• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2013.tde-08082013-152851
Documento
Autor
Nome completo
Guilherme Tommasi Kappaz
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Sallum, Rubens Antonio Aissar (Presidente)
Gagliardi, Danilo
Zilberstein, Bruno
Título em português
Avaliação da qualidade de vida e fatores associados à satisfação dos pacientes submetidos ao tratamento cirúrgico da Doença do Refluxo Gastroesofágico
Palavras-chave em português
Azia
Fundoplicatura
Laparoscopia
Qualidade de vida
Refluxo gastroesofágico
Regurgitação gástrica
Resumo em português
Introdução: O tratamento cirúrgico da doença do refluxo gastroesofágico (DRGE) possui excelente resultado na maioria dos pacientes. Porém, um grupo significante de indivíduos apresenta complicações ou recidiva dos sintomas, com impacto na qualidade de vida. Objetivos: Avaliar o grau de satisfação dos pacientes submetidos à fundoplicatura laparoscópica à Nissen, e comparar os resultados da aplicação do questionário GERD-HRQL de qualidade de vida pessoalmente e por via telefônica. Identificar fatores pré e pós-operatórios associados ao resultado do tratamento cirúrgico. Métodos: Foram selecionados 178 pacientes operados entre 2005 e 2009, no serviço de cirurgia do esôfago do HCFMUSP. Os pacientes foram convocados para consulta ambulatorial. Foram levantados os prontuários médicos para obtenção de dados pré-operatórios. No estudo foi feita a análise de dados epidemiológicos, cirúrgicos, endoscópicos e manométricos. Os pacientes foram divididos em grupos, e foi aplicado o questionário de qualidade de vida GERD- HRQL. Foi avaliada também a nota de melhora dos sintomas de 0 a 10, a intenção de fazer novamente a cirurgia e o uso atual de omeprazol. Os pacientes que não puderam comparecer ao ambulatório foram entrevistados por telefone. Resultados: 90 pacientes foram incluídos no estudo, 45 no grupo A (entrevista ambulatorial) e 45 no grupo B (entrevista telefônica). Houve diferença significante entre a pontuação média no questionário GERD-HRQL dos pacientes do grupo A (6,29) e B (14,09), p=0,002. Esse resultado também foi significante quando separados homens (p=0,018) e mulheres (p=0,049) de ambos os grupos. Porém, a nota de melhora dos sintomas (p=0,642) e a intenção de fazer novamente a cirurgia (p=0,714) foram iguais. Analisando-se somente os pacientes do grupo A, a correlação linear de Pearson não mostrou diferença estatística entre a pontuação no questionário GERD-HRQL e idade (p=0,953), IMC pré-operatório (p=0,607), IMC pós-operatório (p=0,498), pressão do esfíncter inferior do esôfago (PEM, p=0,651; PRM, p>0,999) e amplitude média de contração do esôfago distal (p=0,997). A correlação da pontuação média no questionário GERD-HRQL com número de pontos na hiatoplastia (p=0,857), presença de esofagite erosiva pré-operatória (p=0,867), tamanho da hérnia hiatal (p=0,867) e presença de distúrbio motor do esôfago (p=0,207) também não mostrou significância estatística. A presença de esôfago de Barrett maior que 1cm correlacionou-se com menor pontuação no questionário GERD-HRQL (p=0,035). O uso rotineiro de omeprazol foi marcador de menor satisfação com a cirurgia (p=0,034). Conclusões: A satisfação dos pacientes com o tratamento cirúrgico é de forma geral elevada. A aplicação do questionário GERD-HRQL mostrou pior qualidade-de-vida dos pacientes entrevistados por telefone, em comparação aos pacientes entrevistados pessoalmente no ambulatório. O uso rotineiro de omeprazol após a cirurgia esteve associado à menor satisfação com o tratamento cirúrgico da DRGE Não foram identificados fatores pré-operatórios que possam determinar pior resultado da fundoplicatura laparoscópica à Nissen, porém a presença de esôfago de Barrett no pré-operatório foi um marcador de maior satisfação dos pacientes operados
Título em inglês
Assessment of quality-of-life and factors associated with satisfaction of patients submitted to surgical treatment of Gastroesophageal Reflux Disease
Palavras-chave em inglês
Fundoplication
Gastroesophageal reflux
Heartburn
Laparoscopy
Quality of Life
Regurgitation gastric
Resumo em inglês
Introduction: The surgical treatment of gastroesophageal reflux disease (GERD) has excellent results in most patients. However, a significant group develops complications or recurrence of symptoms, with impact on quality-of- life. Objectives: Evaluate the satisfaction of patients submitted to laparoscopic Nissen fundoplication, and compare the results of the GERD-HRQL quality of life questionnaire applied in person and by telephone. Identify pre and postoperative factors associated with the outcome of the surgical treatment.. Methods: 178 patients operated by the esophageal surgery division at Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, between 2005 and 2009, were selected. Patients were invited to an ambulatory interview. Charts were reviewed, and preoperative data was obtained. Epidemiological, surgical, endoscopic, and manometric parameters were studied. Patients were divided in groups, and the GERD-HRQL questionnaire was used. We also evaluated the score of symptom improvement between 0 and 10, if the patient would do the surgery again and current use of omeprazole. Patients who could not come to the ambulatory were interviewed by telephone. Results: 90 patients were enrolled in the study, 45 in group A (ambulatory interview) and 45 in group B (telephonic interview). There was significant statistical difference between the average score in the GERD-HRQL questionnaire in groups A (6,29) and B (14,09), p=0,002. This result was also significant among men (0,018) and women (0,049) in both groups. However, the score of symptom improvement (p=0,642) and the intention of doing the surgery again (p=0,714) were equivalent. In group A patients, Pearson's linear correlation did not show statistical difference between the GERD-HRQL score and age (p=0,953), preoperative BMI (p=0,607), postoperative BMI (p=0,997), inferior esophageal sphincter pressure (PEM, p=0,651; PRM, p>0,999) and distal esophageal contraction pressure (p=0,997). The correlation between GERD-HRQL score and number of stitches in hiatoplasty (p=0,857), presence of preoperative erosive esophagitis (p=0,867), size of hiatal hernia (p=0,867) and presence of motor esophageal disturbances (p=0,207) did not show statistical significance. The presence of Barrett's esophagus larger than 1cm correlated with a lower score on GERD-HRQL questionnaire (p=0,035). The routine use of omeprazole was a marker of lower satisfaction with the surgical treatment (p=0,034). Conclusions: Patient satisfaction with surgical treatment is generally high. The GERD-HRQL questionnaire showed poorer quality-of-life of patients interviewed by telephone, compared to patients interviewed at the ambulatory. The routine use of omeprazole after surgery was associated with lower satisfaction with the surgical treatment. No preoperative factors were identified that could determine worst outcome after laparoscopic Nissen fundoplication, but the presence of Barrett's esophagus preoperatively was a marker of increased patient's satisfaction
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-08-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.