• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2006.tde-17102014-141710
Documento
Autor
Nome completo
Telma Sakuno
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Cerri, Giovanni Guido (Presidente)
Ajzen, Sergio Aron
Castro, Claudio Campi de
Pastore, Ayrton Roberto
Silva, Carlos Alberto Justo e
Título em português
Contribuição da ultra-sonografia no diagnóstico da doença do refluxo gastroesofágico em crianças: estudo comparativo com pHmetria e histopatologia
Palavras-chave em português
Biópsia
Criança
Estudo comparativo
Refluxo gastroesofágico/diagnóstico
Refluxo gastroesofágico/ultrasonografia
Técnicas de diagnóstico e procedimentos
Ultrasonografia
Resumo em português
INTRODUÇÃO: O refluxo gastroesofágico (RGE) é a passagem involuntária do conteúdo gástrico para a luz do esôfago. É uma condição comum nos lactentes e crianças menores, sendo, na maioria das vezes, considerado fisiológico, no entanto, pode determinar manifestações clínicas e levar à doença do refluxo gastroesofágico (DRGE). O objetivo deste estudo foi avaliar a ultra-sonografia como meio diagnóstico da DRGE, comparando-a com a pHmetria e histopatologia nos pacientes acima de dois anos de idade. MÉTODO: Foram avaliadas 45 crianças, com idade entre dois e 14 anos, com suspeita clínica de RGE por meio da ultra-sonografia, pHmetria e endoscopia digestiva alta com biópsia. As variáveis estudadas foram a presença do refluxo gastroesofágico, a medida do ângulo de His, o comprimento do esôfago intra-abdominal, o número e tempo de duração do RGE, presença de esofagite e hérnia hiatal. Na análise estatística, calculouse a sensibilidade, especificidade, valor preditivo positivo e valor preditivo negativo, com p<0,05. Aplicou-se a regressão logística para estimar o desfecho DRGE e esofagite. RESULTADOS: A ultra-sonografia apresentou sensibilidade de 91,7%, especificidade de 61,9%, valor preditivo positivo de 73,3% e valor preditivo negativo de 86,7% para o diagnóstico da DRGE quando comparada à pHmetria. Na análise univariada o ângulo de His mostrou-se o preditor com melhor especificidade para o desfecho DRGE e esofagite, 71,4% e 72,7%, respectivamente. CONCLUSÃO: A ultrasonografia mostrou-se um exame não invasivo, de baixo custo e preciso na avaliação da junção esofagogástrica, a sua alta sensibilidade e boa especificidade quando comparada à pHmetria, permite o seu emprego na avaliação inicial da criança com suspeita de DRGE
Título em inglês
An ultrasonographic contribution on the diagnosis of gastroesophageal reflux disease in children: a comparative study with pH monitoring and histopathology
Palavras-chave em inglês
Biopsy
Child
Comparative Study
Diagnostic techniques and procedures
Gastroesophageal reflux/diagnosis
Gastroesophageal reflux/ultrasonography
Ultrasonography
Resumo em inglês
INTRODUCTION: Gastroesophageal reflux (GER) is an involuntary passage of the gastric content to the esophagus. Most of the time, it is considered a physiologic condition as it is very common on breast feeding babies and small children, however, it may determine clinical manifestations and lead to gastroesophageal reflux disease (GERD). The aim of this study was to evaluate ultrasonography as a mean of GERD diagnosis, comparing it with pH monitoring and histopathology in patients older than 2 years of age. METHOD: 45 children aged 2 to 14 years old were evaluated, who had been clinically suspected with GER were submitted to ultrasonography, pH monitoring and upper endoscopy with biopsy. Variables for this study were the presence of gastroesophageal reflux, angle of His measurement, length of intra-abdominal esophagus, time duration and frequency of GER, presence of oesophagitis and hiatus hernia. The statistical analysis measured the sensibility, specificity, positive and negative predictive values considering p<0.05. Logistic regression was applied to estimate GERD outcome and oesophagitis. RESULTS: Ultrasonography results showed sensibility of 91.7%, specificity of 61.9%, and positive predictive value of 73.3% and negative predictive value of 86.7% for the diagnosis of GERD when compared to pH monitoring. In the single variable analysis, the angle of His showed to be the predictor with best specificity for GERD and oesophagitis outcome, 71.4% and 72.7%, respectively. CONCLUSION: Ultrasonography showed to be a harmless exam with low costs and precise in the assessment of the esophagi-gastric junction, and its high sensibility and good specificity when compared to pH monitoring allows it to be performed in the early evaluation of children suspected with GERD
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
TelmaSakuno.pdf (750.67 Kbytes)
Data de Publicação
2014-10-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.