• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2006.tde-17102014-123017
Documento
Autor
Nome completo
Maria Fernanda Malaman
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Castro, Fabio Fernandes Morato (Presidente)
Kokron, Cristina Maria
Forte, Wilma Carvalho Neves
Galvão, Clóvis Eduardo Santos
Nunes, Inês Cristina Camelo
Título em português
Avaliação diagnóstica do exantema máculo-papular e urticária tardia induzidos por antibióticos beta-lactâmicos
Palavras-chave em português
Exantema/diagnóstico
Hipersensibilidade a drogas/diagnóstico
Técnicas e procedimentos de laboratório
Testes cutãneos
Urticária/imunologia
Resumo em português
Os antibióticos beta-lactâmicos, principalmente as aminopenicilinas (ampicilina e amoxicilina) são causa freqüente de exantema maculo papular e urticária tardia em pacientes tratados com estes medicamentos. Entretanto, a falta de métodos para diagnóstico destas reações constitui uma lacuna na abordagem destes indivíduos. Objetivos: Os objetivos deste estudo foram determinara a freqüência e significância de testes cutâneos positivos em pacientes com história de exantema maculo-papular e urticária tardias induzidos por antibióticos beta-lactâmicos e determinar a sensibilidade e especificade dos testes diagnósticos in vitro para o diagnóstico de alergia a drogas: proliferação linfocitária e dosagem de citocinas no sobrenadante da cultura linfocitária.. Métodos: Os pacientes foram submetidos à dosagem de IgE específica para os seguintes determinantes: benzilpeniciloil, amoxiciloil e ampiciloil. Testes cutâneos de puntura e intradérmico com benzilpeniciloil polilisina, mistura de determinantes menores da penicilina, benzilpenicilina (10.000 UI/ml), amoxicilina (2 mg/ml) e ampicilina (2mg/ml) foram realizados em todos os pacientes com leituras após 20 minutos, 48 horas e 72 horas. Foi realizado teste de contato com os mesmos medicamentos (amoxicilina 5%, ampicilina 5% e penicilina G 5000UI/g de vaselina sólida). Todos os testes foram feitos em duplicata com controles positivo e negativo. Amostras de sangue foram coletadas para a proliferação linfocitária (incorporação de timidina triciada) e dosagem de citocinas no sobrenadante da cultura (IL-5, IFN-gama e TNF- 17 alfa) através de ELISA. Resultados: Foram estudados 20 pacientes e 15 controles. Nenhum dos pacientes ou controles apresentou teste cutâneo de leitura imediata positivo. Três pacientes reagiram positivamente aos testes cutâneos de leitura tardia nas leituras de 48 e 72 horas. Não houve nenhum resultado positivo dos testes cutâneos no grupo controle. A proliferação linfocitária mostrou-se positiva em somente 2 controles (13%) e 10 pacientes (50%). A sensibilidade dos experimentos de proliferações linfocitária variou entre 25% com penicilina na concentração de 250 ?g/ml até 55% com ampicilina 1000 ?g/ml. Sua especificidade foi de 80% a 100%. Conclusão: os testes cutâneos de leitura tardia não constituíram métodos diagnósticos eficazes para as reações tardias aos antibióticos beta-lactâmicos. A proliferação linfocitária apresentou baixa sensibilidade, porém, alta especificidade para o diagnóstico das mesmas reações. A detecção de IFN-gama e IL-5 evidenciaram alta especificidade e baixa sensibilidade, enquanto a dosagem de TNF-alfa mostrou-se altamente sensível (95%), porém, pouco específica (40%)
Título em inglês
-
Palavras-chave em inglês
Drug hypersensitivity/diagnostic
Exanthema/diagnostic
Laboratory techniques and procedures
Skin tests
Urticaria/immunology
Resumo em inglês
The beta-lactam antibiotic, mainly aminopenicillins: ampicillin (AMP) and amoxicillin (AMX), are frequently cited as causes of morbiliforme eruptions and late onset urticaria. A major problem with existing data on beta-lactam reactions of the delayed type includes a lack of standardized testing methods. Objectives: The goal of this study is to establish the frequency and significance of positive skin testing in patients with history of beta-lactam induced maculo-papular exanthema and late onset urticaria and the sensibility/specificity of in vitro tests for drug allergy investigation: lymphocyte proliferation assay and cytokine detection. Methods: Patients were submitted to complete penicillin (PEN) allergy test: specific detection for serum IgE antibody to benzyl penicilloyl polylysine, amoxicilloyl polylysine and ampicilloyl polylysine; puncture and intradermal skin test with benzyl penicilloyl polylysine and minor determinants mixture, benzylpenicillin (10.000 UI/ml), amoxicillin (2mg/ml), ampicillin (2mg/ml) were performed and read at 20 minutes, 48hours and 72 hours. All patients had epicutaneous patch testing done with the same drugs (5% amoxicillin, 5% ampicillin and 5000 IU/g penicillin G all in petrolatum). All tests were performed in duplicate with positive and negative controls. All subjects had blood collected for lymphocyte proliferation assay (H3-thymidine incorporation assay) and IL-5, TNF-alpha and IFN-gamma profile were analyzed in culture supernatant by ELISA. Results: None of the patients or controls had positive immediated skin test. Only three patients reacted positively to the 48 and 72 hours 15 reading of intradermal skin test and patch test with the same reagents. There was no positive skin test result among the control group. The lymphocyte proliferation test (LTT) was positive in only two control subjects, while in the study group, 10 patients had positive proliferation tests (50%). The LTT sensitivity varied from 25% to 55% depending on the drug and concentration tested. The specificity ranged from 80% to 100%. IFN-gamma and IL-5 detection had a high specificity, but low sensitivity, while TNF-alpha showed high sensitivity (95%) and low specificity (40%)
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-10-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.