• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2013.tde-24062013-113446
Documento
Autor
Nome completo
Rogeria Oliveira Taragano
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Cordas, Taki Athanassios (Presidente)
Bilyk, Bacy Fleitlich
Sabino Neto, Miguel
Título em português
Prejuízos da qualidade de vida em pacientes com transtornos alimentares
Palavras-chave em português
Anorexia nervosa
Bulimia nervosa
Mulheres/psicologia
Psicologia
Qualidade de vida
Questionários
Transtorno de pânico
Transtornos da alimentação
Resumo em português
Avaliar a Qualidade de Vida (QV) de pacientes com Transtornos Alimentares (TA), verificar diferenças entre os subtipos de TA e identificar dimensões de QV mais prejudicadas. Métodos: O instrumento de QV da Organização Mundial de Saúde (WHOQOL-100) foi respondido por 69 mulheres com TA (Anorexia Nervosa AN=34; Bulimia Nervosa BN=26 e Transtorno Alimentar Não Especificado TANE=9) e por 69 mulheres saudáveis. Utilizou-se a Entrevista Clínica Estruturada para Transtornos do Eixo I do DSM-IV (SCID) para a realização dos diagnósticos psiquiátricos. Resultados: Pacientes com TA apresentaram piores escores na QV geral e em todos os domínios (físico, psicológico, relações sociais, meio ambiente, nível de independência e espiritualidade), tendo sido o psicológico aquele com maior prejuízo. Não foram encontradas diferenças entre os subtipos de TA quanto aos prejuízos de QV. As comorbidades psiquiátricas encontradas com maiores prevalências foram os Transtornos do Humor, os Relacionados ao Uso de Álcool e Outras Substâncias e os de Ansiedade. Pacientes com AN e comorbidade com o Transtorno de Pânico apresentaram QV mais prejudicada que pacientes com AN sem Pânico. A maioria dos pacientes apresentava múltiplas comorbidades e histórico de diversas tentativas de suicídio. Conclusões: Pacientes com TA apresentam significativo prejuízo de QV em todos os domínios, em especial no psicológico, provavelmente em função das peculiaridades da psicopatologia alimentar, sem diferenças entre os subtipos de TA. Pacientes com AN e comorbidade com Pânico devem ser avaliados com mais critério
Título em inglês
Impairment of quality of life in patients with eating disorders
Palavras-chave em inglês
Anorexia nervosa
Bulimia nervosa
Eating disorders
Panic disorder
Psychology
Quality of life
Questionnaires
Women/psychology
Resumo em inglês
Purpose: To assess quality of life in patients with eating disorders, verify differences among eating disorder subtypes, and identify the domains of quality of life most affected by eating disorders. Methods: The World Health Organization quality-of-life assessment instrument (WHOQOL-100) was completed by 69 women with eating disorders (34 with anorexia nervosa, 26 with bulimia nervosa, and 9 with eating disorder not otherwise specified) and 69 healthy women. The Structured Clinical Interview for DSM-IV Axis I Disorders (SCID-I) was used for the diagnosis of psychiatric disorders. Results: Patients with eating disorders reported lower (worse) total quality- of-life scores and lower scores on all quality-of-life domains (physical, psychological, social relationships, environment, level of independence, and spirituality) compared with healthy patients, with the psychological domain being the most impaired. No significant differences in impairment of quality of life were found among eating disorders subtypes. The most prevalent psychiatric comorbidities were mood disorders, alcohol or substance abuse- related disorders, and anxiety disorders. Patients with anorexia nervosa and comorbid panic disorder had greater impairment in quality of life than patients with anorexia nervosa but no panic disorder. Most patients had multiple comorbidities and history of suicide attempts. Conclusions: Patients with eating disorders experience significantly greater impairment in quality of life on all domains, especially on the psychological domain, compared with healthy patients, probably because of peculiarities in eating disorders psychopathology. No difference in quality of life impairment was observed among eating disorders subtypes. Patients with anorexia nervosa and comorbid panic disorder should be carefully evaluated
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-06-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.