• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2017.tde-23082017-121316
Documento
Autor
Nome completo
Virna da Costa e Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Grisi, Sandra Josefina Ferraz Ellero (Presidente)
Brentani, Alexandra Valeria Maria
Escobar, Ana Maria de Ulhoa
Leal, Gabriela Nunes
Lopes, Luiz Anderson
Título em português
Análise dos fatores de risco para doença cardiovascular em crianças escolares de 5 a 9 anos procedentes de escolas públicas da região central da cidade de Fortaleza-Ceará-Brasil
Palavras-chave em português
Aterosclerose
Condições de saúde
Crescimento e desenvolvimento
Doenças cardiovasculares
Doenças crônicas
Epigênese genética
Espessura media-íntima da carótida
Obesidade
Síndrome X Metabólica
Ultrassonografia/métodos
Resumo em português
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: As doenças cardiovasculares (DCV) constituem uma importante causa de mortalidade em todo mundo, sendo a principal causa de morte e incapacidade no Brasil, determinando um impacto social, econômico e médico de grandes proporções. O desenvolvimento das DCV está correlacionado a vários fatores de risco desde os primeiros anos de vida, com expressão na vida adulta. As sementes da aterosclerose são semeadas muitas décadas antes da manifestação dos pontos finais clínicos. A espessura da média-intimal da carótida (EMIC) é relevante na avaliação da repercussão dos fatores de risco sobre a parede arterial. As condições precursoras dos distúrbios metabólicos e das alterações vasculares relativas à aterosclerose podem ser evitadas ou interrompidas se identificados e tratados a tempo. Com base nessa premissa, o presente trabalho tem como objetivo estudar a relação entre história e condições de vida, fatores de risco cardiovascular e espessura da média-intimal da carótida em crianças escolares de 5 a 9 anos, procedentes de escolas públicas da região central da cidade de Fortaleza - Ceará - Brasil. MÉTODOS: estudo transversal observacional com dados primários colhidos por formulário aplicado a uma amostra da população escolar de instituições públicas em crianças de 5 a 9 anos da região central da cidade de Fortaleza, sorteadas aleatoriamente. Informações relacionadas às características sociodemográficas, dados antropométricos, medidas da pressão arterial, perfil metabólico, e avaliação da espessura da média-intimal da carótida pela ultrassonografia foram realizados. Para análises estatísticas, análises univariadas foram desenvolvidas por meio da comparação de proporções pelo Teste do Qui-quadrado e pela seleção de variáveis independentes, para compor os modelos de regressão logística múltipla. RESULTADOS: Foram investigadas quinhentas crianças de 5-9 anos, sendo do sexo feminino 260 crianças (52%). A medida da EMIC teve média e desvio padrão para EMIC esquerda de 0,42mm (±0,09) e para EMIC direita de 0,39mm (±0,07). Não houve diferenças significativas para os sexos. Houve associação estatisticamente significante e de forma crescente com a idade, sendo 5,02 vezes maior uma criança de 9 anos ter a EMIC aumentada (IC95% = 1,95 - 12,88; p=0,001). A EMIC esteve associada significantemente com o nível de instrução materna baixo (OR = 0,46; IC95% = 0,23 - 0,90), com hipertensão diastólica (OR = 7,61; IC95% = 2,18 - 26,53), com sobrepeso/obesidade (OR = 4,81; IC95% = 2,50 - 9,24), com hipercolesterolemia (OR = 20,8; IC95% = 10,17 - 42,92), com níveis de PCR elevados (OR = 3,03; IC95% = 1,27 - 7,21) e insulina de jejum elevados (OR = 10,4; IC95% = 3,03 - 36,24). CONCLUSÕES: A aterosclerose subclínica já pode ser detectada em crianças pré-púberes de 5 a 9 anos que contenham fatores de risco para doença cardiovascular, indicando doença cardiovascular incipiente. A medida da EMIC pode fornecer um marcador confiável para a saúde vascular, associado a outros critérios de risco, evidenciando que, especialmente no grupo etário pediátrico, a avaliação do risco cardiovascular é benéfica. Considerando a progressão das alterações vasculares ao longo da vida, parece prudente para detectar sinais subclínicos de danos arteriais e aterosclerose muito cedo, e para aliviar a carga aterosclerótica com medidas preventivas
Título em inglês
Analysis of risk factors for cardiovascular disease in public schoolchildren aged 5 to 9 in the central region of the city of Fortaleza, Ceará, Brazil
Palavras-chave em inglês
Atherosclerosis
Cardiovascular diseases
Carotid Intima-media thickness
Chronic diseases
Epigenesis/genetic
Growth and development
Health status
Metabolic X Syndrome
Obesity
Ultrasonography/methods
Resumo em inglês
BACKGROUND AND OBJECTIVES: Cardiovascular diseases (CVD) are a major cause of death worldwide. They are main cause of death and disability in Brazil and thus have large social, economic and medical impact. The development of CVD is correlated with several risk factors from the first years of life, with expression in adult life. The seeds of atherosclerosis are sown many decades before the manifestation of clinical symptoms. The carotid intima-media thickness (cIMT) is relevant in assessing the manifestation of risk factors on the arterial wall. The precursor conditions of metabolic disorders and vascular changes related to atherosclerosis can be avoided or disrupted if identified and treated in time. Based on this premise, the objective of this study was to study the relationship between history and life conditions, cardiovascular risk factors, and carotid intima-media thickness in public schoolchildren, aged 5 to 9, in the central region of the city of Fortaleza, Ceará, Brazil. METHODS: an observational cross-sectional study with primary data collected by a form supplied to a sample of the school population of public institutions in the central region of Fortaleza. The children were randomly selected and information related to sociodemographic characteristics, anthropometric data, blood pressure measurements, metabolic profile, and assessment of the carotid-mediated intima-media thickness were collected. For statistical analyzes, univariate analyses were developed by comparing proportions through the Chi-square test and a selection of independent variables to compose the multiple logistic regression models. RESULTS: Five hundred children aged 5-9 years were enrolled, of whom 260 (52%) were female. The cIMT measure had a mean and standard deviation for left cIMT of 0.42mm (± 0.09) and for right cIMT of 0.39mm (± 0.07). There were no significant differences for the sexes. There was a statistically significant and increasing association with age, with a 9-year-old child being 5.02 times more likely to have cIMT (95% CI = 1.95 - 12.88, p = 0.001). The cIMT was significantly associated with low maternal education (OR = 0.46, 95% CI = 0.23-0.90), with diastolic hypertension (OR = 7.61, 95% CI = 2.18-26, 53), overweight/obesity (OR = 4.81, 95% CI = 2.50-9.24), hypercholesterolemia (OR = 20.8, 95% CI = 10.17 - 42.92), high levels of CRP (OR = 3.03, 95% CI = 1.27 - 7.21), and high-fasting insulin (OR = 10.4, 95% CI = 3.03-36.24). CONCLUSIONS: Subclinical atherosclerosis can already be detected in prepubertal children aged 5 to 9 years who have risk factors for cardiovascular disease, indicating incipient cardiovascular disease. The cIMT measure can provide a reliable marker for vascular health, associated with other risk criteria. The measure shows that, especially in the pediatric age group, cardiovascular risk assessment is beneficial. Given the progression of vascular changes throughout life, it seems prudent to detect subclinical signs of arterial damage and atherosclerosis very early and to relieve atherosclerotic burden with preventative measures
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-08-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.