• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.5.2020.tde-05022021-104754
Documento
Autor
Nome completo
Graziele Aparecida Simões Lima
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2020
Orientador
Banca examinadora
Coura Filho, George Barberio (Presidente)
Duarte, Paulo Schiavom
Kulcsar, Marco Aurélio Vamondes
Ramos, Celso Dario
Título em português
Avaliação das glândulas salivares por exame de ultrassonografia cervical em pacientes antes e após tratamento de radioiodoterapia no câncer diferenciado da tireoide 
Palavras-chave em português
Glândulas salivares
Iodo-131 (131I)
Neoplasias da glândula tireoide
Pesquisa de corpo inteiro (PCI)
Sialadenite
Ultrassonografia
Resumo em português
Sialadenite é a complicação mais comum após o tratamento de radioiodoterapia e pode resultar em mudanças na ecotextura das glândulas salivares, visualizadas por meio do exame de ultrassonografia. O presente estudo avaliou a ecotextura das glândulas salivares de pacientes com câncer diferenciado da tireoide submetidos à radioiodoterapia nos períodos pré e pós-tratamento por meio de imagens ultrassonográficas, e avaliou a correlação entre resultados de pesquisa de corpo inteiro nas regiões salivar e cervical pós-tratamento e os respectivos padrões de imagens ultrassonográficas. A comparação entre as características ultrassonográficas mostrou que 31,3% do total de pacientes avaliados com ecotextura homogênea das glândulas salivares parótidas pré-radioiodoterapia evoluíram com heterogeneidade pós-tratamento. Foi observada associação estatística de acordo com atividade de 131I administrada para o grupo de 5.6 GBq (150mCi) a < 9.3 GBq (250mCi). Não foi encontrada associação estatística entre os níveis de captação de 131I nas regiões salivar e cervical na pesquisa de corpo inteiro pós-tratamento e alterações no padrão ultrassonográfico. Em conclusão, o exame de ultrassonografia pode ser uma ferramenta favorável para avaliar a sialadenite pós-radioiodoterapia, no entanto, os níveis de captação de 131I por meio da pesquisa de corpo inteiro pós-tratamento não apresentaram associação com o diagnóstico de sialadenite no presente estudo
Título em inglês
Ultrasonographic echotexture of salivary glands in patients pre and post radioiodine therapy in different thyroid cancer
Palavras-chave em inglês
131Iodine (131I)
Salivary glands
Sialadenitis
Thyroid cancer
Ultrasonography
Whole-body scintigraphy
Resumo em inglês
INTRODUCTION: Sialadenitis is the most common complication after radioiodine therapy and may result in changes in the echotexture of the salivary glands visualized by ultrasonography exam. This study evaluated the echotexture of the parotid salivary glands pre and post-RIT using ultrasonography images in Differentiated Thyroid Cancer patients who undergone radioiodine therapy and the correlation between post therapy Whole-Body Scan in the salivary and cervical areas and ultrasonography images pattern. Comparing the ultrasonography features, 31.3% of patients who presented homogenous echotexture in the parotids salivary glands pre therapy developed heterogeneity post-treatment. According to I-131 activity groups was observed statistical association for 5.6 GBq (150mCi) to < 9.3 GBq (250mCi) I-131 activity group. No association was found for all levels of I-131 between Whole-Body Scan intensity uptake and changes in ultrasonography features pattern post-therapy. Ultrasonography may be a useful tool to evaluate chronic sialadenitis post-radioiodine therapy and I-131 intensity uptake using post therapy Whole-Body Scan routine was not associated to ultrasound echotexture changes in the present study
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-02-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.