• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.5.2005.tde-07102014-162058
Documento
Autor
Nombre completo
Felipe Augusto dos Santos Mendes
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2005
Director
Tribunal
Caromano, Fátima Aparecida (Presidente)
Fiamenghi Junior, Geraldo Antonio
Figueiredo, Sâmia Hallage
Título en portugués
Correlações entre os efeitos de um programa de exercícios cinesioterapêuticos para idosos sedentários saudáveis: enfoque no equilíbrio
Palabras clave en portugués
Avaliação geriátrica
Equilíbrio musculosquelético
Idoso
Técnicas de exercício e de movimento
Terapia por exercício
Resumen en portugués
INTRODUÇÃO: As quedas envolvendo idosos são problemas que trazem sobrecarga tanto de ordem sócio-econômica quanto de saúde pública e são transtornos, para essa população e para seus familiares, além de trazer aumento no risco de morte para esse grupo. A falta de equilíbrio nessa faixa etária é uma das principais causas das quedas e o fisioterapeuta encontra, em sua prática clínica, grandes desafios para gerenciar esse problema, pois há falta de dados científicos que definam qual o programa de treinamento mais adequado, principalmente em termos de prescrição de exercícios. OBJETIVO: Investigar as correlações entre os efeitos de um programa de exercícios cinesioterapêuticos gerais para idosos saudáveis previamente sedentários, com o equilíbrio estático e dinâmico desses indivíduos. MÉTODOS: O estudo foi desenvolvido no Laboratório de Fisioterapia e Reatividade Comportamental do Centro de Docência e Pesquisa em Fisioterapia da Faculdade de Medicina da USP. Participaram do estudo, 32 mulheres, com idade média de 68,6 anos, ativas na comunidade, livres de disfunções (cardiopulmonar, neurológica ou muscular) ou de doenças crônicas que afetassem a habilidade de exercitar-se. Após uma série de testes de avaliação do desempenho funcional (pré-teste), as participantes foram distribuídas, por sorteio, em dois grupos com dezesseis integrantes cada: o grupo A submeteu-se ao programa de exercícios gerais, e o grupo B foi o grupo-controle. As participantes do grupo A submeteram-se ao treinamento por quatro meses, duas vezes por semana, em sessões de uma hora de exercícios, atingindo entre 40% e 70% da freqüência cardíaca máxima estimada. O grupo controle participou de atividades recreativas de coordenação motora manual. No final dos treinamentos, os participantes dos dois grupos submeteram-se a uma nova avaliação de desempenho funcional (pós-teste imediato), utilizando o mesmo protocolo do pré-teste. A análise dos dados constou de identificação das características dos participantes por grupos no pré-teste, o estudo dos efeitos do treinamento no desempenho físico dos participantes, por grupos (pós-teste imediato) e, finalmente, o estudo das correlações encontradas entre as variações das variáveis testadas e as variações dos índices de equilíbrio estático e dinâmico. RESULTADOS: Houve aumento da correlação entre equilíbrio estático e equilíbrio dinâmico após a aplicação do programa dos exercícios, houve uma tendência de haver maior impacto da melhora da flexibilidade dos indivíduos sobre o equilíbrio estático, a força dos músculos flexores dos quadris parece ter influência na performance do equilíbrio estático e dinâmico, sendo mais importante para o equilíbrio estático e tendência a favor de haver relação entre um melhor equilíbrio estático quando há fortalecimento associado dos músculos extensores do joelho. CONCLUSÃO: Este estudo demonstrou que o treinamento de exercícios gerais teve efeito benéfico para a população idosa estudada e trouxe indícios de que há efeitos das várias modalidades de treinamento, embutidas nos exercícios gerais, sobre a melhora do seu equilíbrio e que tais modalidades podem ser incluídas em um programa para idosos visando à melhora do equilíbrio
Título en inglés
Correlations between a kinesiotherapeutic exercise program´s effect for sedentary healthy elderly: A balance view
Palabras clave en inglés
Balance
Elderly
Elderly evaluation
Moviment and exercise technics
Physical therapy
Resumen en inglés
