• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2018.tde-07122018-093502
Documento
Autor
Nome completo
Wallace Andrino da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Malbouisson, Luiz Marcelo Sá (Presidente)
Andrade, Lucia da Conceição
Neves, Flavio Humberto de Sousa
Rodrigues, Camila Eleuterio
Silva Junior, João Manoel da
Título em português
Efeito da terapia hídrica restritiva ou liberal sobre a função renal de gestantes com pré-eclâmpsia grave submetidas cesariana: ensaio clínico randomizado
Palavras-chave em português
Cesariana
Gravidez
Hidratação
Lesão renal aguda
Pré-eclâmpsia
Resumo em português
Justificativa e objetivo: O manejo hemodinâmico na pré-eclâmpsia grave (PEG) permanece um desafio, especialmente a reposição volêmica durante a cesariana. A sobrecarga de volume pode levar a edema agudo de pulmão, enquanto a restrição hídrica pode exacerbar a falência orgânica, como a injúria renal aguda (IRA). O objetivo do estudo foi a avaliação de IRA pósoperatória em pacientes com pré-eclâmpsia grave submetidas à cesariana, comparando pacientes que receberam estratégia restritiva, com os pacientes que receberam estratégia liberal de hidratação intraoperatória. Métodos: Um total de 46 pacientes foram randomizados em dois grupos de acordo com a hidratação durante a cesariana: liberal (1500 mL de ringer lactato, n = 23); e restritivo (250 mL de ringer lactato, n = 23). Liberada dieta irrestrita 8 horas após a cirurgia. A disfunção renal pós-operatória foi estratificada pelos críterios de Acute Kidney Injury Network (AKIN) modificados. Cistatina C e lipocalina associada à gelatinase de neutrófilos (NGAL) foram avaliadas no período pré-operatório imediato, no primeiro e no segundo dia pós-operatório (PO). Resultados: IRA pós-operatória ocorreu em 43,5% dos pacientes em cada um dos grupos. O débito urinário intraoperatório foi maior no Grupo Liberal do que no Grupo Restritivo (116 mL/h versus 80 mL/h, p = 0,032). Em ambos os grupos, a cistatina C foi significativamente menor no 2º PO do que no 1º PO (p = 0,006). No Grupo Liberal, os níveis de NGAL permaneceram inalterados ao longo do período analisado. No Grupo Restritivo, houve aumento de NGAL no 1º PO em relação ao pré-operatório (p = 0,005), seguida por diminuição no 2º PO em relação ao 1º PO (p = 0,006). Conclusão: A ocorrência de IRA pós-operatória em pacientes com pré-eclâmpsia grave parece não ser dependente da estratégia de hidratação intraoperatória utilizada
Título em inglês
Effect of restrictive or liberal fluid therapy on renal function in pregnant women with severe pre-eclampsia submitted to cesarean section: randomized clinical trial
Palavras-chave em inglês
Acute kidney injury
Cesarean section
Fluid therapy
Pre-eclampsia
Pregnancy
Resumo em inglês
Background and objectives: Hemodynamic management in severe preeclampsia remains a challenge, especially for fluid replacement during cesarean section. Volume overload can lead to acute pulmonary edema, whereas volume restriction can lead to acute kidney injury (AKI). The aim of this study was to evaluate postoperative AKI in patients with severe preeclampsia who underwent cesarean section, comparing patients who received restrictive fluid therapy with those who received liberal fluid therapy. Methods A total of 46 patients were randomized into two groups according to fluid therapy during cesarean section: liberal (1500 mL of lactated Ringer's, n = 23); and restrictive (250 mL of lactated Ringer's, n = 23). Unrestricted diet 8 hours after surgery. Postoperative renal dysfunction was stratified using modified AKI Network classification. Cystatin C and neutrophil gelatinaseassociated lipocalin (NGAL) were evaluated in the immediate preoperative period, postoperative (PO) days 1 and 2. Results: Postoperative AKI occurred in 43.5% of the patients in each of the groups. Intraoperative urine output was higher in the liberal group than in the restrictive group (116 mL/h versus 80 mL/h, p = 0.032). In both groups, serum cystatin C was significantly lower on PO2 than on PO1 (p = 0.006). In the liberal group, NGAL levels remained unchanged throughout the analyzed period. In the restrictive group, NGAL levels were significantly higher on PO1 than in the preoperative period (p = 0.005), although they subsequently dropped, being significantly lower on PO2 than on PO1 (p =0.006). Conclusion: The occurrence of postoperative AKI in patients with severe pre-eclampsia does not appear to be dependent on the type of intraoperative fluid therapy used
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-12-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.