• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2013.tde-20052013-162101
Documento
Autor
Nome completo
Marcos Ausenka Ribeiro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Carvalho, Celso Ricardo Fernandes de (Presidente)
Andrade, Douglas Roque
Bracco, Mário Maia
Figueira Junior, Aylton Jose
Sacco, Isabel de Camargo Neves
Título em português
Impacto de diferentes intervenções no nível de atividade física e co-morbidades associadas em mulheres: estudo aleatorizado e controlado
Palavras-chave em português
Atividade física
Ensaio clínico controlado aleatorizado
Estilo de vida sedentário
Exercício
Mulheres
Promoção da saúde
Saúde do trabalhador
Saúde publica
Resumo em português
OBJETIVO: Avaliar o impacto de diferentes intervenções no ambiente de trabalho para aumentar o nível de atividade física (AF) e redução de risco cardiovascular em mulheres de meia idade. DELINEAMENTO: Estudo aleatorizado e controlado com 4 intervenções. PARTICIPANTES: 195 mulheres de 40 a 50 anos, funcionárias de um hospital publico da cidade de São Paulo, que não realizavam AF no tempo de lazer. INTERVENÇÕES: Todas foram aleatorizadas para: Grupo controle (GI; 3 sessões de 15 min; n=47); Pedômetro+aconselhamento individual (GII; 3 sessões de 15 min; n=53); Pedômetro+aconselhamento em grupo (GIII; 8 sessões de 1h; n=48); Treinamento Aeróbico (GIV; 24 sessões de 30 min; n=47). Intervenções realizadas por 3 meses. DESFECHOS: Nº de passos total e moderado(>110 passos/min) pedômetro Yamax-PW 610, massa corpórea (Kg), circunferência cintura (cm) e fatores de saúde relacionados à qualidade de vida(FSRQV) após 3 e 6 meses. ANÁLISE ESTATÍSTICA: ANOVA de 1 fator e o pos-hoc de Holm-Sidak. Efetividade foi avaliada pela intenção de tratar. Calculou-se o tamanho do efeito. RESULTADOS: Apenas os grupos que utilizaram os pedômetros (GII e GIII) aumentaram significativamente o número total de passos após 3 meses (P <0,05), no entanto foram observados incrementos maiores no GIII do que no GII (P <0,05). GIII também aumentou o número de passos moderado. Além disso, depois de 6 meses, não foi observada diferença entre os grupos. Com relação às medidas antropométricas, somente as mulheres que participaram do GIV tiveram redução significativa da massa corpórea após 3 e 6 meses (-0,7 kg) e da circunferência abdominal após 3 meses (-0,9 cm). Não ocorreram mudanças no FSRQV. Por último, verificou-se que as intervenções com maior nº de sessões(GIII e GIV) tiveram maior desistência (respectivamente, 30% e 45%) das participantes quando comparada aos grupos GI e GII (respectivamente, 2% e 4%) (P<0,05). CONCLUSÃO: O uso do pedômetro associada ao aconselhamento em grupo é mais efetiva para aumentar o nível de AF diária enquanto que um programa de exercício físico reduz o peso. Porém estas estratégias foram efetivas a curto prazo sugerindo a necessidade de mantê-las constantemente disponíveis às trabalhadoras
Título em inglês
Impact of different interventions on physical activity level and co- morbidities in women: a randomized controlled trial
Palavras-chave em inglês
Activity physical
Exercise
Health promotion
Health worker
Public health
Randomized controlled trial
Sedentary lifestyle
Women
Resumo em inglês
PURPOSE: Evaluate the impact of different interventions at workplace to increase the physical activity (PA) and to reduce cardiovascular risk in middle-aged women. DESIGN: RCT with 4 arms. Realized between, February (2010 - 2012) and data analyzed between March and July (2012). SETTING/PARTICIPANTS: 195 women aged 40 to 50 years that did not perform PA in leisure time were randomly assigned to one of 4 interventions. INTERVENTION: Control group (GI) a brief medical orientation (n = 47); Pedometer-Based Individual Counseling (GII) (n = 53); Pedometer-based Group Counseling (GIII) (n = 48); Aerobic Training (GIV, n = 47). MAIN OUTCOME MEASURES: Median change for total steps number (primary outcome), median change for moderate (>110 steps/min) steps number, body mass and waist circumference (secondary outcomes) after 3 or 6 months of intervention. RESULTS: Only the groups using pedometers (GII and GIII) significantly increased total steps number after 3 months (P<0.05); however the increase in total steps observed in GIII was higher than in GII (p<0.05). GIII also increased the number of moderate steps number. Moreover, after 6 months, no difference was observed among groups. Despite that, women did not modify the body mass that was reduced only in those of the AT group either after 3 and 6 months (-0.7 Kg) (P<0.05). Finally, it was found that interventions with the greatest number of sessions (GIII and GIV) had higher dropout (respectively, 30% and 45%) of participants when compared to GI and GII (respectively, 2% and 4%) (p <0.05).CONCLUSIONS: A pedometer-based intervention with counseling groups at workplace was more effective to increase physical activity at daily life while aerobic training is more effective for weight loss
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-05-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.