• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2012.tde-09082012-140737
Documento
Autor
Nome completo
Angelica Castilho Alonso
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Greve, Julia Maria D Andrea (Presidente)
Lucareli, Paulo Roberto Garcia
Macedo, Osmair Gomes de
Silva, Luiz Roberto Rigolin da
Vianna, Denise Loureiro
Título em português
A influência dos fatores antropométricos no equilíbrio postural: a relação entre composição corporal e medidas posturográficas em adultos jovens
Palavras-chave em português
Adulto jovem
Antropometria
Avaliação
Desempenho sensório-motor
Equilíbrio postural
Resumo em português
Introdução: A manutenção da postura é um desafio constante para o corpo humano, pois demanda um sistema capaz de responder com rapidez e eficiência, mesmo em situações instáveis, evitando quedas e mantendo o equilíbrio. Objetivos: Avaliar a influência das características antropométricas e gênero no equilíbrio postural de adultos irregularmente ativos, na postura ereta, bipodal, semi-estática com os olhos abertos e fechados. Métodos: Foram avaliados 100 indivíduos de ambos os gêneros entre 20 a 40 anos de idade, irregularmente ativos, por meio de uma avaliação antropométrica e composição corporal realizada pela densitometria óssea e o medidas posturográficas com uma plataforma de força. Resultados: A análise de correlação apresentou fracas correlações entre o equilíbrio postural e as variáveis antropométricas: estatura, massa corporal, IMC, comprimento dos membros inferiores, superiores e tronco cefálico, base de suporte, porcentagem de gordura, tecido, gordura, massa magra, conteúdo mineral óssea, densidade mineral óssea, relação cintura quadril e a idade. As análises de regressão linear múltipla demonstraram que no grupo todo (feminino e masculino) a estatura explicou 12% do deslocamento medial-lateral, 10% da velocidade de oscilação e 11% da área de deslocamento. O comprimento do tronco cefálico explicou 6% do deslocamento no sentido antero-posterior. Na condição de olhos fechados, a estatura e base de suporte explicaram 18% do deslocamento medial lateral, a estatura explicou 10% da velocidade do deslocamento e 5% da área de deslocamento. Conclusão: O equilíbrio postural medido pela posturografia é pouco influenciado pelas variáveis antropométricas com os olhos abertos e fechados. O equilíbrio postural dos homens é mais influenciado pelos fatores antropométricos que os das mulheres. A estatura é a variável antropométrica que mais influenciou o equilíbrio postural nos três grupos estudados, com os olhos abertos e fechados. O equilíbrio de homens e mulheres medido pela posturografia é igual, com exceção do deslocamento médio lateral e a velocidade de oscilação, que são maiores nas mulheres
Título em inglês
The influence of anthropometric factors on postural balance: the relationship between body composition and posturographic measurements in young adults
Palavras-chave em inglês
Anthropometry
Assessment
Postural balance
Sensoriomotor performance
Young adult
Resumo em inglês
Introduction: The maintenance of posture is a constant challenge for the human body, because it demands a system capable of responding quickly and efficiently, even in unstable situations, avoiding falls and maintaining balance. Objective: The present study evaluated the influence of anthropometric characteristics and gender on the postural balance of adults with irregular physical activity, in an erect semi-static position standing on two feet, with eyes open and eyes closed. Methods: One hundred individuals aged 20-40 years of both genders underwent anthropometric assessment, body composition measurements (bone densitometry) and a postural balance test (posturography). Results: The correlation analysis showed low correlations between postural balance and anthropometric variables: height, weight, BMI, length of limbs: lower and upper and trunk-cephalic length, base of support, percentage of fat, tissue, fat, lean mass, Bone mineral composition, bone mineral density, waist-hip ratio and age. The multiple linear regression analyzes demonstrated that the whole group (female and male) height explained 12% of the medial-lateral displacement, 10% of the speed of oscillation and 11% of the displacement area. The length of the trunk head explained 6% of displacement in the anteroposterior direction. With eyes closed, his support base and height explained 18% of medial displacement of lateral height explained 10% of the speed of displacement and 5% of the scroll area. Conclusion: Postural balance measured using posturography was little influenced by anthropometric variables with eyes open and eyes closed. Height was the anthropometric variable that most influenced postural balance, both in the whole group and separated according to gender. Postural balance was more influenced by anthropometric factors among men than among women
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-08-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.