• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2012.tde-05042012-085911
Documento
Autor
Nome completo
Moíse Dalva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Jatene, Fabio Biscegli (Presidente)
Cabral, Richard Halti
Hueb, Alexandre Ciappina
Lisboa, Luiz Augusto Ferreira
Volpe, Marco Antonio
Título em português
Estudo do remodelamento ventricular e dos anéis valvares na cardiomiopatia dilatada: avaliação anátomo-histopatológica
Palavras-chave em português
Cardiomiopatia dilatada/patologia
Coração/anatomia & histologia
Coração/patologia
Valva mitral/anatomia & histologia
Valva tricúspide/anatomia & histologia
Resumo em português
Introdução: A insuficiência cardíaca congestiva (ICC) ocasionada pela cardiomiopatia dilatada idiopática (CMDId) constitui-se em quadro causador de grande impacto na saúde pública, apresentando morbidade e mortalidade significativas, porém muitos aspectos referentes à sua fisiopatologia ainda permanecem desconhecidos, de modo que trabalhos que estudem tais aspectos poderão contribuir para melhor entendimento desta entidade. Objetivos: Avaliar aspectos anatômicos e histológicos de corações com CMDId e compará-los a um grupo controle de corações normais, obtendo-se as medidas dos perímetros dos anéis atrioventriculares direito (AVD) e esquerdo (AVE) e dos ventrículos direito (VD) e esquerdo (VE) bem como a porcentagem por área de fibras colágenas e elásticas dos anéis atrioventriculares direito e esquerdo. Métodos: Foram analisados 13 corações de pacientes que faleceram vítimas de CMDId e 13 corações normais de pacientes que faleceram por causas não relacionadas à doenças cardiovasculares. Os corações foram fixados em formol, dissecados de forma a manter-se apenas os anéis atrioventriculares e a massa ventricular, com posterior laminação desta em segmentos transversais correspondentes a 20%, 50% e 80% da distância compreendida entre o sulco atrioventricular e o ápice ventricular esquerdo. Os cortes assim obtidos foram submetidos à digitalização fotográfica, que permitiu a aferição de ambos os perímetros ventriculares por meio de software específico, tornando possível a comparação de tais medidas entre os grupos e os segmentos. Os anéis atrioventriculares foram posteriormente dissecados, fotografados e medidos digitalmente para aferição das medidas perimetrais a direita e a esquerda, sendo posteriormente enviados ao laboratório de anatomia patológica, sendo realizadas colorações por meio de hematoxilinaeosina, picrossírius e resorcina fuccina oxidada, permitindo estudo das fibras colágenas e elásticas. Resultados: Com relação aos segmentos ventriculares, notou-se que no grupo CMDId ocorre dilatação nos segmentos apical, equatorial e basal, tanto a direita quanto a esquerda A medida do AVD foi maior no grupo CMDId , não havendo diferença estatisticamente significante com relação ao AVE entre os dois grupos. Com relação ao percentual por área de fibras colágenas, tanto o AVE quanto o AVD apresentaram percentagem de fibras menor no grupo CMDId em relação ao grupo normal. Com relação ao percentual por área de fibras elásticas, não houve diferença entre os grupos. Conclusões: Ocorre alteração da geometria ventricular com dilatação tanto a direita quanto a esquerda no grupo CMDId, porém com comportamento distinto entre o VE e o VD. O anel atrioventricular esquerdo não se dilata, ao contrário do direito, a despeito do fato de em ambos ocorrer diminuição da área total de colágeno, sugerindo que o mecanismo de dilatação possa apresentar particularidades oriundas de diferenças estruturais e pressóricas em ambos os ventrículos
Título em inglês
Study of ventricular remodeling and valve rings in dilated cardiomyopathy: anatomical and histological evaluation
Palavras-chave em inglês
Cardiomyopathy dilated
Heart anatomy
Heart pathology
Mitral valves anatomy
Tricuspid valves anatomy
Resumo em inglês
Introduction: Congestive heart failure caused by idiopathic dilated cardiomyopathy causes great impact on public health, with significant morbidity and mortality, but many aspects related to its pathophysiology remain unknown, so further studies can contribute to better understanding of this entity. Objectives: To evaluate anatomical and histological aspects of hearts from patients who died victims of idiopathic dilated cardiomyopathy and compare them to a control group, to evaluate the behavior of the perimeters of the right and left atrioventricular rings and left and right ventricles and to compare the percentage area of collagen and elastic fibers of the right and left atrioventricular rings in both groups. Methods: We analyzed 13 hearts of patients who died from idiopathic dilated cardiomyopathy and 13 normal hearts from patients who died of causes not related to cardiovascular disease. The hearts were fixed in formalin, dissected in order to keep only the ventricular mass and atrioventricular rings, with subsequent lamination of segments corresponding to 20%, 50% and 80% of the distance between the atrioventricular groove and the left ventricular apex . The sections obtained were subjected to photo scanning, which allowed the measurement of ventricular perimeters by means of specific software, making it possible to compare these measures between groups and segments. The atrioventricular rings were then dissected, photographed and measured digitally to evaluate the right and left perimeters, later being sent to the pathology laboratory, and stained by hematoxylin-eosin, picrosirius and oxidized resorcin fuccin, enabling study of collagen and elastic fibers. Results: Regarding to ventricular segments, it was noted that in the idiopathic dilated cardiomyopathy group dilation occurs in the apical, equatorial and basal segments, at both sides, and the right atrioventricular ring measurement was higher in idiopathic dilated cardiomyopathy group, with no statistically significant difference in the left side between the two groups. With respect to the percentage by area of collagen fibers, both the left and the right sides had lower percentage of fibers in the idiopathic dilated cardiomyopathy group compared to the normal group. With respect to the percentage by area of elastic fibers, there was no difference between the groups. Conclusions: There is a change in ventricular geometry in idiopathic dilated cardiomyopathy group, but with different behavior between the left and right ventricles. The left atrioventricular ring does not dilate, in spite of the fact that in both ventricles there is lowering of the total area of collagen, suggesting that the mechanism of dilation may present peculiarities arising from structural differences and pressure load in both ventricles
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MoiseDalva.pdf (3.43 Mbytes)
Data de Publicação
2012-04-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.