• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.5.2008.tde-17122008-103016
Documento
Autor
Nombre completo
Sabrina Thalita dos Reis
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2008
Director
Tribunal
Leite, Katia Ramos Moreira (Presidente)
Canavez, Juliana Moreira de Sousa
Oliveira, Paulo Sérgio Lopes de
Título en portugués
Avaliação de polimorfismos dos genes das metaloproteinases da matriz no câncer de próstata
Palabras clave en portugués
Diagnóstico
Metaloproteinases da matriz
Neoplasias prostáticas
Polimorfismo genético
Prognóstico
Resumen en portugués
Introdução: O Câncer de próstata (CaP) é o mais comum do homem brasileiro. É importante a identificação de alterações moleculares que possam prever o seu desenvolvimento e potencial biológico. Polimorfismos de nucleotídeo único (SNP) são alterações da seqüência do DNA onde somente uma base é trocada com uma freqüência superior a 1% na população, que podem levar a modificações estruturais e funcionais na proteína, ou afetar a sua quantidade, e podem constituir marcadores de predisposição e prognóstico de neoplasias. Metaloproteinases (MMP) são proteínas da família de enzimas proteolíticas, que degradam a matriz extracelular, e SNP na sua estrutura têm sido associados ao comportamento de tumores. Objetivos: Avaliar a freqüencia de SNP nos genes das MMP1, 2, 7 e 9, em pacientes com CaP e grupo controle, relacionando com suscetibilidade para o desenvolvimento da doença e previsão de seu potencial biológico. Material e Métodos: A amostra é constituída por tecido não tumoral de 100 indivíduos com CaP, e 100 amostras controle representadas por soro de indivíduos saudáveis, sem câncer de próstata. O DNA foi obtido utilizando protocolos convencionais de extração. Para genotipagem foi utilizada técnica de identificação de base única com uso de sondas marcadas com fluoróforos (Taqman®) pela técnica de reação em cadeia da polimerase em tempo real. As freqüências alélicas foram calculadas e a comparação entre os grupos foi feita utilizando-se o teste de qui-quadrado com valor de significância de 0,05. Resultados: Nos genes das MMP1 a freqüência do genótipo homozigoto polimórfico esteve mais presente no grupo controle que no CaP (p>0,001). No gene da MMP9 o alelo polimórfico esteve mais presente em pacientes com CaP (p>0,001), e em tumores com escore de Gleason6 (p=0,003). No gene da MMP2 de acordo com estadiamento patológico o alelo polimórfico foi mais freqüente em tumores pT3 (p=0,026) e Gleason maior ou igual a 7(p=0,042). Conclusão: Nossos resultados sugerem que o polimorfismo no gene da MMP1 está associado a um caráter de proteção aos indivíduos quanto ao desenvolvimento do CaP. O polimorfismo no gene da MMP9 está associado a um aumento no risco de desenvolvimento desta neoplasia, e quando analisamos as associações com os fatores prognósticos encontramos uma correlação com tumores de melhor prognóstico. Por outro lado o polimorfismo do gene da MMP2 se associa a tumores não órgãoconfinados
Título en inglés
Evaluation of polymorphisms of matrix metalloproteinases genes in prostate cancer
Palabras clave en inglés
Diagnosis
Matrix metalloproteinase
Polymorphism genetic
Prognosis
Prostatic neoplasm
Resumen en inglés
Introduction: Prostate cancer (PCa) is the most frequent tumor in males in Brazil. Research has been directed for the identification of molecular markers that can predict the PCa predisposition and prognosis. Single nucleotide polymorphisms (SNPs) are genome variations, present in a frequency of 1% or more. The matrix metalloproteinases (MMPs) are a family of enzymes responsible for the degradation of extracellular matrix. SNPs have been demonstrated in the promoter region of these genes and have been associated with development and progression of some cancers. Objective: To investigate the correlation between polymorphisms of MMP1, 2, 7, 9 with susceptibility and classical prognostic parameters in PCa. Patients and methods: The sample is constituted by normal tissue of 100 patients with PCa, and 100 healthy men as controls (serum). DNA genomic was extracted from paraffin blocks and serum using conventional protocols. The DNA sequence containing the polymorphic sites was amplified by Real-Time polymerase chain reaction, using fluorescent probes (Taqman®). The allelic frequency was calculated and the comparison between the groups was made using the qui-square test with value of significance of 0.05. Results: The polymorphic homozygote genotype of the MMP1 was more frequent in the control group than in the PCa (p<0.001). The polymorphic allele of MMP9 was more frequent in the PCa group (p<0.001), and in tumors Gleason6 (p=0,003). The polymorphic allele of MMP2 was more frequent in tumors of higher stage (pT3) (p=0.026) and higher Gleason Score (7) (p=0.042). Conclusion: We have shown that MMP1 polymorphism is more frequent in the control group, than in patients with PCa, it may be associated to protection for the development of PCa. The MMP9 polymorphism was related to higher risk for development of this neoplasia, but associated with lower Gleason score. MMP2 polymorphism was associated with non organconfined disease.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
sabriantdosreis.pdf (889.89 Kbytes)
Fecha de Publicación
2009-01-21
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.