• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2012.tde-13032013-170151
Documento
Autor
Nome completo
Mariana Dias Batista
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Kalil Filho, Jorge Elias (Presidente)
Cunha Neto, Edecio
Nixon, Douglas Fraser
Sato, Maria Notomi
Tomimori, Jane
Título em português
Avaliação de aspectos inatos e adaptativos do sistema imune na psoríase: análise fenotípica e funcional de células natural killer e células T
Palavras-chave em português
Antígenos CD57
Células natural-killer
Citocinas
Imunidade adaptativa
Imunidade inata
NKG2A
Psoríase
Resumo em português
INTRODUÇÃO: A psoríase é doença inflamatória hiperproliferativa da pele, na qual mecanismos imunológicos são cruciais para o processo patogênico. O marcador CD57 denota inabilidade de replicação e imuno-senescência de células T CD8+, e sua expressão foi demonstrada em diversas condições inflamatórias. CD57 também pode ser expresso por células natural killer (NK), nas quais é considerado marcador de maturidade, por ser em geral adquirido pelas formas mais diferenciadas CD56+CD16+. A expressão de CD57 e outros receptores de células NK não foi amplamente investigada na psoríase. OBJETIVOS: Este estudo buscou examinar o fenótipo de células NK em biópsias de pele e células mononucleares do sangue periférico (CMSP) de pacientes com psoríase em relação a controles sadios. Este estudo investigou também o fenótipo e características funcionais de células T isoladas da pele lesional e não afetada de pacientes com psoríase. MÉTODOS: Foram isoladas células NK dos subtipos CD56+CD16- e CD56+CD16+ de pele lesional, não afetada e CMSP de pacientes com psoríase, comparadas com pele normal e CMSP de controles sadios. A expressão de CD57, NKG2A e NKG2C foi determinada nesses subtipos de células por citometria de fluxo. Células T CD4+ e CD8+ foram isoladas da pele lesional e não afetada de pacientes com psoríase, e a expressão de CD57 foi avaliada. Características funcionais de células T foram estudadas através da análise da secreção de diversas citocinas inflamatórias (IL-17A, IFN-", IL-2, IL-33, TNF- #, IL-21, IL-22 and IL-27) produzidas por células T CD4+ e CD8+ isoladas por sorting celular, a partir de amostras de pele lesional e não afetada de pacientes com psoríase. RESULTADOS: Células NK isoladas das lesões de psoríase apresentaram um fenótipo particular, caracterizado por baixa expressão de CD57 e alta expressão de NKG2A na pele lesional e não afetada em relação aos controles. Em relação às células T, encontrouse frequência de células T CD4+CD57+ e CD8+CD57+ significativamente maior na pele não afetada em relação à pele lesional de pacientes com psoríase. Células T CD4+ isoladas por sorting celular a partir de amostras de pele lesional produziram níveis maiores de IL-17A, IL-22 e IFN-" em relação às amostras de pele não afetada. Células T CD8+ isoladas da pele lesional secretaram maiores níveis de IL-17A, IFN-", TNF-# e IL- 2 em relação à pele não afetada. CONCLUSÕES: Esses dados sugerem que células NK presentes nas lesões de psoríase apresentam fenótipo imaturo, que foi previamente associado a maiores capacidades funcionais, e poderiam ser implicadas na patogênese da psoríase. Em relação às células T, as características fenotípicas sugerem menor sobrevivência de células com baixa capacidade replicativa na pele lesional, pelo ambiente inflamatório local ou pelo alto turnover celular da psoríase
Título em inglês
Innate and adaptive features of the immune system in psoriasis: phenotypic and functional analyses of natural killer cells and T cells
Palavras-chave em inglês
Adaptive immunity
CD57
Cytokines
Innate immunity
Natural killer cells
NKG2A
Psoriasis
Resumo em inglês
INTRODUCTION: Psoriasis is a hyper-proliferative inflammatory disease of the skin in which immunological mechanisms play a direct role in disease pathogenesis. CD57 is a marker of replicative inability and immunosenescence on CD8+ T cells and its expression is increased in a number of inflammatory conditions. CD57 is also expressed by NK cells and is considered a marker of NK cell maturity, being acquired by more differentiated CD56+CD16+ NK cells. The expression of CD57 and other NK cell markers in psoriasis has not been thoroughly investigated. OBJECTIVES: This study sought to examine the phenotype of NK cells in skin biopsies and peripheral blood mononuclear cells (PBMC) from patients with psoriasis and healthy controls. We also investigated the phenotype and functional characteristics of T cells from psoriasis patients, comparing lesional and unaffected skin. METHODS: CD56+CD16- and CD56+CD16+ NK cells were isolated from lesional skin, unaffected skin and PBMC of psoriasis patients, and normal skin and PBMC from healthy controls. The expression of CD57, NKG2A, and NKG2C was assessed by flow cytometry. CD57 expression was also determined on T cells from lesional and unaffected skin by flow cytometry. We assessed functional characteristics of T cells by evaluating the secretion of several inflammatory cytokines (IL-17A, IFN-", IL- 2, IL-33, TNF-#, IL-21, IL-22 and IL-27), from cell-sorted purified CD4+ and CD8+ T cells isolated from lesional and unaffected skin of psoriasis patients, by multiplex assays. RESULTS: NK cells in psoriasis skin lesions exhibited a distinct phenotype, with CD57 expression significantly reduced and NKG2A expression increased on NK cells in lesional and unaffected skin compared to controls. In relation to T cells, we observed that the frequency of CD57+CD4+ and CD57+CD8+ T cells was significantly increased in unaffected skin of psoriasis patients compared to lesional skin. Sorted CD4+ T cells from psoriasis lesional skin produced higher levels of IL-17A, IL-22 and IFN-" compared to unaffected skin. CD8+ T cells isolated from lesional skin produced higher levels of IL- 17A, IFN-", TNF-# and IL-2 compared to unaffected skin. CONCLUSIONS: These data suggest that NK cells in psoriasis lesions exhibit an immature phenotype, that has been previously associated with higher functional abilities, and could implicate NK cells in psoriasis pathogenesis. For T cells, the findings of this study suggest lower survival of cells with low replicative ability in lesional skin, due to the local inflammatory environment or to the high cellular turnover in psoriasis
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-03-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.