• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2017.tde-06032017-104953
Documento
Autor
Nome completo
Davi Alves de Santana
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Silva, Hamilton Augusto Roschel da (Presidente)
Pinto, Ana Lúcia de Sá
Rondon, Maria Urbana Pinto Brandão
Título em português
Efeitos agudos do exercício físico aeróbio sobre a função renal de pacientes com doença renal crônica não dialíticos
Palavras-chave em português
Albuminúria
Exercício
Insuficiência renal crônica
Rim/fisiologia
Taxa de filtração glomerular
Resumo em português
INTRODUÇÃO: O exercício físico pode ser uma terapia coadjuvante para indivíduos com doença renal crônica (DRC), já que esta condição patológica tem sido associada a múltiplas comorbidades como hipertensão e diabetes mellitus. No entanto, pouco se sabe sobre os efeitos agudos do exercício sobre a função renal em pacientes com DRC em seus diferentes estágios. OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi investigar os efeitos agudos do exercício aeróbico sobre a função renal em pacientes com DRC não dialíticos. MÉTODOS: Trinta e três indivíduos foram divididos em três grupos: i) pacientes nos estágios 1 e 2 (DRC1-2; n= 11); ii) estágios 3 e 4 (DRC3-4; n= 11); iii) indivíduos saudáveis (CON; n= 11). Todos os voluntários realizaram 30 minutos de exercício em esteira em intensidade correspondente ao limiar anaeróbio ventilatório (LAN) (%VO2pico= 60 ± 8). Amostras de sangue foram coletadas antes, imediatamente após o exercício, 30 e 60 minutos após o exercício, e amostras de urina foram coletadas antes, 30, 60 e 90 minutos após o exercício para mensuração da creatinina e albuminúria. A taxa de filtração glomerular foi avaliada a partir da depuração endógena de creatinina (TFGCr-Cl) e estimada a partir da equação CKD-EPI 2009 (eTFG). RESULTADOS: Imediatamente após o exercício, não foram observadas alterações significantes na TFGCr-Cl e eTFG em todos os grupos (p>0,05). Embora ambos os grupos de pacientes com DRC tenham apresentado aumento da albuminúria imediatamente após o exercício, estes aumentos não foram significantes (p> 0,05). Nenhuma alteração na albuminúria foi detectada no grupo controle durante todo o protocolo (p> 0,05). CONCLUSÃO: Os resultados sugerem que uma sessão de exercício com duração de 30 minutos em intensidade moderada não compromete a função renal de pacientes com DRC. Em suma, estes dados suportam a noção de que o treinamento físico pode ser uma ferramenta terapêutica segura no manejo da DRC
Título em inglês
Acute effects of aerobic exercise on renal function in non-dialysis chronic kidney disease patients
Palavras-chave em inglês
Albuminuria
Exercise
Glomerular filtration rate
Kidney/physiology
Renal insufficiency chronic
Resumo em inglês
BACKGROUND: Physical exercise may be an adjunctive therapy for individuals with chronic kidney diseases (CKD) as this pathological condition has been associated with multiple comorbidities including hypertension and diabetes mellitus. However, little is known about the acute effects of exercise on renal function in patients with CKD at different stages. AIM To investigate the acute effects of aerobic exercise on renal function in patients at different stages of non-dialysis CKD. METHODS: Thirty-three subjects were divided into three groups as follows: i) patients in stages 1 and 2 (CKD1-2; n= 11); ii) stages 3 and 4 (CKD3-4; n= 11); iii) healthy individuals (CON; n= 11). Individuals performed 30 minutes of exercise on a treadmill in an intensity corresponding to the ventilatory anaerobic threshold (VAT) (%VO2peak= 60 ± 8). Blood samples were collected before, immediately after exercise, 30 and 60 minutes after exercise and urine samples were collected before, 30, 60 and 90 minutes after exercise for creatinine and albuminuria assessments. Glomerular Filtration Rate (GFR) was estimated using the creatinine clearance (GFRCr-Cl) and estimated using the CKD-EPI 2009 equation (eGFR). RESULTS: Immediately after exercise, GFRCr-Cl and eGFR did not change significantly in all groups (all p > 0.05). Although both groups of CKD patients have shown increased albuminuria immediately after exercise, differences were not significant (p > 0.05). No change in albuminuria was detected in the control group throughout the protocol (p > 0.05). CONCLUSION: The results suggest that a 30-min moderate intensity aerobic exercise bout does not impair renal function in patients with CKD. Thus, these data support the notion that exercise training can be a safe therapeutic tool in the management of CKD
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-03-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.