• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.5.2021.tde-04042022-151952
Documento
Autor
Nome completo
Patrick Rodrigues Correia de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2021
Orientador
Banca examinadora
Lacchini, Silvia (Presidente)
Silva, Ivana Cinthya de Moraes da
Busse, Alexandre Leopold
Rodrigues, Bruno
Título em português
Influência do treinamento de força moderado sobre a expressão de marcadores de estresse oxidativo em mulheres idosas
Palavras-chave em português
Capacidade física
Composição corporal
Estresse oxidativo
Idosas
Musculação
Pilates
Resumo em português
O declínio na capacidade física em humanos ocorre como consequência do envelhecimento, uma vez que a deterioração da capacidade funcional pode diminuir a capacidade de realizar atividades comuns do cotidiano da população. Está bem estabelecido que os mecanismos oxidativos desempenham um papel no envelhecimento, levando ao acúmulo de danos celulares e teciduais. Por outro lado, a prática regular de exercícios físicos pode minimizar as alterações fisiológicas que ocorrem durante o envelhecimento e também contribuir na melhoria da saúde e bem-estar do indivíduo. O objetivo do presente estudo é o de verificar os efeitos do treinamento físico resistido sobre o dano oxidativo e a capacidade física em mulheres idosas praticantes de Musculação ou Pilates. Foram avaliadas idosas voluntárias divididas nos grupos Pilates ou Musculação (n=20 por grupo), segundo escolha individual pela modalidade. O protocolo de treinamento (intensidade moderada) durou 12 semanas, contando com 2 aulas de 60 minutos por semana. Todas as voluntárias passaram por avaliação física, avaliação funcional e coleta de sangue (para análise dos marcadores de estresse oxidativo) antes e ao final das 12 semanas de treinamento físico. Os resultados obtidos mostram que os exercícios resistidos nas modalidades Pilates e Musculação são eficazes em induzir mudanças na composição física. O método Pilates foi mais eficiente em trazer aumento de massa muscular em todo o corpo, enquanto a Musculação foi mais eficiente em permitir perda de gordura. Os métodos escolhidos para avaliar o aumento de força muscular não foram totalmente eficientes na demonstração deste incremento. Contudo, permitiram demonstrar que as idosas do estudo apresentavam, desde o início dos protocolos, capacidade física e autonomia para executar as atividades diárias. Por fim, o método Pilates foi eficaz em aumentar a atividade da SOD, reduzindo a oxidação de proteínas. Por outro lado, a Musculação implementou aumento do sistema antioxidante no final da cascata de produção de EROs, o que parece não ter sido eficaz em reduzir a oxidação lipídica. Os resultados obtidos permitem concluir que os exercícios resistidos de Pilates ou Musculação, por um período de 12 semanas, foram eficazes em trazer benefícios físicos e em qualidade de vida de idosas sedentárias
Título em inglês
Moderate strength training influence on the expression of oxidative stress markers in elderly women
Palavras-chave em inglês
Body composition
Elderly women
Oxidative stress
Physical capacity
Pilates
Strength training
Resumo em inglês
The decline in physical capacity in humans occurs as a consequence of aging, since the deterioration of functional capacity can reduce the ability to perform common daily activities. It is well established that oxidative mechanisms play a role in aging process, leading to the oxidative accumulation of cell and tissue damage. On the other hand, regular physical exercise can minimize the physiological changes that occur during aging and also contribute to improving the individual's health and well-being. The aim of the present study is to verify the effects of resistance physical training on oxidative damage and physical capacity in elderly women who practice Pilates (P) or Strength Training (ST). Elderly volunteers were evaluated and divided into P or ST groups (n=20 per group), according to individual choice for the modality. The training protocol (moderate intensity) lasted 12 weeks, with 2 sessions of 60 minutes per week. All volunteers underwent physical assessment, functional assessment and blood collection (for the analysis of oxidative stress markers) before and at the end of the 12 weeks of protocol. The results show that resistance exercises in P and ST modalities are effective in inducing changes in physical composition. Pilates method was more efficient in increasing muscle mass throughout the body, while strength training was more efficient in allowing fat loss. The methods chosen to assess the increase in muscle strength were not fully efficient in demonstrating this increase. However, they allowed to demonstrate that the elderly women in the study had, since the beginning of the protocols, physical capacity and autonomy to perform daily activities. Finally, Pilates method was effective in increasing SOD activity, reducing protein oxidation. On the other hand, strength training implemented an increase in the antioxidant system at the end of the ROS production cascade, which seems not to have been effective in reducing lipid oxidation. The obtained results allow us to conclude that the resistance exercises of Pilates or strength training, for a period of 12 weeks, were effective in bringing physical benefits and in the quality of life of sedentary elderly women
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-04-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2023. Todos os direitos reservados.