Introduction: Falls involving elderly people are problems that brings both economics and public health overload and are a disturbance for them and their relatives, besides it brings a mortality enhance for the group. Unbalance at this age is the main cause of falls, and the physicaltherapist finds, on his clinic, a big challenge to deal, because there´s no cientific datas which explain the best training program, especially to physical activity prescriptions. Objective: To investigate the correlations between a general kinesiotherapeutic exercise program effect on healthy elders who once used to be sedentary and their static and dynamic balance. Method: This study was developed at Laboratorio de Fisioterapia e Comportamento da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo-USP. It was 32 women, 68,6 years average, active, without any disfunctions (cardiopulmonary, neurological or muscleskeletical) or any chronic disease which could affected their exercise ability. After carring out functional evaluation tests (pretest), the participants were shared out, by raffle, in two groups with sixteen people each: the A group underwent a general exercise program, and the B group was the control group. The A group participants underwent a four months training, two times a week, one hour exercise each appointment, reaching between 40% and 70% of the maximum heart rate. The control group attended recreational motor coordination activities. At the end of the training, all participants underwent a new functional evaluation (postest), using the same pretest protocol. The data analysis found the participant caracteristics at the pretest, the study of effects at the physical performance training by group (postest), and the study of the correlations between variation factors tested and variations of the static and dynamic balance. Results: There was a positive correlations between static and dynamic balance after the program application, there was a tendencis of flexibility improvement over static balance, the hip flexors muscle has na influence at the static and dynamic balance, and it was important to help the static balance when there is a knee extensors strength. Conclusion: This study showed that general exercises training had a positive effect for the elderly group and brought signs that exist others modalities of training that can help the balance and those modatlities could be included on a elderly program looking for a balance enhance
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2014-10-07
 
ADVERTENCIA: El material descrito abajo se refiere a los trabajos derivados de esta tesis o disertación. El contenido de estos documentos es responsabilidad del autor de la tesis o disertación.
  • IDE, Maiza Ritomi, MENDES, Felipe Augusto dos Santos, e CAROMANO, F. A. Ejercicios fisicos generales en el equilibrio estático y dinámico en envejecidos saudables. Revista de La Asociación Colombiana de Fisioterapia, 2006, vol. 51, p. CD-ROM. Resumo.
  • MENDES, Felipe Augusto dos Santos, et al. General versus walking exercises on the static and dynamic balance of healthy elderly persons. Terapia Manual [online], 2011, vol. 9, p. 167-173. Available from: http://www.revistaterapiamanual.com.br.
  • BRAVIN, Carolina Heloísa M, MENDES, Felipe Augusto dos Santos, e CAROMANO, F. A. Elaboração e aplicação de teste para avaliação de ultrapassagem de obstáculo por idosos. Revista Fisioterapia Brasil [online], 2004, vol. 5, nº 4, p. 321-322. Resumo. Dispon?vel em: www.atlanticaeditora.com.br.
  • CAROMANO, F. A., e MENDES, Felipe Augusto dos Santos. Efeito de um programa de reeducação funcional na flexibilidade de idosos. Revista de Terapia Ocupacional da Universidade de São Paulo, 2000, vol. 11, nº 2/3, p. 90-94.
  • CAROMANO, F. A., IWATA, K., e MENDES, Felipe Augusto dos Santos. Efeitos da sessão isolada de massagem, de mobilização ou da associação destes dois recursos terapêuticos na melhora da flexibilidade. Revista de Terapia Ocupacional da Universidade de São Paulo, 1999, vol. 10, nº 1, p. 31-34.
  • MENDES, F. A. S., et al. Influência da massagem clássica segmentar e geral na flexibilidade de indivíduos adultos jovens. Revista de Terapia Ocupacional da Universidade de São Paulo, 1998, vol. 9, nº 2, p. 74-81.
  • NONAKA, L., CAROMANO, F. A., e MENDES, Felipe Augusto dos Santos. Avaliação de dois testes de flexibilidade em idosos do sexo feminino - método fotográfico. Revista de Terapia Ocupacional da Universidade de São Paulo, 1999, vol. 10, nº 2/3, p. 75-80.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.