• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
https://doi.org/10.11606/D.5.2021.tde-23072021-110631
Documento
Autor
Nombre completo
Maiara Garcia Henrique
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2021
Director
Tribunal
Scazufca, Marcia (Presidente)
Manitto, Alicia Matijasevich
Santana, Carmen Lúcia Albuquerque de
Vallada Filho, Homero Pinto
Título en portugués
Aceitação e viabilidade de uma intervenção psicossocial colaborativa para idosos com depressão realizada por não especialistas da atenção primária.
Palabras clave en portugués
atenção primária à saúde
cuidado colaborativo, alternância de tarefas
depressão
idoso
metodologia qualitativa
tecnologia
tratamento em etapas
Resumen en portugués
Com o envelhecimento populacional crescente, a escassez de cuidados em saúde mental com o público idoso se tornou um grande problema. A depressão afeta muitos idosos no Brasil, que frequentemente não são identificados ou tratados no sistema de saúde. Para atender esta demanda, muitos países utilizam o cuidado colaborativo, a alternância de tarefas e o tratamento em etapas na atenção primária, de forma a melhorar a atenção à saúde, reduzir custos e suprir a falta de profissionais especializados. Essas estratégias já mostraram ser custo-efetivas, mas pouco se sabe sobre sua aplicação com idosos na atenção primária no Brasil. Portanto, foi realizado um estudo piloto, do qual o presente estudo é parte, para avaliar a exequibilidade de um programa de intervenção psicossocial complexo para idosos com depressão cadastrados na Estratégia Saúde da Família no município de São Paulo. Os objetivos deste estudo são: (1) Verificar a fidelidade dos agentes de saúde na aplicação do protocolo da intervenção psicossocial; (2) Investigar a compreensão do conteúdo e a aceitação dos princípios norteadores da intervenção psicossocial pelos participantes idosos; e (3) Avaliar a aceitação dos princípios norteadores da intervenção psicossocial (alternância de tarefas, cuidado colaborativo, tratamento em etapas e suporte de tecnologia) pelos agentes de saúde. Foram utilizados métodos qualitativos de pesquisa para avaliar a aceitação e a viabilidade dos princípios da intervenção psicossocial com 11 agentes de saúde e 31 idosos que realizaram e receberam a intervenção, respectivamente. Os dados foram coletados através de observação não-participante, entrevista estruturada e grupo focal. Os resultados mostram que a intervenção foi bem aceita pelos agentes de saúde e idosos, e é viável na atenção primária. Os agentes de saúde se sentiram capacitados para realizar a intervenção e os idosos aceitaram e gostaram de ser atendidos por profissionais não especializados. O uso de tecnologia permitiu melhor comunicação entre a equipe, garantiu fidelidade ao protocolo e tornou a intervenção padronizada e atraente para os participantes. Os resultados do estudo também sugeriram algumas modificações na intervenção para facilitar sua implementação na atenção primária
Título en inglés
Acceptability and feasibility of a psychosocial and collaborative intervention for older adults with depression delivered by non-specialists from a primary care clinic
Palabras clave en inglés
aged
collaborative care
Depression
primary health care
qualitative methods.
task-shifting, stepped-care
technology
Resumen en inglés
Population aging and the scarcity of mental health care for the elderly has become a major issue nowadays. Depression affects many older adults in Brazil and many cases are not identified nor treated. To meet this issue, many countries use collaborative care, taskshifting and stepped-care in primary care, in order to improve health care, reduce costs and cover the lack of specialized professionals. These strategies have proven to be costeffective, but little is known about their implementation in primary care in Brazil. A pilot study was carried out, in which the present study is part of, to assess the feasibility of a complex psychosocial intervention program for the elderly with depression registered in the Family Health Strategy in the city of São Paulo. The aims of this study are: (1) Assess the fidelity of health workers when applying the protocol of the intervention, (2) Assess older adults' views of the psychosocial intervention, and (3) Assess the perceptions of health workers about the guiding principles of the psychosocial intervention (collaborative care, stepped-care, task-shifting and technology support). Qualitative research methods were used to assess the acceptance and feasibility of the guiding principles of the psychosocial with 11 health workers and 31 older adults who performed and received the intervention, respectively. Data were collected through non-participant observation, structured interview, and focus group. The results show that the intervention was well accepted by health workers and older adult, and it is feasible in primary care. Health workers felt empowered to carry out the intervention and the older adults accepted and liked to receive the intervention by non-specialized professionals. The use of technology allowed better communication between the team, guaranteed fidelity to the protocol and made the intervention standardized and attractive to participants. The study results also suggested some changes in the intervention to facilitate its implementation in primary care.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2021-07-23
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.