• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Rubens Park
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Faria, Sabrina Thalita dos Reis (Presidente)
Oliveira, Luiz Carlos Neves de
Folgueira, Maria Aparecida Azevedo Koike
Miranda, Eduardo de Paula
Título em português
O papel dos microRNAs -23b/-27b na progressão do câncer de próstata resistente à castração: estudo in vivo
Palavras-chave em português
Ciclina G1
Ensaios antitumorais modelo de xenoenxerto
Expressão gênica
Imagem molecular
MicroRNA
Modelos animais
Neoplasias de próstata resistentes à castração
Resumo em português
Introdução: O Câncer de próstata metastático (mCaP) é uma doença incurável com progressão para o mCaP resistente à castração (mCPRC) após terapia de deprivação androgênica. Os microRNAs (miR) -23b e -27b tem ação antioncogênica e são suprimidos neste contexto. O gene da ciclina G1 (CCNG1) codifica uma quinase dependente de ciclina com potencial de inibição do crescimento e é um dos alvos dos miR-23b/-27b. Objetivos: Estimular os miR-23b/-27b isoladamente e em conjunto para avaliar e comparar o crescimento tumoral e a expressão do gene alvo CCNG1 em relação ao grupo controle em xenenxertos de PC-3M-luc-C6 em camundongos atímicos castrados. Métodos: Xenoenxertos subcutâneos da linhagem celular PC-3M-luc-C6 foram implantados em camundongos machos BALB/c nude. Os animais foram castrados 10 dias após o implante e utilizamos injeções intratumorais para induzir o aumento da expressão dos miR-23b/-27b separadamente e em conjunto através de Pre-miR® específicos. Realizamos avaliações semanais da bioluminescência (BLI) para avaliar o crescimento tumoral após a castração. Utilizamos a reação em cadeia de polimerase reversa em tempo real (qRT-PCR) para analisar a expressão da CCNG1 e os animais foram sacrificados 21 dias após a castração. Dividimos um total de 21 xenoenxertos nos seguintes grupos de tratamento: 4 no grupo controle, 5 no grupo Pró miR-23b, 6 no grupo Pró miR-27 e 6 no grupo Pró miR-23b associado ao Pró miR-27b. Resultados: Confirmamos o sucesso da transfecção dos miRs por qRT-PCR, e apresentamos o achado de superexpressão relativa da CCNG1 em relação ao grupo controle em: 9% (p=0,76), 46% (p=0,05) e 203% (p=0,01) nos grupos Pró miR-23b, Pró miR-27b e Pró miR-23b associado ao Pró miR-27b respectivamente. Comparamos o crescimento proporcional de cada tumor através da BLI, por meio da leitura no momento da castração ao final do experimento. Obtivemos um crescimento de 13,5; 8,69; 5,96 e 9,98 vezes nos grupos: controle, Pró miR-23b, Pró miR-27b e Pró miR-23b associado ao Pró miR-27b respectivamente. Conclusão: Demonstramos um modelo in vivo de CPRC que apresentou supreexpressão da CCNG1 após o tratamento intratumoral que aumentou a expressão dos miRs -23b e -27b. Este conjunto de miRs tem ação antioncogênica descrita no contexto do mCPRC e a sua estimulação neste contexto aumentou a expressão da CCNG1. Nosso estudo sugere que a CCNG1 deve apresentar uma ação pró-apoptótica quando superexpresso pelos miRs-23b/-27 no CPRC
Título em inglês
The role of microRNAs -23b/-27b in the progression of castration-resistant prostate cancer: an in vivo study
Palavras-chave em inglês
Cyclin G1
Gene expression
Imagem molecular
MicroRNA
Models animal
Prostatic neoplasms castration-resistant
Xenograft model antitumor assays
Resumo em inglês
Introduction: Metastatic prostate cancer (mPCa) is an incurable disease that invariably progresses to castration-resistant mPCa (mCRPC) after androgen deprivation therapy. The microRNAs miR-23b/-27b have been reported as tumor suppressors and are underexpressed in this context. The cyclin G1 gene (CCNG1) encodes a cyclin-dependent kinase with potential growth inhibitory activity that is a potential target of miR-23b/-27b. Objectives: We aim to explore a bioluminescent xenograft model of CRPC in castrated mice the effect positive modulation of the miR-23b/-27b on CCNG1 expression and mCRPC growth. Material and Methods: We injected subcutaneous xenografts of PC-3M-luc-C6 PCa cell line in BALB/c nude male mice. We neutered the animals after 10 days and used intratumoral injections up-regulating miR-23b/-27b separately and simultaneously through specific Pre-miRTM. We used weekly bioluminescence imaging (BLI) to assess tumor growth after castration and real-time polymerase chain reaction (qRT-PCR) to analyze the expression of CCNG1. We sacrificed the animals 21 days after castration. We randomized 21 xenografts in experimental groups as follows: n=4 in the negative control group; n=5 in Pro miR-23b group; n=6 in Pro miR-27b group and an n=6 tumors in the Pro miR-23b plus Pro miR-27b. Results: We confirmed successful transfection of both miRNAs with overexpression of CCNG1 of 9% (p=0.76), 46% (p=0.05) and 203% (p=0.01) in the Pro miR-23b, Pro miR-27b and Pro miR-23b plus -27b groups respectively. We compared the fold-change in BLI growth by the end of experiment finding an increase of 13.5-fold, 8.69-fold, 5.96-fold and 9.98-fold in groups Pro miR-negative control, Pro miR-23b, Pro miR-27b and Pro miR-23b plus Pro miR-27b groups respectively. Conclusions: We showed an in vivo model with overexpression of CCNG1 upon artificial upregulation of miR-23b and -27b in CRPC. This cluster of antineoplastic miRNA increased the expression of this cyclin, often described as oncogenic. Our study suggests that CCNG1 has a pro-apoptotic role when up-regulated by miR-23b/-27b in CPRC
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-10-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.