• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
https://doi.org/10.11606/D.5.2021.tde-27082021-133857
Documento
Autor
Nombre completo
Danilo Sanchez Gouvêa Dourado
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2021
Director
Tribunal
Casella, Erasmo Barbante (Presidente)
Benczik, Edyleine Bellini Peroni
Brentani, Alexandra Valeria Maria
Sampaio, Leticia Pereira de Brito
Título en portugués
Efeito do treinamento de artes marciais no desempenho das funções executivas e nos sintomas do transtorno do déficit de atençãoo/hiperatividade em crianças de nove a 12 anos
Palabras clave en portugués
Artes marciais
Função executiva
Neurodesenvolvimento
Qualidade de vida
Transtorno do déficit de atenção com hiperatividade
Transtornos do neurodesenvolvimento
Resumen en portugués
O Transtorno de Déficit de Atenção / Hiperatividade (TDAH) é um transtorno do neurodesenvolvimento altamente prevalente entre crianças e adolescentes, e impacto significativo na saúde e bem-estar de seus portadores. Os sintomas de desatenção e / ou hiperatividade / impulsividade causam prejuízos no funcionamento pessoal, social e acadêmico. As funções executivas são apontadas como um dos principais fatores relacionados às dificuldades do cotidiano de crianças com TDAH e determinantes na redução dos sintomas quando estimuladas em intervenções. Estudos apresentados sugerem que as habilidades adquiridas no treinamento de artes marciais podem favorecer o desenvolvimento das funções executivas e, assim, diminuir os sintomas e melhorar a qualidade de vida de crianças com TDAH. Nesse contexto, o objetivo deste estudo foi investigar os efeitos do treinamento de artes marciais no desempenho das funções executivas e nos sintomas do TDAH. Doze crianças com idade entre nove e 12 anos, com diagnóstico de TDAH, participaram de um programa de artes marciais (32 sessões de 50 minutos cada, duas vezes por semana durante 16 semanas). Oito instrumentos, denominados Trail Making Test A / B, Victoria Stroop Test, Digit Span Test, Corsi Block Tapping Test, Wisconsin Card Sorting Test, SNAP-IV e o PedsQL, foram administrados em três momentos (antes, depois , e 12 meses após o término da intervenção) para avaliar o controle inibitório, memória operacional (verbal e visuoespacial), flexibilidade cognitiva, sintomas do TDAH e qualidade de vida. Foram aplicados dois métodos de análise estatística neste estudo. Utilizamos a análise das significâncias das diferenças entre os resultados pré e pós-intervenção por meio do teste "T de Student pareado", e, com o objetivo de acompanhar e avaliar o efeito a longo prazo da intervenção, utilizamos a "Análise de medidas repetidas em testes multivariados". As duas análises foram realizadas por meio do software SPSS versão 14.0 - IBM, com nível de significância estatística estabelecido em alfa =0.05. Melhorias estatisticamente significativas foram identificadas em todos os domínios das funções executivas (com excessão à memória operacional verbal), na qualidade de vida e na apresentação dos sintomas do transtorno. Na análise comparando os resultados pré e pós intervenção, melhoras significativas foram evidenciadas no controle inibitório (cartão 1 - tempo p = 0,024 / cartão 2-tempo p = 0,020 / cartão 3- tempo p = 0,049), flexibilidade cognitiva (número de erros p= 0,003 / categorias p= 0,012), memória operacional visuoespacial (ordem direta p=0.015), qualidade de vida (Pais p < 0,001 / Crianças p = 0,009) e nos sintomas do transtorno ( Professores - desatenção p = 0,012; hiperatividade / impulsividade p = 0,027; total p = 0,017/ Pais- desatenção p < 0,001; hiperatividade / impulsividade p = 0,002; total p < 0,001 ). Foram evidenciadas melhoras também a longo prazo, verificadas por meio dos testes aplicados 12 meses após o término da intervenção. Os resultados obtidos são promissores e sugerem o efeito positivo do treinamento de artes marciais na melhora do desempenho das funções executivas, qualidade de vida, e na redução dos sintomas do Transtorno de Déficit de Atenção / Hiperatividade em crianças de nove a 12 anos, devendo, portanto, ser considerado como forma adjuvante de tratamento. No entanto, futuros estudos são necessários para aumentar o entendimento acerca da temática
Título en inglés
Effects of a martial arts training on executive functions performance and on Attention-Deficit/Hyperactivity Disorder symptoms in children aged nine to 12 years
Palabras clave en inglés
Attention deficit disorder with hyperactivity
Executive function
Martial arts
Neurodevelopment
Neurodevelopmental disorders
Quality of life
Resumen en inglés
Attention-Deficit / Hyperactivity Disorder (ADHD) is a highly prevalent neurodevelopmental disorder among children, causing impairments in personal, social, and academic functioning. Studies presented that the skills acquired in martial arts can favor the executive functions development, which are identified as one of the main factors related to the difficulties of ADHD children and determinants in its symptoms reduction when stimulated in interventions. In this context, this study aimed to investigate the effects of martial arts on executive functions (EFs) and ADHD symptoms. Twelve children aged between nine and 12 years, diagnosed with ADHD, participated in a martial arts program (32 sessions of 50 minutes each, twice a week for 16 weeks). Eight instruments administered three times (before, after, and 12 months after intervention) to assess inhibitory control, working memory, cognitive flexibility, ADHD symptoms, and quality of life. The analysis of the significance of differences between preand post-intervention results were applied using the paired Student T-test, and, to monitor and evaluate the long-term effect, using the analysis of repeated measures in multivariate tests, both performed by SPSS software version 14.0 - IBM, with a statistical significance level established in alpha = 0.05. Statistically significant improvements were shown in all Efs domains (except verbal working memory), quality of life, and the symptoms reported by teachers and parents/guardians. In the analysis comparing the pre and post-intervention results, significant improvements were shown in inhibitory control (VST: card 1 - time p = 0.024 / card 2-time p = 0.020 / card 3- time p = 0.049), cognitive flexibility (WCST: errors p = 0.003 / categories p = 0.012), visuospatial working memory (CBTT: direct order p = 0.015), quality of life ( PedQL: Parents p < 0.0 01 / Children p = 0.009) and in ADHD symptoms (SNAP-IV: Teachers - inattention p = 0.012; hyperactivity / impulsivity p = 0.027; total p = 0.017. Parents-inattention p < 0.001; hyperactivity / impulsivity p = 0.002; total p < 0.001). Long-term improvements, verified through tests applied 12 months after the end of the intervention, were identified. The results obtained are promising and suggest the positive effect of Martial Arts training on executive function performance, quality of life, and symptoms reduction of ADHD in children aged nine to 12. However, future studies addressing the theme are urgently needed
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2021-08-30
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.