• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.5.2012.tde-09012013-165010
Documento
Autor
Nombre completo
Gisele Chagas de Medeiros
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2012
Director
Tribunal
Andrade, Claudia Regina Furquim de (Presidente)
Limongi, Suelly Cecilia Olivan
Toledo, Paula Nunes
Título en portugués
Disfagia orofaríngea em pacientes submetidos à intubação orotraqueal prolongada em UTIs
Palabras clave en portugués
Deglutição
Intubação intratraqueal
Transtornos de deglutição
Resumen en portugués
INTRODUÇÃO: A deglutição é um processo complexo que requer a coordenação precisa de mais de 25 músculos, seis pares de nervos cranianos e os lobos frontais. O comprometimento neste processo, denominado de disfagia, pode aumentar a taxa de morbidade dos pacientes e também o risco para a aspiração, retardando a administração de uma nutrição adequada por via oral. A intubação orotraqueal prolongada, definida na literatura como período superior a 48 horas de intubação, poderá causar alterações na deglutição e ocasionar a disfagia após a extubação. O objetivo deste estudo foi verificar as variáveis independentes da avaliação fonoaudiológica da deglutição que são preditoras do risco de disfagia após intubação orotraqueal prolongada nas Unidades de Terapia Intensiva. MÉTODOS: Foi realizado um estudo transversal observacional. Participaram deste estudo 148 pacientes submetidos à avaliação em beira de leito da deglutição, no período entre setembro de 2009 e setembro de 2011. Todos os pacientes apresentavam histórico de intubação orotraqueal prolongada e foram admitidos em uma das Unidades de Terapia Intensiva de um grande hospital escola brasileiro. Os critérios de inclusão adotados foram: estabilidade clínica e respiratória; pontuação na Escala de Coma Glasgow acima de 14 pontos; idade acima de 18 anos; ausência de traqueostomia; ausência de doenças neurológicas; ausência de disfagia esofágica; ausência de procedimentos cirúrgicos envolvendo a área de cabeça e pescoço. Além disso, os pacientes deveriam ser submetidos à avaliação em beira de leito da deglutição no prazo de 48 horas após a extubação. A análise estatística incluiu a correlação entre os resultados obtidos no teste de deglutição de água e a pontuação do nível da deglutição. RESULTADOS: Os resultados indicaram que a presença de tosse e alteração da ausculta cervical durante a deglutição de água são variáveis preditoras independentes do risco de disfagia para o grupo testado. CONCLUSÃO: O estudo apontou as variáveis preditoras do risco de disfagia em pacientes submetidos à intubação orotraqueal prolongada.
Título en inglés
Oropharyngeal dysphagia in patients submitted to prolonged orotracheal intubation in intensive care units
Palabras clave en inglés
Deglutition disorders
Intratracheal intubation
Swallowing
Resumen en inglés
INTRODUCTION: Swallowing is a complex process, that require the precise timing and coordination of more than 25 muscles, six cranial nerves and frontal lobes. Compromise of this process, or dysphagia, can result in profund morbidity, increasing the changes of aspiration and delaying the admistration of proper oral nutrition. It is know that an orotracheal tube might disturb these intricately choreographed events and cause post-extubation dysphagia. Prolonged intubation, typically defined as longer than 48 hours in the literature, is thought to contribute to swallowing dysfunction. The objective of this study is to elucidated independent factors that predict the risk of dysphagia after prolonged orotraqueal intubation in Intensive Care Units patients. METHODS: A cross-sectional, observational study design was used. Participants were 148 consecutive patients who underwent clinical bedside swallowing assessment, from September 2009 to September 2011. All patients presented a history of prolonged orotraqueal intubation and were admitted in one of the several Intensive Care Units of a large Brazilian school hospital. The adopted inclusion criteria were: to present clinical and respiratory stability, to present more than 14 points on the Glasgow Coma Scale; age above 18 years; absence of tracheostomy; absence of neurologic diseases, absence of esophageal dysphagia; absence of surgical procedures involving the head and neck. Also, to be included in the study, patients had to undergo a clinical swallowing assessment within 48 hours after extubation. The statistical analysis included the correlation of the results obtained on a water swallow test and the risk level for dysphagia. RESULTS: Results indicated that altered cervical auscultation and presence of cough during water swallow tests increase the likelihood of dysphagia in patients who underwent prolonged orotracheal intubation. CONCLUSION: The results of the study indicate factors that predict the risk of dysphagia after prolonged orotraqueal intubation.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2013-01-15
 
ADVERTENCIA: El material descrito abajo se refiere a los trabajos derivados de esta tesis o disertación. El contenido de estos documentos es responsabilidad del autor de la tesis o disertación.
  • MANGILLI, Laura Davison, et al. Rehabilitative management of swallowing and oral-motor movements in patients with tetanus of a public service in Brazil [doi:10.1016/j.actatropica.2012.02.069]. Acta Tropica [online], 2012, vol. 122, p. 241-246.
  • MEDEIROS, Gisele Chagas de, et al. Clinical dysphagia risk predictors after prolonged orotracheal intubation [doi:10.6061/clinics/2014(01)02]. Clinics (USP. Impresso) [online], 2014, vol. 69, p. 8-14.
  • ANDRADE, C. R. F., et al. Effects of temporal variations of DAF: a pilot study. In 20 Composium Internacional da IALP, São Paulo, 2007. Programa e Anais do 2o Composium Internacional da IALP.São Paulo, 2007. Abstract.
  • ANDRADE, C. R. F., et al. Performance de fala em falantes fluentes - uso da reaferentação auditiva atrasada. In XIII Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia, Santos, 2005. Anais (Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia).São Paulo : Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, 2005. Resumo.
