• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.5.2011.tde-19092011-141910
Documento
Autor
Nombre completo
Cíntia Matsuda Toledo
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2011
Director
Tribunal
Mansur, Leticia Lessa (Presidente)
Carnio, Maria Silvia
Giacheti, Célia Maria
Título en portugués
Variáveis sociodemográficas na produção do discurso em adultos sadios
Palabras clave en portugués
Adulto
Escolaridade
Grupos etários
Narração
Testes de linguagem
Resumen en portugués
INTRODUÇÃO: A avaliação do discurso tem sido considerada um componente essencial e discriminativo nas avaliações fonoaudiológicas. Existem várias modalidades de produção do discurso, entre elas a descrição de figuras, que ganhou destaque na prática clínica pois elicia amostras de fala encadeada e permite a comparação entre grupos. A análise do desempenho em um determinado tipo de discurso pode fornecer informações importantes sobre as habilidades linguísticas de uma determinada população. Grande parte das pesquisas na área de lesados cerebrais compara o desempenho de indivíduos lesados com o de indivíduos sadios; entretanto, pouca ênfase tem sido oferecida aos padrões normais do discurso. Uma melhor caracterização do discurso de indivíduos sadios pode auxiliar na avaliação, diagnóstico e reabilitação dos sujeitos lesados cerebrais com alterações de linguagem. OBJETIVO: Verificar o impacto das variáveis sociodemográficas (idade, gênero e escolaridade) na produção do discurso descritivo oral e escrito de adultos brasileiros sadios, obter referências de desempenho nestas tarefas em relação a parâmetros utilizados na clínica de linguagem de lesados cerebrais e comparar a descrição oral com a escrita. MÉTODO: Foram avaliados 200 adultos sadios com idades a partir de 30 anos, sendo divididos em 8 grupos de acordo com as idades e escolaridades. Para a avaliação do discurso oral e escrito foram utilizadas 2 pranchas temáticas, cada uma representando uma cena diferente, sendo uma prancha simples e uma complexa. Para a análise das descrições foram definidas algumas variáveis do discurso. RESULTADOS: Constatou-se impacto de todas as variáveis sociodemográficas nas descrições dos sujeitos, sendo a escolaridade a que mais apresentou influência. Nas descrições escritas verificou-se impacto da escolaridade em 6 variáveis do discurso. Na descrição oral da prancha simples constatou-se impacto da escolaridade em 6 variáveis e na descrição oral da prancha complexa em 3 variáveis do discurso. Descreveu-se o perfil de cada grupo nas tarefas propostas sendo criada uma curva de desempenho. Observouse diferença significativa entre a descrição oral e a descrição escrita em relação ao número de palavras, extensão e complexidade frasal e na quantidade de informações. CONCLUSÃO: O discurso dos indivíduos sadios foi significativamente influenciado pela escolaridade, demonstrando a importância da consideração dessa variável em avaliações que contenham essa tarefa. O estudo contribuiu para obter referências de desempenho dos grupos que poderão auxiliar profissionais na prática clínica e constatou diferenças entre a descrição oral e escrita mostrando a necessidade de consideração das duas modalidades em avaliações
Título en inglés
Socio-demographic variables in the production of discourse in healthy adults
Palabras clave en inglés
Adult
Age groups
Educational status
Language tests
Narration
Resumen en inglés
INTRODUCTION: Discourse evaluation has been considered an essential and discriminative component in speech-therapy evaluations. There are various modalities of discourse production, among them is that of describing pictures, which has gained importance in clinical practice, as it elicits chained speech samples and permits comparison among groups. Performance analysis of a determinate type of discourse can supply important information about the linguistic skills of a given population. A large number of the studies compare the performance of subjects with brain lesions with healthy individuals; however, little emphasis has been offered to normal discourse standards. A better characterization of the discourse in healthy individuals can assist in the evaluation, diagnosis and rehabilitation of brain injured individuals with language alterations. OBJECTIVE: To verify the impact of socio-demographic variables (age, gender and schooling) in the production of oral and written descriptive discourse of healthy Brazilian adults, to obtain references