• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2010.tde-26112010-143030
Documento
Autor
Nome completo
Maria Beatriz Sobral de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Guarita, Dulce Reis (Presidente)
Faintuch, Joel
Pacheco Júnior, Adhemar Monteiro
Título em português
Avaliação nutricional de pacientes etilistas crônicos com ou sem doença pancreática
Palavras-chave em português
Bioimpedância
Comportamento alimentar
Doença crônica
Pancreatite alcoólica
Proteína C-reativa
Vitamina B 12
Vitamina D
Resumo em português
A pancreatite crônica alcoólica (PCA) tem o álcool como seu principal fator etiológico, a relação entre ingestão de álcool e estado nutricional é complexa e as características nutricionais dos portadores de PCA são pouco conhecidas. Neste trabalho, foram avaliados três grupos de pacientes do sexo masculino, o primeiro (A) com 20 pacientes com PCA, o segundo (B) com 12 etlistas crônicos não pancreatopatas e não hepatopatas e o terceiro (C) com 16 indivíduos não etlistas, não pancreatopatas e não hepatopatas. Para analisar os três grupos utilizaram-se a avaliação antropométrica, a quantificação da ingestão alcoólica, quando existente, o inquérito dietético obtido por Recordatório de 24 horas, a composição corpórea, obtida por bioimpedância elétrica, exames séricos relacionados à avaliação hepática e pancreática, dosagem de vitaminas e de sais minerais, além de marcadores inflamatórios, como proteína C reativa, seroamiloide A e leptina, além de exames de imagem, como ultrassonografia abdominal e/ou tomografia computadorizada de abdômen. A PCA (Grupo A) não se associou à queda da ingestão dietética, porém houve redução da massa magra, evidenciando desnutrição protéica; os etilistas sem pancreatite (Grupo B) apresentaram menor massa magra em relação aos pacientes do grupo C e foi possível demonstrar que a composição corpórea e o perfil inflamatório são distintos e relevantes, não apenas na PCA (Grupo A), mas também nos etilistas sem lesão pancreática (Grupo B), que também devem ser melhor estudados e acompanhados ao longo do seu curso clínico. Em síntese, encontraram-se evidências de subnutrição e aberrações metabólicas tanto nos casos de alcoolismo com lesão pancreática quanto nos etilistas aparentemente sem lesão pancreática ou hepática. Achado até o momento não relatado pela literatura
Título em inglês
Nutritional assessment of chronic alcoholic patients with and without pancreatic disease
Palavras-chave em inglês
Alcoholic pancreatitis
Bioimpedance
C-reactive protein
Chronic disease
Feeding behaviour
Vitamin B12
Vitamin D
Resumo em inglês
Alcoholic pancreatitis has alcohol as the primary etiologic factor. The relationship between alcohol intake and nutritional status is complex and the nutritional characteristics of patients with this disease are unknown. In this study, we evaluated three groups of male patients, one (A) with 20 patients with alcoholic pancreatitis, another (B) with 12 alcoholics without pancreatic or liver disease and the last (C) with 16 non - alcoholics , free from any systemic disease or organ insufficiency. To analyze the three groups, we used anthropometric assessment, quantification of alcohol intake, dietary recall, body composition estimated by bioimpedance analysis, biochemical tests related to liver and pancreatic function, dosage of vitamins and minerals, inflammatory markers namely C-reactive protein, leptin and serum amyloid A, in addition to imaging studies such as abdominal ultrasonography and computed tomography of the abdomen whenever required. Group A was not associated with decrease in food intake, but there was a reduction in lean body mass, indicating undernutrition. Alcoholics without pancreatitis (group B) also showed lower lean mass compared to patients in group C, demonstring that changes in body composition and inflammatory status are distinct and relevant also in alcoholics without pancreatic injury (Group B). They should be better studied and monitored throughout their clinical course. In synthesis evidence of undernutrition and metabolic aberrations were demonstrated in both alcoholism with pancreatic damage and in nominally healthy alcoholics, a finding not hitherto reported in the literature
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-11-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.