• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Mémoire de Maîtrise
DOI
https://doi.org/10.11606/D.5.2020.tde-09032020-105218
Document
Auteur
Nom complet
Beatriz Araujo Oliveira
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
São Paulo, 2019
Directeur
Jury
Bydlowski, Sergio Paulo (Président)
Rodrigues, Alessandro
Maximino, Jessica Ruivo
Teodoro, Walcy Paganelli Rosolia
Titre en portugais
Ação dos oxisteróis na diferenciação osteogênica e adipogênica de células-tronco mesenquimais de tecido adiposo
Mots-clés en portugais
Células-tronco
Colesterol
Diferenciação celular
Oxisteróis
Resumé en portugais
As células-tronco mesenquimais (CTMs) são o tipo de célula-tronco (CT) mais frequentemente utilizado para pesquisa e propósitos clínicos. São caracterizadas por sua capacidade de autorrenovação e diferenciação em múltiplas linhagens celulares. O colesterol é um componente estrutural da membrana celular que pode ser facilmente oxidado por oxidação enzimática ou não enzimática em produtos conhecidos como oxisteróis. Sabe-se que os oxisteróis exercem ação em diversos processos fisiopatológicos, dentre eles a determinação da linhagem celular durante a diferenciação de CTMs. A característica pró-osteogênica dos oxisteróis tem despertado o interesse de pesquisadores a respeito de sua ação potencial no tratamento de doenças ósseas, sendo propostos como substitutos das BMPs. Neste estudo foi avaliada a ação do colesterol, assim como dos oxisteróis 7-cetocolesterol (7-KC) e Colestane-3Beta,5Alfa,6Beta-triol (Triol) na diferenciação de células-tronco mesenquimais derivadas de tecido adiposo (CTMTAs). Os resultados sugerem que o colesterol e o 7-KC exercem uma ação pró-osteogênica e anti-adipogênica na diferenciação de CTMTAs, promovendo a expressão mais rápida de marcadores de diferenciação osteogênica inicial (RUNX2 e ALPL) e inibição dos marcadores de diferenciação adipogênica (PPAR-Gama e C/EBPAlfa). Estes efeitos foram causados pela ativação da via de sinalização Wnt/Beta-catenina, sem intervenção da via de sinalização Sonic Hedgehog (SHh). O oxisterol Triol foi anti-osteogênico e anti-adipogênico nas CTMTAs apesar de induzir maior expressão da Beta-catenina
Titre en anglais
Ação dos oxisteróis na diferenciação osteogênica e adipogênica de células-tronco mesenquimais de tecido adiposo
Mots-clés en anglais
Células-tronco
Colesterol
Diferenciação celular
Oxisteróis
Resumé en anglais
As células-tronco mesenquimais (CTMs) são o tipo de célula-tronco (CT) mais frequentemente utilizado para pesquisa e propósitos clínicos. São caracterizadas por sua capacidade de autorrenovação e diferenciação em múltiplas linhagens celulares. O colesterol é um componente estrutural da membrana celular que pode ser facilmente oxidado por oxidação enzimática ou não enzimática em produtos conhecidos como oxisteróis. Sabe-se que os oxisteróis exercem ação em diversos processos fisiopatológicos, dentre eles a determinação da linhagem celular durante a diferenciação de CTMs. A característica pró-osteogênica dos oxisteróis tem despertado o interesse de pesquisadores a respeito de sua ação potencial no tratamento de doenças ósseas, sendo propostos como substitutos das BMPs. Neste estudo foi avaliada a ação do colesterol, assim como dos oxisteróis 7-cetocolesterol (7-KC) e Colestane-3Beta,5Alpha,6Beta-triol (Triol) na diferenciação de células-tronco mesenquimais derivadas de tecido adiposo (CTMTAs). Os resultados sugerem que o colesterol e o 7-KC exercem uma ação pró-osteogênica e anti-adipogênica na diferenciação de CTMTAs, promovendo a expressão mais rápida de marcadores de diferenciação osteogênica inicial (RUNX2 e ALPL) e inibição dos marcadores de diferenciação adipogênica (PPAR-Gama e C/EBPAlpha). Estes efeitos foram causados pela ativação da via de sinalização Wnt/Beta-catenina, sem intervenção da via de sinalização Sonic Hedgehog (SHh). O oxisterol Triol foi anti-osteogênico e anti-adipogênico nas CTMTAs apesar de induzir maior expressão da Beta-catenina
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Date de Publication
2020-03-09
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
CeTI-SC/STI
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2021. Tous droits réservés.