of performance in these tasks in relation to parameters used in the language clinic of the brain-injured and compare the oral description with the written. METHODS: Two-hundred (200) healthy adults with ages beginning from 30 years were divided into 8 groups according to their ages and schooling, and were then evaluated. To evaluate oral and written discourse two pictures were used, each representing a different scene, one being a simple picture and the other a complex one. Some variables for discourse were defined for the descriptive analysis. RESULTS: The impact of all the socio-demographic variables were reported in the descriptions given by the individuals, with schooling demonstrating the greatest influence. In the written descriptions, the impact of schooling was verified in six (6) discourse variables. In the oral description of simple picture the impact of schooling was verified in six (6) variables and in the oral description of complex picture, in 3 discourse variables. The profile of each group in the proposed tasks was described and a performance curve was created. A significant difference was observed between the oral description and the written description in number of words, sentence complexity, extension and content. CONCLUSION: The discourse of healthy individuals was significantly influenced by schooling, demonstrating the importance of considering this variable in evaluations containing this task. This study contributed to obtaining performance references for the groups that could assist professionals in clinical practice and found difference between oral and written descriptions demonstrating the need to consider the two modalities
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2011-09-20
 
ADVERTENCIA: El material descrito abajo se refiere a los trabajos derivados de esta tesis o disertación. El contenido de estos documentos es responsabilidad del autor de la tesis o disertación.
  • Fasanella RS, et al. Communication abiities in advanced dementia. In VIII Reunião de pesquisadores em doença de Alzheimer e desordens relacionadas, São Paulo, 2011. Dementia & Neuropsychologia.São Paulo : Academia Brasileira de Neurologia, 2011. Abstract.
  • Fasanella RS, et al. Linguagem nas demências em fase avançada. In 19º Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia, São Paulo, 2011. Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia - Suplemento.São Paulo : Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, 2011. Resumo.
  • Morillo, Lilian Schafirovits, et al. Language and behavior disturbances are associated in moderate but not in advanced dementia. In VIII Reunião de pesquisadores em doença de Alzheimer e desordens relacionadas, São Paulo, 2011. Dementia & Neuropsychologia.São Paulo : Academia Brasileira de Neurologia, 2011. Abstract.
  • Souza, Regiane de, et al. Habilidades Residuais de Comunicação na Demência de Alzheimer: dados preliminares. In 17o Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia, Salvador, 2009. Anais (Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia)., 2009. Resumo. Dispon?vel em: http://www.sbfa.org.br/portal/anais2009/anais_select.php?op=buscaresultado&cid=2302&tid=1.
  • Toledo, Cíntia Matsuda, et al. Funcionalidade da deglutição e o impacto da cognição de pacientes com demência em fase avançada do. In 18o Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia, Curitiba, 2010. Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia - Suplemento.São Paulo : Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, 2010. Resumo.
  • Toledo, Cíntia Matsuda, et al. Oral discourse in fronto-temporal lobar degeneration. In 2end Brazilian Symposium on Fronto-temporal Lobar Degeneration, São Paulo, 2009. Dementia & Neuropsychologia.São Paulo : Academia Brasileira de Neurologia, 2009. Abstract.
  • Toledo, Cíntia Matsuda, et al. Production of discourse in healthy adults and elderly. In VIII Reunião de Pesquisadores em doença de Alzheimer e desordens relacionadas, São Paulo, 2011. Dementia & Neuropsychologia.São Paulo : Academia Brasileira de Neurologia, 2011. Abstract.
  • Toledo, Cíntia Matsuda, et al. Variáveis sociodemográficas na produção do discurso. In 19º Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia, São Paulo, 2011. Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia - Suplemento.São Paulo : Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, 2011. Resumo.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.