• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2011.tde-22092011-114152
Documento
Autor
Nome completo
Alcides Mosconi Neto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Srougi, Miguel (Presidente)
Fregonesi, Adriano
Leite, Katia Ramos Moreira
Nesrallah, Adriano João
Sant Anna, Alexandre Crippa
Título em português
Análise da expressão de moléculas de adesão no carcinoma urotelial do trato urinário superior: implicações prognósticas
Palavras-chave em português
Carcinoma urotelial do trato urinário superior
Moléculas de adesão celular
Neoplasias urológicas
Prognóstico
Resumo em português
Introdução: As moléculas de adesão celular (MAC) participam da interação entre o epitélio e a matriz extracelular (MEC) que são importantes para o desenvolvimento normal da célula. Alguns estudos têm revelado que alterações na expressão das MAC têm implicações no processo de carcinogênese. Nosso objetivo foi estudar a influencia da expressão da E-caderina e cateninas por imuno-histoquímica (IH) na previsão prognóstica de pacientes com carcinoma urotelial do trato urinário superior submetidos à cirurgia. Material e métodos: Avaliamos os espécimes de 20 pacientes com carcinoma urotelial da pelve renal e ureter tratados com nefroureterectomia ou ureterectomia com intenção curativa entre junho de 1997 e janeiro de 2007, todas realizadas pelo mesmo cirurgião (MS). A expressão das MAC foi avaliada através de IH pela técnica de microarranjo tecidual ou tissue microarray (TMA), e correlacionada com as características anatomopatológicas do tumor e sobrevida dos pacientes Resultados: Observamos uma relação entre a expressão de E-caderina com a recidiva da doença. Dos tumores com expressão forte de E-caderina, 85,7% sofreram recidiva contra 50,0% daqueles com moderada expressão (p=0,014). Também houve diferença na sobrevida livre de doença, sendo que aqueles com expressão forte evidenciaram media de sobrevida livre de doença de 49,1 meses, enquanto aqueles com expressão moderada ou ausente sofreram média de 83,9 meses (p=0,011). A ausência de expressão de -catenina se relacionou com maior frequência de tumores com mais de 3cm (p=0,003). Conclusões: Demonstramos que a imuno-expressão da E-caderina e - catenina estão relacionadas com recidiva e tamanho tumoral no carcinoma urotelial do trato urinário alto, podendo constituir novos marcadores prognósticos nessa neoplasia
Título em inglês
Analysis of adhesion molecules expression in the urothelial carcinoma of the upper urinary tract: prognostic Implications
Palavras-chave em inglês
Cell adhesion molecules
Prognosis
Urological neoplasias
Urothelial carcinoma of upper urinary tract
Resumo em inglês
Introduction: The cell adhesion molecules (CAM) participating in the interaction between epithelium and extracellular matrix (ECM) that are important for normal development of the cell. Some studies have shown that changes in the expression of CAM have implications in the process of carcinogenesis. We studied the E-cadherin and catenins expression profile by immunohistochemistry in patients with urothelial carcinoma of upper urinary tract underwent surgery. Materials and Methods: We evaluated specimens from 20 patients with urothelial carcinoma of renal pelvis and ureter treated with nephroureterectomy or ureterectomy between June 1997 and January 2007, all performed by one surgeon (MS). The expression of CAM was evaluated by tissue microarray technique (TMA). Results: We observed a relation between E-cadherin expression with disease recurrence. Tumors with strong expression of E-cadherin, 85.7% recurrence compared to 50.0% of those with moderate expression and 0.0% with weak expression (p = 0.014). There was also a difference in disease-free survival, and those with strong expression recurrence a median time of 49.1 months while those with moderate expression recurrence a median time of 83.9 months (p = 0.011). The absence of -catenin expression was associated with tumors larger than 3 cm (p = 0.003). Conclusions: We demonstrate that the immuno-expression of E-cadherin and -catenin are related to recurrence and tumor size in urothelial carcinoma of upper urinary tract, may be new prognostic markers in these disease
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-09-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.