  • ANDRADE, C. R. F., et al. Protocolo para transição alimentar em pacientes com disfagia (PTA). In 5o Congresso da Fundação Otorrinolaringologia, São Paulo, 2006. Anais do 5o Congresso da Fundação Otorrinolaringologia.São Paulo, 2006. Resumo.
  • BELUDA, Daniela, et al. Tipologia da disfluência. In Fonoaudiologia e Sociedade: Ética na Pesquisa UNIP e CRFa 2ª Região, São Paulo, 1997. Anais Fonoaudiologia e Sociedade: Ética na Pesquisa UNIP e CRFa 2ª Região., 1997. Resumo.
  • ERCOLIN, Beatriz, et al. Gagueira e Habilidade Motora Seqüencial em Crianças, Adolescentes e Adultos. In XIV Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia, Salvador, 2006. Anais (Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia).São Paulo : Copypress, 2006. Resumo.
  • MANGILLI, Laura Davison, et al. Tétano: Reabilitação da Deglutição e dos Movimentos Motores Orofaciais. In XX Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia, Brasilia, 2012. Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia - Suplemento.São Paulo : Copy Press, 2012. Resumo. Dispon?vel em: http://www.sbfa.org.br/portal/suplementosbfa.
  • MEDEIROS, Gisele Chagas de, et al. Causas de Insucesso para Fonação em Laringectomizados Totais com Prótese Traqueoesofágica. In XIV Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia, Salvador, 2006. Anais (Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia).São Paulo : Copypress, 2006. Resumo.
  • MEDEIROS, Gisele Chagas de, et al. Diagnóstico e gerenciamento da deglutição em indivíduos jovens e idosos após intubação orotraqueal prolongada. In 16o Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia, Campos do Jordão, 2008. Anais do 16o Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia - Suplemento Especial da Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia.São Paulo : Copy Press, 2008. Resumo.
  • MORAES, Danielle Pedroni, et al. Disfagias decorrentes de moléstias infecciosas: indicadores de atendimento em unidades de internação hospitalar. In 17o Congresso Brasileiro e 1o Congresso Ibero-Americano de Fonoaudiologia, Salvador, 2009. Anais (Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia)., 2009. Resumo. Dispon?vel em: http://www.meiosegundo.com.br/teste/anais2009/anais_select.php?op=buscaresultado&cid=2454&tid=1.
  • MORAES, Danielle Pedroni, et al. Eficácia diagnóstico da videoendoscopia da deglutição segundo modelo hierárquico. In 17o Congresso Brasileiro e 1o Ibero-Americano de Fonoaudiologia, Salvador, 2009. Anais (Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia)., 2009. Resumo. Dispon?vel em: http://www.meiosegundo.com.br/teste/anais2009/anais_select.php?op=buscaresultado&cid=2380&tid=1.
  • MORAES, Danielle Pedroni, et al. O uso de indicadores para gerenciamento da assistência fonoaudiológica em UTI em um hospital-escola. In 15o Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia e 7o Congresso Internacional de Fonoaudiologia, Gramado, 2007. 15o Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia e 7o Congresso Internacional de Fonoaudiologia.São Paulo : Copy Press, 2007. Resumo.
  • PADOVANI, Aline Rodrigues, et al. Intubação orotraqueal e disfagia: comparação entre pacientes com e sem dano cerebral. In 16o Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia, Campos do Jordão, 2008. Anais do 16o Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia - Suplemento Especial da Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia., 2008. Resumo.
  • PADOVANI, Aline Rodrigues, et al. Medidas de resultado na introdução e na transição alimentar de pacientes de UTIS. In 6o Congresso da Fundação Otorrinolaringologia, Rio de Janeiro, 2007. Temas Livres do 6o Congresso da Fundação Otorrinolaringologia.Rio de Janeiro : Fundação Otorrinolaringologia, 2007. Resumo.
  • PADOVANI, Aline Rodrigues, et al. Perfil funcional da deglutição em unidade de terapia intensiva de emergências cirúrgicas. In 7o Congresso da Fundação Otorrinolaringologia, São Paulo - Búzios, 2008. Anais do 7o Congresso da Fundação Otorrinolaringologia., 2008. Resumo.
  • PADOVANI, Aline Rodrigues, et al. Polineuropatia do doente crítico e disfagia: estudo de caso. In 15o Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia e 7o Congresso Internacional de Fonoaudiologia, Gramado, 2007. Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia - Suplemento Especial.São Paulo : Copy Press, 2007. Resumo.
  • PADOVANI, Aline Rodrigues, et al. Protocolo de avaliação do risco para disfagia (PARD) em pacientes submetidos à intubação orotraqueal prolongada. In 6o Congresso da Fundação Otorrinolaringologia, Rio de Janeiro, 2007. Temas Livres do 6o Congresso da Fundação Otorrinolaringologia.São Paulo : Fundação Otorrinolaringologia, 2007. Resumo.
  • PADOVANI, Aline Rodrigues, MEDEIROS, Gisele Chagas de, e Andrade, Claudia Regina Furquim de. Protocolo fonoaudiológico de introdução e transição da alimentação por via oral (PITA). In Claudia Regina Furquim de Andrade, Suelly Cecília Olivan Limongi. Disfagia - Prática baseada em evidências. Organizador. São Paulo : Sarvier, 2012{Volume}, p. 74-85.http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5162/tde-09012013-165010/
  • Melhor trabalho científico VII Simpósio de Formação Lato Sensu em Fonoaudiologia do ICHC LIM34 - HCFMUSP - Influência da manobra de deglutição com esforço na fisiologia da deglutição: revisão crítica - Fonoaudiologia Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.