• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2013.tde-17012014-110145
Documento
Autor
Nome completo
Felipe Augusto Rodrigues Mendes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Carvalho, Celso Ricardo Fernandes de (Presidente)
Cukier, Alberto
Ramos, Ercy Mara Cipulo
Sato, Maria Notomi
Corso, Simone Dal
Título em português
Efeito do exercício físico na inflamação pulmonar e na resposta imunológica sistêmica em pacientes com asma persistente moderada ou grave
Palavras-chave em português
Asma
Controle clínico
Inflamação
Qualidade de vida
Terapia por exercício
Resumo em português
A asma é uma doença pulmonar inflamatória crônica com alta prevalência e que leva a importantes danos funcionais à saúde e à qualidade de vida do paciente. A fisiopatologia da asma é caracterizada por intensa imunorregulação e o exercício físico pode ter um papel importante nesta resposta inflamatória devido a seus efeitos imunorreguladores. Objetivo: Avaliar o efeito de um programa de treinamento físico aeróbio na inflamação sistêmica e pulmonar, no controle clinico e fatores de saúde relacionados à qualidade de vida controle clínico de pacientes adultos com asma persistente moderada ou grave. Métodos: Foram estudados 58 adultos asmáticos divididos aleatoriamente nos grupos controle (GC; n=28) e treinado (GT; n=30) e 16 indivíduos não asmáticos (GNA). Os pacientes do GC foram submetidos a um programa educacional e a um programa de exercícios respiratórios, enquanto os pacientes do GT foram submetidos a todos os procedimentos do grupo controle e a um programa de condicionamento físico aeróbio. A resposta imune foi avaliação pelo perfil plasmático das citocinas Th1 (fator de necrose tumoral, interleucina-6 (IL-6), IL-8), Th2 (IL-4, IL- 5), regulatórias (IL-10) e quimiocinas (MCP-1, IP-10, MIG, RANTES) tanto cronicamente como após uma sessão de exercício. Antes e após a intervenção todos os pacientes realizaram uma prova de função pulmonar, um teste cardiopulmonar de esforço, avaliação do controle clínico, dos fatores de saúde relacionados a qualidade de vida (FSRQV), da fração exalada de óxido nítrico (FeNO), exame de escarro induzido e coleta de amostra sanguínea. Os sujeitos do GNA realizaram apenas um teste cardiopulmonar de esforço e a coleta de sangue. Resultados: Os pacientes com asma persistente moderada ou grave submetidos a um programa de condicionamento físico aeróbio apresentaram redução no plasma das interleucinas (IL) 6, IL-8 e proteína quimiotática de monócito-1 (MCP-1) (p < 0,05). Uma única sessão de exercício eleva os níveis de IL-6, IL-8 e IL-5, para depois retornar ao seu valor basal uma hora após o exercício (p < 0,05). A IL-10 também aumentou, porém manteve-se em níveis mais elevados mesmo uma hora após o exercício (p < 0,05). A inflamação pulmonar reduziu apenas nos pacientes do GT com níveis elevados de eosinófilo e FeNO (p < 0,05). Os FSRQV, controle clínico e capacidade física também melhoraram apenas no GT (p < 0,005). Conclusão: Nossos resultados mostram que a melhora da capacidade física de pacientes asmáticos pode ter um efeito anti-inflamatório e que pode ser relevante para o manejo clínico destes pacientes
Título em inglês
Effect of exercise on pulmonary inflammation and systemic immune response in patients with moderate or severe persistent asthma
Palavras-chave em inglês
Asthma
Clinical control
Exercise therapy
Inflammation
Quality of life
Resumo em inglês
Asthma is a chronic inflammatory disorder of the airway with high prevalence that leads functional impairment to health related quality of life (HRQoL). The pathophysiology of asthma is characterized by intense immunoregulation and exercise can play an important role in this inflammatory response due to its immunoregulatory effects. Objective: To evaluate the effect of an aerobic training program on systemic and pulmonary inflammation, clinical control and HRQoL of adult patients with moderate or severe persistent asthma. Methods: Fifty-eight asthmatic adult patients were randomly assigned to either control (CG, n = 28) or training groups (TG, n = 30) and 16 subjects non-asthmatic (NAG). The CG performed an educational program and breathing exercises, while the TG performed all procedures in the CG and an aerobic training program. The immune response was assessed by plasma levels of Th1 cytokines (tumor necrosis factor, interleukin-6 (IL-6), IL-8, Th2 (IL-4, IL-5), regulatory (IL-10) and chemokines (MCP-1, IP-10, MIG, RANTES), either chronically and after a single bout of exercise. Before and after the intervention all patients performed a pulmonary function test, cardiopulmonary exercise testing, clinical control test, HRQoL questionnaire, fractional exhaled nitric oxide (FeNO), induced sputum and blood sample. The NAG performed only the cardiopulmonary exercise test and plasma levels of cytokines. Results: Patients that performed a aerobic training program decreased plasma of interleukin (IL) 6, IL-8 and monocyte chemotactic protein-1 (MCP-1) (p < 0.005). A single bout session of exercise raises the levels of IL-6, IL-8 and IL-5, and then return to baseline one hour after exercise (p < 0.05). IL-10 has also increased immediately after exercise and its levels remained higher even for one hour (p < 0.05). The pulmonary inflammation reduced only GT patients with high levels of eosinophils and FeNO (p < 0.05). The FSRQV, clinical control and physical capacity also improved only in GT (p < 0.05). Conclusion: Our results show that the improvement of the physical capacity of patients with asthma may have an anti-inflammatory effect and may be relevant for the clinical management of these patients
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-01-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.