• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.5.2020.tde-01022021-104248
Documento
Autor
Nome completo
Livia Casagrande Salvador
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2020
Orientador
Banca examinadora
Grisi, Sandra Josefina Ferraz Ellero (Presidente)
Calil, Valdenise Martins Laurindo Tuma
Nomura, Roseli Mieko Yamamoto
Venancio, Sonia Isoyama
Título em português
Fatores relacionados ao sobrepeso de bebês aos seis meses de vida: estudo da coorte ROC, São Paulo - Brasil
Palavras-chave em português
Aleitamento materno
Antropometria
Ciências da nutrição infantil
Nascimento a termo
Obesidade pediátrica
Saúde do lactente
Resumo em português
Os primeiros anos de vida são considerados críticos para o desenvolvimento de um indivíduo, não obstante, a obesidade infantil tem se tornado um dos mais sérios desafios globais para a saúde públi ca . Essa fase é, portanto, uma janela de oportunidade para uma nutrição preventiva, com foco para uma melhor qualidade de vida . Nossa pesquisa propõe investigar quais fatores estão relacionados ao estado nutricional dos lactentes aos seis meses de idade. E ste é um estudo observacional, realizado com base nos dados da Coorte Região Oeste (ROC) da cidade de São Paulo entre 2012 e 2014. O estado nutricional dos bebês foi avaliado através do escore z do peso para o comprimento aos seis meses de idade, usando co mo referência os valores preconizados pela Organização Mundial de Saúde Alguns dos fatores investigados foram condições de nascimento (peso e comprimento ao nascer, classificação do peso ao nascer, e tipo de parto), tipo de alimentação atual do bebê, dado s socioeconômicos como renda familiar, idade, escolaridade e IMC materno, controlados para sexo e idade do bebê. Foram incluídos na pesquisa 1.050 lactentes, nascidos a termo, com peso adequado para idade gestacional no HU USP, dos quais, 38,95% nasceram d e parto cesárea. As mães participantes do estudo tinham idade média de 27 anos, 63,81% haviam completado o ensino médio, a maioria das famílias (84,96%) recebia entre um e quatro salários mínimos. Na consulta de acompanhamento, os bebês tinham em média sei s meses e dezessete dias de vida e 18,19% apresentavam risco de sobrepeso e 16,76% sobrepeso. Da amostra, 96% dos bebês iniciaram em aleitamento materno exclusivo e a média de aleitamento materno exclusivo foi de 120 dias. Analisando os resultados foi veri ficado que IMC materno pré gestacional, parto cesárea, amamentação exclusiva e ganho de peso no período apresentaram relação positiva com o escore z do peso para o comprimento do bebê aos seis meses. Consideramos que o nosso estudo aponta fatores de risco para o sobrepeso precoce que são passiveis de intervenções na atenção primária. Chamamos a atenção para a necessidade dos programas de saúde da mulher e da criança em fazer uma abordagem precoce do controle de peso pré gestacional, incentivo ao parto norma l e a importância do AME como componente na prevenção da obesidade infantil
Título em inglês
Factors relate d to babies overweight at six months of life : ROC a cohort study, São Paulo Brazil
Palavras-chave em inglês
Anthropometry
Breast feeding
Child nutrition sciences
Infant health
Pediatric obesity
Term birth
Resumo em inglês
The first years of life are considered critical for an individual's development, overmore childhood obesity has become one of the most serious global challenges for public health. Thus this phase is a window of opportunity for preventive nutrition, with focus on a better quality of life. Our research proposes to investigate which factors are related to the nutritional status of infants at six months of age. This is an observational study, based on data from the Western Region Cohort (ROC) of the city of São Paulo between 2012 and 2014. The babies' nutritional status was assessed by weight per length z score at six months of age, using as reference the values recommended by the World Health Organization as a reference. Some of the factors investigated were birth conditions (birth weight and length, birth weight classification and type of delivery), type of baby's current diet, socioeconomic data such as family income, age, education and maternal BMI, controlled by sex and age of the baby. A total of 1,050 infants, born at term with adequate weight for gestational age, were included in the research, of which 38.95% were born by cesarean delivery. The mothers participating in the study had an average age of 27 years, 63.81% had completed high school, with most families (84.96%) receiving between one and four minimum wages. At the follow-up visit, the babies had an average of six months and ten days of life and 18.19% were at risk of being overweight and 16.76% were overweight. 96% of the babies started with exclusive breastfeeding and the median of exclusive breastfeeding was 120 days. Through the study we verified that pre-gestational BMI, cesarean delivery, exclusive breastfeeding and baby weight gain showed a positive relationship with the baby z score of the weight per length at six months. We believe that our study points out risk factors for early overweight that are liable to interventions in primary care. We draw attention to the need of women and children health programs for an early approach to pre-pregnancy weight control, encouraging normal childbirth and the importance of exclusive breastfeeding as a component of preventing childhood obesity
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-02-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.