• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2012.tde-13122012-141729
Documento
Autor
Nome completo
Igor Bastos Polonio
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Souza, Rogério de (Presidente)
Fernandes, Caio Julio Cesar dos Santos
Jardim, Carlos Viana Poyares
Saad Junior, Roberto
Stirbulov, Roberto
Título em português
Comparação de dois modelos experimentais de hipertensão pulmonar
Palavras-chave em português
Fator de crescimento derivado de plaquetas
Hipertensão pulmonar
Interleucina-1
Monocrotalina
Pneumonectomia
Resumo em português
Objetivos: Comparar dois modelos de hipertensão pulmonar (monocrotalina isoladamente e pneumonectomia com monocrotalina) em relação à gravidade hemodinâmica, estrutura das artérias pulmonares, marcadores inflamatórios - interleucina-1 (IL-1) e fator de crescimento derivado de plaquetas (PDGF) - e sobrevida em 45 dias. Métodos: Total de 80 animais analisados em 2 protocolos de estudo: análise estrutural e análise de sobrevida. Foram divididos em 4 grupos [controle (C), monocrotalina (M), Pneumonectomia com monocrotalina (PM) e pneumonectomia (P)]. Após 28 dias, os animais foram cateterizados, sendo obtidos os valores hemodinâmicos. Após foram sacrificados, sendo obtidos os tecidos cardíaco e pulmonar. O ventrículo direito (VD) foi dissecado do septo interventricular e a relação do seu peso sobre o peso do ventrículo esquerdo (VE+S) com o septo foi obtida como índice de hipertrofia de VD. No tecido pulmonar foram realizadas as análises histológicas (área da camada média das artérias pulmonares) e dosados os peptídeos IL-1 e PDGF através da técnica de ELISA. Para o estudo de sobrevida os animais foram observados por 45 dias. Resultados: Os grupos M e PM apresentaram hipertensão pulmonar em relação aos demais. Houve aumento significativo da relação VD/VE+S no grupo PM em relação aos demais. Não houve diferença significativa entre os grupos M e PM na área da camada média das artérias pulmonares, nas dosagem de IL-1 e PDGF e na sobrevida. Conclusões: Com os resultados obtidos não podemos afirmar que o modelo de pneumonectomia com monocrotalina é superior ao modelo de monocrotalina
Título em inglês
Comparison of two experimental models of pulmonary hypertension
Palavras-chave em inglês
Interleukin-1
Monocrotaline
Platelet-derived growth factor
Pneumonectomy
Pulmonary hypertension
Resumo em inglês
Objectives: To compare two models of pulmonary hypertension (monocrotaline and pneumonectomy with monocrotaline alone) in relation to the hemodynamic severity, structure of the pulmonary arteries, inflammatory markers - interleukin-1 (IL-1) factor and platelet-derived growth factor (PDGF) - and survival at 45 days. Methods: Total of 80 animals were analyzed in two study protocols: structural analysis and survival analysis. They were divided into four groups [control (C), monocrotaline (M), Pneumonectomy with monocrotaline (PM) and pneumonectomy (P)]. After 28 days, the animals were catheterized, and the hemodynamic values obtained. Then, they were euthanized and obtained the heart and lung tissues. The right ventricle (RV) was dissected from the interventricular septum and the ratio of its weight on the weight of the left ventricle (LV + S) with the septum was obtained as an index of RV hypertrophy. In lung tissue histological analyzes were performed (area of the middle layer of the pulmonary arteries) and the peptides IL-1 and PDGF measured by ELISA. To the survival study , the animals were observed for 45 days. Results: The groups M and PM show pulmonary hypertension in relation to the others. A significant increase in the RV / LV + S was observed in PM in relation to M, and M and PM in relation to the others. There was no significant difference between groups M and PM in the medial layer of pulmonary arteries, the dose of IL-1 and PDGF, and survival
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
IgorBastosPolonio.pdf (1.63 Mbytes)
Data de Publicação
2012-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.