• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2011.tde-07022012-092126
Documento
Autor
Nome completo
Luciana Baltazar Dias
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Greve, Julia Maria D Andrea (Presidente)
Ciolac, Emmanuel Gomes
Gazzola, Juliana Maria
Título em português
Estudo comparativo do equilíbrio postural dinâmico de atletas de futebol de campo e indivíduos sedentários
Palavras-chave em português
Equilíbrio postural
Futebol
Propriocepção
Resumo em português
INTRODUÇÃO: Atletas de futebol podem ter melhor equilíbrio que sedentários, pois os programas de treinamento sensório-motor melhoram a função motora, aumentam o controle neuromuscular e promovem a melhora da propriocepção. Este estudo teve como objetivos: avaliar o equilíbrio postural e a influência da dominância e dos fatores antropométricos em atletas de futebol de campo e indivíduos sedentários. MÉTODOS: Foram avaliados 100 indivíduos do gênero masculino divididos em dois grupos: 50 atletas de futebol de campo (GA) com idade de 18,0+0,7 anos e 50 indivíduos sedentários (GS) com idade de 17,6+0,6 anos. Os grupos foram analisados em relação à massa corporal, estatura, índice de massa corporal (IMC), flexibilidade e percentagem de gordura. Para avaliação do equilíbrio foi utilizado o protocolo Dynamic Balance System, nível 8 de estabilidade do equipamento Biodex Balance System (BBS). RESULTADOS: Os atletas apresentaram melhores índices no membro dominante no teste para a direita (p = 0,039) e no membro não-dominante no teste para trás/esquerda (p=0,007). Os sedentários tiveram melhores índices no teste realizado para a direita (p=0,034) no membro não dominante. Nos demais índices, não houve diferença estatística. O GS teve melhor desempenho do membro não dominante quando comparado com o dominante na maioria dos testes realizados. No GA houve melhor desempenho do membro não dominante no índice de estabilidade geral (p=0,027) e para esquerda (p=0,009). Houve fraca correlação entre medidas antropométricas e os índices de equilíbrio medidos pelo BBS nos dois grupos. CONCLUSÕES: Não há diferença no equilíbrio postural de atletas de futebol de campo e indivíduos sedentários. A dominância afeta o equilíbrio unipodal dos indivíduos sedentários, mas não afeta dos atletas de futebol de campo da categoria juniores. Os fatores antropométricos não interferiram no equilíbrio
Título em inglês
Comparative study of dynamic postural balance of field soccer athletes and sedentary individuals
Palavras-chave em inglês
Postural balance
Proprioception
Soccer
Resumo em inglês
INTRODUCTION: Soccer athletes may have a better balance than sedentary individuals, once sensory-motor training programs improve the motor function, increase neuromuscular control and promote a better balance and proprioception. The aim of this study was to assess the postural balance and the influence of the dominance and of anthropometric measures on field soccer athletes and sedentary individuals. METHODS: One hundred male individuals were assessed and divided in two groups: 50 field soccer players (AG) aged 18+0,7 years and 50 sedentary individuals (SG) aged 17,6+0,6 years. Groups were analyzed regarding body mass, height, body mass index (BMI), flexibility and fat percentage. Balance was assessed using the Dynamic Balance System protocol, level 8 of stability of the Biodex Balance System (BBS) equipment. RESULTS: Athletes presented better indexes in the dominant member in the test performed to the right (p=0,039), and in the non-dominant member in the test to backward/left (p=0,007). Sedentary individuals presented better indexes in the test performed to the right (p=0,034) in the non-dominant member. There was no statistical difference in the other tests. The SG presented better performance of the non-dominant member when compared to the dominant member in most of the tests performed. In the AG, there was a better performance of the non-dominant member in the overall stability index (p=0,027) and to the left (p=0,009). There was poor correlation between anthropometric measures and balance indexes measured by the BBS in both groups. CONCLUSIONS: There was no difference in postural balance between field soccer athletes and sedentary individuals. The dominance affected the unipodal balance of sedentary individuals, but not of field soccer athletes from the junior category. The anthropometric indexes did not interfere in the postural balance
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
LucianaBaltazarDias.pdf (725.21 Kbytes)
Data de Publicação
2012-02-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.