• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.5.2012.tde-23022012-150543
Documento
Autor
Nombre completo
Luís Felipe Piovesan
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2011
Director
Tribunal
Dall'Oglio, Marcos Francisco (Presidente)
Araújo, Edevard José de
Gattas, Gilka Jorge Figaro
Oliveira, Luiz Carlos Neves de
Silva Neto, Brasil
Título en portugués
Análise da expressão das metaloproteinases 2 e 9 e seus reguladores no câncer de bexiga
Palabras clave en portugués
Expressão gênica
Metaloproteinase 2 da matriz
Metaloproteinase 9 da matriz
Neoplasias da bexiga urinária
Prognóstico
Resumen en portugués
Introdução: O Carcinoma Urotelial de Bexiga (CUB) é o segundo tumor urológico mais prevalente no Brasil. Devido ao elevado custo médico no processo que envolve seu diagnóstico, tratamento e seguimento, o CUB é um dos tipos de tumores mais caros para os sistemas de saúde. Embora existam fatores prognósticos definidos, como o estadiamento patológico, a diferenciação histológica e a presença de invasão angiolinfática (IAL), os mesmos demonstram-se insuficientes para uma acurada definição de comportamento da doença. Com a evolução da pesquisa molecular um grande número de potenciais novos marcadores de agressividade tem surgido. As Metaloproteinases da matriz (MMP) sao proteínas teciduais, pertencentes à família das endoproteinases, que degradam vários componentes da matriz extracelular. A expressão de diversas MMPs, especialmente MMP-2 e MMP-9 (gelatinases), bem como seus ativadores e inibidores, tem sido estudada como potencial marcador de comportamento tumoral em várias neoplasias. Objetivos: Avaliarmos os níveis de expressão dos genes das gelatinases MMP-2 e MMP-9 no CUB, assim como proteínas envolvidas em suas vias de ativação e inibição (MMP-14, IL-8, TIMP-1, TIMP-2, RECK e TGF-! ). Material e Método: Estudamos pela técnica de qRT-PCR a expressão dos 8 genes em amostras de CUB de 40 pacientes submetidos a RTUb, tendo como grupo controle amostras de urotélio sem câncer de 6 pacientes submetidos a prostatectomia aberta por HPB, bem como sua relação com marcadores prognósticos clássicos (estádio, grau e IAL). Resultados: Houve uma superexpressão de MMP-9 na maioria das amostras de CUB, bem como subexpressão de MMP-2, TIMP-1, TIMP-2, MMP-14, IL-8, TGF-! e RECK. Comparando os níveis de expressão dos genes com o estádio patológico, houve uma superexpressão de MMP-9 nos tumores pT1-2, quando comparados com pTa (p=0,026), bem como maior expressão de IL-8 nos tumores pT1 e pT2 (p=0,015 e p=0,048, respectivamente). Embora estatisticamente nao significativa, houve uma superexpressão de MMP-14 nos tumores pT2, quando comparados aos demais (p=0,087). Com relação ao grau histológico, também identificamos superexpressão de MMP-9 nos tumores de alto grau, quando comparados aos de baixo grau (p=0,012), assim como maior expressão de IL-8 nos tumores de alto grau (p=0,003). Conclusão: Houve uma superexpressão de MMP-9 e uma subexpressão de MMP-2, TIMP-1, TIMP-2, MMP-14, RECK, IL-8 e TGF-! no CUB, quando comparado com o grupo controle. Também identificamos uma superexpressão de MMP-9 e IL-8 em tumores pT1-2 quando comparados com pTa e de alto grau quando comparados com baixo grau. A subexpressão dos principais inibidores da MMP-9 (TIMP-1 e RECK) pode explicar sua superexpressão no CUB, assim como a superexpressão de IL-8 nos tumores invasivos e de alto grau pode agir como fator ativador da MMP-9 nestes mesmos tumores
Título en inglés
Expression of metalloproteinases 2 and 9 and their regulator genes in bladder cancer
Palabras clave en inglés
Gene expression
Matrix metalloproteinase 2
Matrix metalloproteinase 9
Prognosis
Urinary bladder neoplasms
Resumen en inglés
Introduction: Bladder cancer (BC) is the second most common urological tumor in Brazil. Because its high cost on diagnosis, treatment and follow-up, BC is one of the most expensive malignancies for health care providers. Although we have well-known prognostic factors, like pathological stage, histologic grade and lymphovascular invasion, they are insufficient to figure more accurate tumor aggressiveness. Recent molecular biology helped us to discover a huge amount of potential markers. Matrix metalloproteinases (MMP) are tissue endopeptidases that degrade components of extracellular matrix. Expression of several MMP, specially MMP-2 and MMP-9 (gelatinases), and their activators and inhibitors, are investigated as potential behavior markers in many neoplasms. Objectives: The aim of this study was to evaluate expression levels of gelatinases MMP-2 and MMP-9 genes by quantitative real-time polymerase chain reaction (qRT-PCR) in BC, as well as other proteins evolved in the activation and inhibition pathways (MMP-14, IL-8, TIMP-1, TIMP-2, RECK e TGF-b). Material and Method: Present study analyzed tissue expression of 8 genes in BC samples of transutethral resection of 40 patients by qRT-PCR, as well as their relation with current prognostic factors (stage, grade and LVI). The control group was composed of utothelial tissue from 6 patients with benign prostatic hyperplasia (BPH) treated surgically with retropubic prostatectomy. Results: In the tumor samples, MMP-9 presented an overexpression and MMP-2, TIMP-1, TIMP-2, MMP-14, RECK, IL-8, and TGF-b were underexpressed in BC tissue compared to control. Comparing gene level expression to pathologic stage, there was MMP-9 overexpression in pT1-2 tumors compared to pTa (p=0.026), as wall as IL-8 overexpression in pT1 and pT2 tumors (p=0.015 e p=0.048, respectively). Although not statiscally significant, there was MMP-14 overexpression in pT2 tumors in comparison to pTa-1 (p=0.087). About grade, there was MMP-9 overexpression in high-grade tumors compared to low-grade (p=0.012), as well as IL-8 overexpression in high-grade tumors (p=0.003). There was not relation of any gene expression to LVI. Conclusions: We found overexpression of MMP-9 and underexpression of MMP-2, TIMP-1, TIMP-2, MMP-14, RECK, TGF-b and IL-8 in BC compared with the control group. According to the prognostic factors we found increased levels of MMP-9 and IL-8 gene expression in pT1-2 compared to pTa tumors and high-grade compared to low-grade tumors. Underexpression of major MMP-9 inhibitors (TIMP-1 and RECK) could explain MMP-9 overexpression in BC, as well as IL-8 overexpression in high-grade and stage tumors could act as activation factor of MMP-9 in these tumors
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
LuisFelipePiovesan.pdf (590.28 Kbytes)
Fecha de Publicación
2012-02-28
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.