• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.5.2021.tde-10032022-094641
Documento
Autor
Nome completo
Aline Cristina Fioravanti Lui Alionis
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2021
Orientador
Banca examinadora
Alves, Milton Ruiz (Presidente)
Giovedi Filho, Renato
Manzano, Roberta Pereira de Almeida
Santo, Ruth Miyuki
Título em português
Lentes oftálmicas com filtro seletivo de luz azul-violeta, sem e com poder adicional de 0,4 D na zona de perto, para astenopia digital
Palavras-chave em português
Astenopia
Doenças oculares
Fadiga visual
Luz azul - violeta
Medicina do Trabalho
Saúde ocupacional
Síndrome da visão do computador
Resumo em português
Objetivo: Avaliar os efeitos (benefícios) do uso de lentes oftálmicas com filtro seletivo de luz azul-violeta, sem e com poder adicional de 0,4D na zona de perto para astenopia digital. Métodos: Realizou-se um ensaio clínico controlado, randomizado e mascarado, com 49 voluntários (idade, 29 ± 5,5 anos; masculino: feminino, 18: 31). A astenopia digital foi avaliada por meio de questionário. A amplitude de acomodação foi medida pelo método do ponto próximo de acomodação. O ponto próximo de convergência foi mensurado com a aproximação de um optotipo 0,50m até o examinado ver em diplopia. Estas avaliações foram realizadas com o uso de lentes oftálmicas sem filtro seletivo de luz azul (baseline) e após por 4 semanas com o uso de lentes com filtro seletivo de luz azul-violeta, sem e com poder adicional de 0,4D na zona de perto. O conforto visual no uso das lentes testadas foi avaliado nas atividades ler um livro, usar o smartphone, assistir a TV, usar o computador e usar o tablet. Resultados: Com base no questionário, o escore total de astenopia baseline (17,61± 5,51) foi reduzido para 13,78 ± 7,51, no uso de lentes unifocais com filtro seletivo de luz azul-violeta (p=0,003) e para 12,53 ± 10,28 no uso das lentes com filtro seletivo de luz azul-violeta e poder adicional de 0,4D na zona de perto (p=0,000). Entre as lentes testadas, não houve diferença no escore total de astenopia média (p=0,002) e na avaliação de conforto visual. A amplitude de acomodação média e o ponto de próximo de convergência médio não foram alterados. Conclusões: A astenopia digital baseline foi significativamente reduzida no uso de lentes oftálmicas com filtro seletivo de luz azul-violeta, sem e com poder adicional de 0,4 D na zona de perto. Os escores de astenopia digital e de conforto visual no uso das lentes testadas foram similares
Título em inglês
Ophthalmic lenses with selective blue-violet light filter, without and with additional 0.4 D power in the near zone for digital asthenopia
Palavras-chave em inglês
Asthenopia
Blue - violet light
Computer visual syndrome
Occupational health
Occupational medicine
Visual disorders
Visual fatigue
Resumo em inglês
Purpose: Evaluate the effects (benefits) of ophthalmic lenses with a selective blue-violet light filter, without and with additional power of 0.4 D in the near zone for digital asthenopia. Methods: A controlled, randomized and blinded clinical trial was conducted with 49 volunteers (age, 29 ± 5.5 years; male: female, 18:31). Digital asthenopia was evaluated by a questionnaire. Accommodation amplitude was measured by the near point of accommodation method. Near point of convergence was measured by approaching an optotype 0.50 m until the examined one sees in diplopia. Evaluations were carried out with the use of ophthalmic lenses without a selective blue-violet light filter (baseline), and after 4 weeks with the use of lenses with a selective blue-violet light filter, without and with an additional 0.4D power in the near zone. During the use of the tested lenses, visual comfort was evaluated in activities such as read a book, use the smartphone, watch TV, use the computer and use the tablet. Results: Based on the questionnaire, total baseline mean asthenopia score (17.61± 5.51) was reduced to 13.78 ± 7.51, in the use of lenses with selective filter of blue-violet light (p=0.003) and for 12.53 ± 10.28 in the use of lenses with selective filter of blue-violet light with additional 0.4D power in the near zone (p = 0.000). Between the lenses tested, there was no difference in the total mean asthenopia score (p=0.002) and in the evaluation of visual comfort. Mean accommodation amplitude and mean near point of convergence were not changed. Conclusions: Baseline digital asthenopia was significantly reduced in the use of ophthalmic lenses with selective blue-violet light filter, without and with additional power of 0.4 D in the near zone. The scores of digital asthenopia and visual comfort in the use of the lenses tested were similar
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-03-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.