• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2005.tde-09102014-144859
Documento
Autor
Nome completo
Marco Antonio de Campos Machado
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2005
Orientador
Banca examinadora
Rizzo, Luiz Vicente (Presidente)
Giavina-Bianchi Junior, Pedro Francisco
Freitas, Denise de
Jose, Newton Kara
Sampaio, Marcos Wilson
Título em português
Modelo experimental de conjuntivite alérgica crônica em camundongos
Palavras-chave em português
Camundongos
Citocinas/análise
Conjuntivite alérgica/fisiopatologia
Dermatophagoides Pteronyssinus/imunologia
Modelos animais de doenças
Resumo em português
INTRODUÇÃO: A conjuntivite alérgica é a forma mais comum de doença alérgica que afeta o olho. Neste trabalho, desenvolvemos um modelo murino reprodutível e simular a doença humana, para possibilitar o estudo dos mecanismos fisiopatológicos da conjuntivite alérgica crônica. MÉTODOS: Imunizamos os camundongos BALB/c e C57Bl/6 com extrato do ácaro Dermatophagoides pteronyssinus (Dpt). Foi realizada a dissecção dos linfonodos ilíacos e para-aórticos, e a enucleação dos olhos. O plasma obtido pela punção cardíaca foi utilizado para a dosagem de IgE e IgG totais e específicas para Dpt. Os olhos enucleados foram enviados para estudo anátomo-patológico da conjuntiva e córnea. RESULTADOS: 1) Houve uma diferença estatisticamente significante entre as duas linhagens (BALB/c e C57Bl/6) para os grupos imunizados com 5 ?g e 500 ?g na gradação clínica e histopatológica, dosagens de IgE Total e Específica, proliferação de linfócitos específica para Dpt e IgG Específica, e na dosagem das IL-5, IL-8 e IL-13; 2) Os níveis de IgG Total não se mostraram significantes para as duas linhagens nos grupos imunizados com 5 ?g e 500 ?g; 3) Os níveis de IL-4 e IL-10 tiveram uma diferença significante nos animais da linhagem BALB/c imunizados com 5 ?g e 500 ?g, mas não nos camundongos da linhagem C57BI/6; 4) Os níveis de IFN-? foram maiores nos camundongos C57BI/6 que receberam as menores quantidades de antígeno. Porém nos camundongos BALB/c o fenômeno foi o inverso; 5) O exame histológico revelou afilamento corneano, infiltrado linfocítico corneano e conjuntival, degeneração da conjuntiva e úlceras de córnea nos animais que obtiveram as maiores gradações clínicas da doença (camundongos BALB/c imunizados com 500 ?g de Dpt e camundongos C57Bl/6 imunizados com 5 ?g. CONCLUSÃO: Desenvolveu-se um modelo simples e reprodutível de conjuntivite alérgica crônica do Dermatophagoides pteronyssinus depois de repetidas exposições ao antígeno, o qual apresenta manifestações clínicas similares à doença humana, e serve como modelo de estudo dos mecanismos imunológicos envolvidos no desenvolvimento da doença
Título em inglês
Experimental model of chronic allergic conjunctivitis in murines
Palavras-chave em inglês
Allergic conjunctivitis/physiopathology
Cytokines/analysis
Dermatophagoides Pteronyssinus/immunology
Disease models animal
Mice
Resumo em inglês
INTRODUCTION: Allergic conjunctivitis is the most common form of allergic disease that affects the eye. In this study we developed a reproducible mouse model and simulated human disease to enable the study of physiopathologic mechanisms of chronic allergic conjunctivitis. METHODS: We immunized BALB/c and C57B1/6 mice with Dermatophagoides Pteronyssinus (Dpt) dust mite extract. The iliac and paraaortic lymph nodes were dissected and the eyes were enucleated. The plasma obtained by cardiac puncture was used to measure Total and Specific IgE and IgG and Dpt-specific. Lymph node cells were used to measure Dpt specific proliferation cytokine detection in the culture supernatant. Eyes were enucleated for histopathological analysis of the conjunctiva and cornea. RESULTS: 1) There was a statistically significant difference between the 2 strains (BALB/c and C57B1/6) for the 2 groups immunized with 5?g and 500?g in the clinical and histopathological score, Total and Specific IgE dosages, proliferation Dpt-specific lymphocytes, dust mite Specific IgG, and in the levels of IL-5, IL-8 and IL-13; 2) The level of Total IgG was not significantly different between the 2 lineages in the groups immunized with 5?g and 500?g; 3) The levels of IL-4 and IL-10 showed a significant difference in BALB/c mice sensitized with 5?g and 500?g, but not in C57B1/6 mice; 4) The IFN-? levels were higher in C57B1/6 mice that received the smallest quantity of antigen. But among BALB/c mice the phenomenon was inversed; 5) The histological examination revealed that there was a tapering of the cornea, lymphocytic infiltration of the cornea and conjunctiva, conjunctival degeneration and corneal ulcers in the animals that developed the highest clinical scores of disease (BALB/c immunized with 500 ug of Dpt and C57Bl/6 immunized with 5 ?g of Dpt). Conclusion: A simple and reproducible model of chronic allergic conjunctivitis to Dermatophagoide pteronyssinus was developed after repeated exposure to the allergen, which exhibit similar clinical manifestations as human disease, therefore serving as a template to study the immunological mechanisms involved in the development of disease
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-10-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.