• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.5.2022.tde-18042022-133025
Documento
Autor
Nome completo
Bárbara Floriano Palacios
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2022
Orientador
Banca examinadora
Bydlowski, Sergio Paulo (Presidente)
Rodrigues, Alessandro
Araldi, Rodrigo Pinheiro
Levy, Débora
Título em português
Avaliação do efeito terapêutico do oxisterol delta-3 na leishmaniose tegumentar americana causada pelo protozoário Leishmania (Leishmania) amazonensis
Palavras-chave em português
Diagnóstico
Leishmania
Leishmaniose cutânea
Leishmaniose tegumentar americana
Oxisteróis
Terapia
Resumo em português
A leishmaniose tegumentar americana (TLA) é uma doença infecciosa causada por diferentes espécies de protozoários parasitos do gênero Leishmania, que afeta o homem e os animais. Esta doença permanece endêmica em vastas áreas da América Latina. O diagnóstico depende da identificação de amastigotas em tecido ou promastigotas em meios de cultura, mas também utiliza-se diagnóstico sorológico. O tratamento é realizado com dois fármacos, os antimoniais pentavalentes e a anfotericina B, porém, eles possuem efeitos secundários aos pacientes, o que dificulta a adesão correta do tratamento, ocasionando o abandono da terapia. Portanto, a busca por novos alvos terapêuticos para a LTA é necessária e urgente. Os oxisteróis são compostos resultantes de modificações oxidativas, de origem enzimática ou não, que podem ocorrer na molécula de colesterol. O oxisterol delta-3 apresentou um bom papel na interrupção da progressão do ciclo celular de promastigotas de leishmania, assim como também se notou que foram eficientes na produção de NO (óxido nítrico) em macrófagos infectados. Assim, no presente trabalho a eficácia in vivo do oxisterol delta-3 para uso tópico foi avaliado em camundongos machos da linhagem BALB/c infectados com Leishmania (Leishmania) amazonensis. Foi produzido um creme à base Beeler, contendo diferentes concentrações do oxisterol delta-3. Os animais foram infectados com L. (L.) amazonensis na base da cauda e após seis semanas da infecção deu-se início ao tratamento tópico com o creme, que foi administrado uma vez por dia durante um período total de 10 dias. Os dados obtidos mostraram que o grupo de animais tratados com as diferentes concentrações de oxisterol apresentaram menor tamanho de lesão e diminuição da carga parasitária quando comparados ao grupo controle infectado. Tomados em conjunto, nossos dados sugerem que o oxisterol delta-3 está sendo um tratamento seguro, eficaz, de baixo custo e de menor duração para a leishmaniose tegumentar
Título em inglês
Evaluation of the therapeutic effect of oxisterol delta-3 on american tegumentary leishmaniasis caused by protozoan Leishmania (Leishmania) amazonensis
Palavras-chave em inglês
American cutaneous leishmaniasis
Cutaneous leishmaniasis
Diagnosis
Leishmania
Oxysterols
Therapy
Resumo em inglês
American cutaneous leishmaniasis (ACL) is an infectious disease caused by different species of protozoan parasites of the genus Leishmania, which affect humans and animals. This disease remains endemic in widespread areas of Latin America. Diagnosis depends on the identification of amastigotes in tissue or promastigotes in culture, but serological diagnosis is also used. The treatment is performed with two drugs, pentavalent antimonials and amphotericin B, however, they have side effects to patients, which hinders the correct adherence of treatment, causing the abandonment of therapy. Therefore, the search for new therapeutic targets for ACL is necessary and urgent. Oxisterols are compounds resulting from oxidative modifications, whether enzymatic or not, that may occur in the cholesterol molecule. Oxisterol delta-3 played a good role in stopping the cell cycle progression of leishmania promastigotes, as well as being efficient in NO (nitric oxide) production in infected macrophages. Thus, in the present study, the in vivo efficacy of topical oxisterol delta-3 was evaluated in male BALB / c mice infected with L. (L.) amazonensis. A Beeler-based cream containing different concentrations of oxisterol delta-3 was produced. The animals were infected with L. (L.) amazonensis at the base of the tail and after six weeks of infection the topical treatment with the cream was started, which was administered once a day for a total of 10 days.Our result showed that the groups of animals treated with different concentrations of oxysterol delta-3 presented smaller lesion size and decreased parasitic load when compared to the untreated infected group. Taken together, our data suggest oxisterol delta-3 is a safe, effective, cost-effective, and shorter treatment for cutaneous leishmaniasis
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-04-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.