• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.5.2017.tde-13032017-101533
Documento
Autor
Nombre completo
Marlous Vinicius Gomes Lana
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2015
Director
Tribunal
Strauss, Bryan Eric (Presidente)
Pereira, Felipe Valença
Villa, Luisa Lina
Título en portugués
Utilização de shRNA anti-hexon, anti-IVa2 e anti-pol durante a produção de vírus adeno-associado como estratégia de eliminar Adenovírus helper: prova de princípio
Palabras clave en portugués
Adenoviridae
Interferencia de RNA
Proteina hexon de adenovirus
Replicacao viral
Terapia genetica
Virus auxiliares
Resumen en portugués
O Adenovírus (Ad) é um agente etiológico que causa infecções em diversas espécies e também pode ser utilizado na forma de vetor como ferramenta tecnológica para terapia gênica. O Controle sobre a replicação de Ad pode trazer beneficio para o combate de infecções e para as tecnologias de transferência genica. Porém, poucas ferramentas existem que podem inibir a replicação de Ad. Uma aplicação importante seria a inibição da replicação de Adenovírus helper utilizado na produção de Vírus Adenoassociado recombinante (rAAV), assim minimizando contaminação da produção de rAAV com o virus helper. Dessa maneira o objetivo desse trabalho foi investigar se há inibição da replicação do Ad mediada por RNA de interferência (RNAi) direcionada para alvos adenovirais chaves. Para isso foram construídos vetores lentivirais que codificam shRNAs para os genes hexon, IVa2 e pol. Em seguida foram criadas linhagens que expressam constitutivamente os shRNAs em 293T, células onde os vetores adenovirais conseguem se replicar. Os shRNAs específicos para hexon e IVa2 promoverem significantemente a redução dos níveis destes mRNAs conforme revelado utilizando RT-qPCR para quantificação dos transcritos adenovirais. Em seguida, knockdown do gene hexon se mostrou promissor em inibir a replicação do Ad, visto como redução de vírus produzido em células 293T anti-hexon. O knockdown do transcrito de hexon e a redução em replicação de Adenovírus foram mais acentuados após cell sorting e obtenção de clones celulares a partir da linhagem anti-hexon. O clone anti-hexon mostrou significante redução na quantidade de partículas adenovirais visualizadas por microscopia eletrônica e redução de 92% das partículas infecciosas em relação a 293T quando a produção foi realizada em larga escala. Esses resultados indicam que a tecnologia de shRNA para inibir a replicação do Ad é promissora e representa o primeiro passo de desenvolvimento de uma estratégia para a produção de rAAV livre de contaminação com Ad helper
Título en inglés
Use of shRNAs directed against key adenoviral targets as an inhibitor of Helper Viruses: first step
Palabras clave en inglés
Adenoviridae
Adenoviridae hexon protein
Adenoviridae replication
Gene therapy
Helper viruses
shRNAs
Resumen en inglés
Adenovirus (ad) is an etiologic agent that causes infections in diverse species and can also be used as a technologic resource, such as a vector applied in gene therapy. Control over Ad replication could be beneficial for the combat of infections and for the technology of gene transfer. However, few tools exist that may useful for the inhibition of Ad replication. One important application would be to impede replication of helper adenovirus utilized in the production of recombinant Adenoassociated Virus (rAAV), thus minimizing the contamination of the rAAV production with helper virus. The objective of the study was to investigate the use of RNA interference (RNAi) directed against key adenoviral targets as an inhibitor of Ad replication. For this, lentiviral vectors encoding shRNAs for hexon, IVa2 and pol were constructed. Next, constitutive expression of the shRNAs was established in 293T cells, the parental cell line that is permissive for adenovirus replication. The shRNAs specific for hexon or IVa2 significantly promoted reduction in the level of these mRNAs as revealed by RT-qPCR quantification of the adenoviral transcripts. Next, knockdown of hexon was shown to be promising as an inhibitor of Ad replication, seen as the reduction of Ad produced in the 293T anti-hexon cell line. Both the knockdown of the hexon transcript and reduction in adenovirus replication were accentuated after cell sorting and isolation of cellular clones from the anti-hexon cell line. The anti-hexon clone showed significant reduction in the quantity of adenovirus particles when visualized by electron microscopy and 92% fewer infectious particles as compared to the parental 293T cells when full scale production was made. These results indicate that the use of shRNA technology for the inhibition of Ad replication is promising and represents the first step for the development of a strategy for the production of rAAV free from helper virus contamination
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2017-03-13
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.