• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.5.2020.tde-21072021-160536
Documento
Autor
Nome completo
Crislaine Caroline Serpe
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2020
Orientador
Banca examinadora
Santhiago, Marcony Rodrigues de (Presidente)
Conti, Carla Santos Medeiros
Garcia, Renato
José Junior, Newton Kara
Título em português
Influência de fatores biomecânicos e tomográficos da córnea no resultado cirúrgico do implante de anel intraestromal isolado e associado ao crosslinking em pacientes com ceratocone
Palavras-chave em português
Biomecânica
Ceratocone
Cirurgia da córnea a laser
Córnea
Doenças da córnea
Tomografia
Resumo em português
Objetivo: Determinar e comparar a resposta tomográfica e visual do implante de anel intraestromal (ICRS) isolado versus associado a crosslinking de córnea (ICRS+CXL) e sua relação com fatores biomecânicos pré-operatórios. Métodos: Estudo prospectivo comparativo transversal não randomizado que analisou 44 pacientes com ceratocone insatisfeitos com sua acuidade visual corrigida. Grupo 1 foi submetido a apenas ICRS (n=27) e Grupo 2 a ICRS+CXL em mesmo tempo cirúrgico (n=22) quando identificado sinais de progressão da doença. Dados tomográficos pré e pós-operatórios foram obtidos com tomógrafo de córnea dual Scheimpflug. Modelo finito de elementos (FEM) foi utilizado para a obtenção de variáveis biomecânicas pré-operatórias corneanas de strain (strain principal máximo, MPS): a média do MPS (mMPS) e o valor do pico (hMPS) e sua respectiva posição relativa ao vértex da córnea (hMPSx, hMPSy). A acuidade visual e os resultados tomográficos finais e sua variação (?, diferença entre o pós e o pré-operatório) dos grupos 1 e 2 foram analisados, comparados e correlacionados com fatores biomecânicos pré-operatórios de strain. Resultados: Não houve diferenças préoperatórias estatisticamente significativas entre os grupos. As ceratometrias mais curva (K2) e máxima (Kmax), o índice de assimetria inferior-superior (IS) e o coma sofreram redução em ambos os grupos. A acuidade visual corrigida foi estatisticamente melhor após ICRS, mesmo permanecendo com maior valor de IS pós-operatório (p=.03 e p=.04, respectivamente). Houve aumento do volume corneano (CV) no grupo 1 e redução do CV (p=.002) e do ponto mais fino corneano (p=.0004) no grupo 2. Houve correlação significativa positiva após ICRS entre mHPS e a alteração (?) da asfericidade; e negativa entre mHPS e a ? do CLMI após ICRS+CXL. hMPS correlacionou-se com a ? de K2, Kmax, IS e coma após ICRS+CXL. hMPSy apresentou correlação com a ? de K2, Kmédio e aberração esférica após ICRS e com a ? de coma e IS após ICRS+CXL. Conclusão: O implante de anel intraestromal apresentou melhor acuidade visual corrigida final quando não associado a crosslinking. A análise do pico de strain principal máximo poderia personalizar o tratamento, uma vez que apresentou correlação com a redução do K2, Kmax, IS e coma após ICRS+CXL. A posição y do hMPS correlacionou-se com a redução do K2, Kmédio e aberração esférica após ICRS e melhora da assimetria após ICRS+CXL por redução de coma e IS
Título em inglês
Comparison of intracorneal rings alone or combined with crosslinking and its correlation to preoperative biomechanics
Palavras-chave em inglês
Biomechanics
Cornea
Corneal diseases
Corneal surgery
Keratoconus
laser
Tomography
Resumo em inglês
Purpose: To compare the results of intrastromal corneal rings (ICRS) alone or combined with same-day crosslinking (CXL) and investigate the relationship of preoperative corneal biomechanics data on the outcomes. Methods: Prospective nonrandomized transversal comparative study. Forty-nine eyes of 44 keratoconus patients dissatisfied with corrected distance visual acuity underwent ICRS only (n=27) or same day ICRS+CXL (n=22) if progression signs were present. Tomographic data was obtained with a dual Scheimpflug analyzer, and eye-specific finite-element models (FEM) were used to derive 3 variables related to preoperative biomechanical strain (maximum principal strain, MPS): mean MPS (mMPS), highest local MPS value (hMPS) and position (hMPSx, hMPSy). The relationship between preoperative strain data and the change (?, difference between post and preoperative data) in tomographic parameters was also investigated. Results: There were no preoperative significant differences between groups. S Steepest (K2) and maximum keratometry (Kmax), I-S index, coma and CLMI significantly improved in both groups. CDVA was significantly better after ICRS alone, (p=.03), whereas corneal asymmetry measured through the IS index was better after CXL + ICRS (p=.04). In group 1, hMPSy significantly correlated with K2, Tcyl, Kmean and spherical aberration ? whereas mMPS significantly correlated with eccentricity ?. In group 2, hMPS significantly correlated with K2, Kmax, IS and coma ? and hMPSy significantly correlated with IS and coma ?. mMPS significantly correlated with CLMI ?. Conclusion: ICRS alone seems to be the most suitable option to improve visual acuity whereas combined ICRS+CXL provided better cornea regularizing results. Pre-op peak strain (hMPS) was predictive of the extent of regularization and flattening after ICRS+CXL as it was correlated with K2, Kmax, IS and coma decrease. Knowledge of the strain distribution in keratoconic corneas and its relation to corneal surgical outcomes could lead to more personalized decision-making for ICRS alone or in combination with CXL
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-07-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.