopia de rotina, principalmente para detecção de neoplasias e na pesquisa do sangramento anorretal. A anuscopia, que é considerada de grande importância para a detecção de doenças anais e perianais, tem sido esquecida nesta era da videocolonoscopia. OBJETIVO: O objetivo deste estudo é demonstrar que o exame anal e a VA fornecem informações importantes e devem ser feitos em todas as colonoscopias de rotina. MÉTODOS: Um estudo retrospectivo descritivo foi realizado em 12151 pacientes rastreados por VA, que foram realizados durante a colonoscopia ambulatorial de rotina entre 2006 e 2018. Os aspectos estudados foram: exame normal; hemorroidas; hemorroidas trombosadas; fissura anal; doença de Crohn perianal; fístula perianal; condiloma; pólipos; neoplasias; estenose anal; sangramento e outros achados. Foram calculadas as porcentagens de cada achado e subdivididos em faixas etárias a cada dez anos, separadamente por sexo, além da mediana e a média de idade. RESULTADOS: Das colonoscopias realizadas em 12151 pacientes, 9364 casos (77,06%) apresentaram algumas alterações. Hemorroidas internas grau I (5911 - 48,65%); hemorroidas internas dos graus II, III e IV (2362 - 19,44%); hemorroidas trombosadas (120 - 0,99%); sangramento (56 - 0,46%); fissura (415 - 3,42%); fístula perianal (42 - 0,35%); doença de Crohn perianal (34 - 0,28%); condilomas (18 - 0,15%); estenose anal (30 - 0,25%); outros achados (310 - 2,55%); pólipos (62 - 0,51%); quatro casos de neoplasia do canal anal (0,03%): dois casos de carcinoma espinocelular e dois casos de adenocarcinoma. CONCLUSÃO: A realização da videoanuscopia de rotina durante a colonoscopia melhorou o diagnóstico das lesões anais neoplásicas, permitiu a correta classificação do grau das hemorroidas, ajudou a confirmar o local do sangramento e detectou outras patologias anais. Os principais achados foram hemorroidas, fissuras e fístulas perianais. O estudo propõe que o exame anal e a VA devam ser realizados em todas as colonoscopias de rotina
Título em inglês
Video anoscopy: results of routine anal examination during colonoscopies
Palavras-chave em inglês
Anal canal
Colonoscopy
Proctoscopy
Resumo em inglês
BACKGROUND: Anal examination and video anoscopy (VA) are rarely performed during colonoscopies. Examination of the anal canal and perianal region is recommended during routine colonoscopy, especially for cancer detection and for anorectal bleeding. Anoscopy, which is considered of great importance for the detection of anal and perianal diseases, has been forgotten in this era of video colonoscopy. STUDY AIMS: The aim of this study is to demonstrate that anal examination and VA provide important information in all routine colonoscopies. METHODS: A cross-sectional study was conducted on 12,151 patients screened by VA which were performed during routine outpatient colonoscopy between 2006 and 2018. The aspects studied were: normal examination; hemorrhoids; thrombosed hemorrhoids; anal fissure; perianal Crohn's Disease; perianal fistula; condyloma; polyps; neoplasms; stenosis; bleeding and other findings. The percentages of each finding were calculated and subdivided into age groups every ten years, separately by gender, as well as median and average age. RESULTS: Of the colonoscopies performed on 12,151 patients, 9364 cases (77.06%) presented some alterations. Internal I degree hemorrhoids (5911 - 48.65%); internal hemorrhoids of II, III and IV degrees (2362 - 19.44%); thrombosed hemorrhoids (120 - 0.99%); bleeding (56 - 0.46%); fissure (415 - 3.42%); perianal fistula (42 - 0.35%); perianal Crohn's Disease (34 - 0.28%); condylomas (18 - 0.15%); anal stenosis (30 - 0.25%); other findings (310 - 2.55%); polyps (62 - 0.51%), one of which was adenomatous with high-grade dysplasia; four cases of anal canal neoplasia (0.03%): two cases of squamous cell carcinoma and two cases of adenocarcinoma. CONCLUSION: The association of routine video anoscopy during colonoscopy improved the diagnosis of the neoplastic anal lesions, allowed correct classification of the degree of hemorrhoids, helped to confirm the bleeding site and detected other anal pathologies. The main findings were hemorrhoidal diseases, fissures and perianal fistulas. The study suggests that VA should be used in all colonoscopies
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AlexandreGomes.pdf (35.70 Mbytes)
Data de Publicação
2021-06-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.