• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.5.2021.tde-23032022-124721
Documento
Autor
Nome completo
Daniela Melo de Almeida
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2021
Orientador
Banca examinadora
Voos, Mariana Callil (Presidente)
Pompeu, José Eduardo
Manoel, Edison de Jesus
Penha, Patricia Jundi
Título em português
Avaliação interdisciplinar da diadococinesia: coordenação motora, função executiva e escolaridade
Palavras-chave em português
Desempenho psicomotor
Diadococinesia
Escolaridade
Função executiva
Prática interdisciplinar
Resumo em português
Diadococinesia é a habilidade de realizar movimentos rápidos, repetidos e alternados. Os testes de diadococinesia avaliam o desempenho da fala e dos membros superiores, e são utilizados na prática clínica e em pesquisa para avaliar pacientes com distúrbios neurológicos. OBJETIVO: Desenvolver um protocolo de avaliação interdisciplinar da diadococinesia, com testes para os membros superiores (direito, esquerdo, fase e antifase) e orais (/pa/, /ta/, /ka/, /pataka/ e /patakakatapa/); investigar possíveis relações entre a diadococinesia oral e de membros superiores; investigar possíveis efeitos da idade e da escolaridade no desempenho motor; e investigar possíveis relações entre diadococinesia e função executiva. MÉTODO: Foram avaliados 180 voluntários da comunidade com o mínimo de 2 anos de educação formal e visão normal ou corrigida por lentes. Os participantes foram divididos em duas faixas etárias: adultos (30-64 anos de idade) e idosos (65-89 anos) e em três grupos de escolaridade: baixa (2-5 anos de estudo formal); média (6-11 anos); alta (12 anos ou mais). RESULTADOS: O número de movimentos em antifase foi significativamente menor do que nas demais condições (p < 0,001). O número de repetições de /patakakatapa/ foi significativamente menor que nas demais condições (p < 0,001). Foram encontradas correlações fracas entre os testes de diadococinesia oral e dos membros superiores. Indivíduos com alto nível de escolaridade apresentaram maior número de repetições de diadococinesia de membros superiores e oral. Foram encontradas correlações moderadas entre os testes de diadococinesia oral e dos membros superiores e os testes que avaliam a função executiva. CONCLUSÃO: Desenvolvemos um protocolo interdisciplinar de avaliação da diadococinesia. A escolaridade apresentou maior influência que a idade no desempenho dos participantes. Sugerimos que as tarefas de diadococinesia oral e dos membros superiores avaliam habilidades diferentes, e que as tarefas de diadococinesia de pronação e supinação dos membros superiores contêm um componente cognitivo
Título em inglês
Interdisciplinary diadochokinesia assessment: motor coordination, executive function and educational status
Palavras-chave em inglês
Diadochokinesia
Educational status
Executive function
Interdisciplinary placement
Psychomotor performance
Resumo em inglês
Diadochokinesia is the ability to perform rapid, repeated and alternated movements. Diadochokinesia tests assess speech and upper limbs performance, and they are applied in clinical practice and research to assess patients with neurological disorders. OBJECTIVE: To develop an interdisciplinary diadochokinesia assessment protocol, with upper limbs (right, left, phase and antiphase) and oral (/pa/, /ta/, /ka/, /pataka/ and /patakakatapa/) tests; to investigate possible relationships between oral and upper limbs diadochokinesia; to investigate possible effects of age and education on motor performance; and to investigate possible relationships between diadochokinesia and executive function. METHOD: 180 community volunteers with at least 2 years of formal education and normal or lens-corrected vision were evaluated. Volunteers were divided into two age groups: adults (30-64 years old) and elderly people (65-89 years old), and into three educational groups: low (2-5 years of formal education); average (6-11 years); high (12 years or more). RESULTS: The number of movements in antiphase was significantly lower than in other conditions (p < 0.001). The number of repetitions of /patakakatapa/ was significantly lower than in the other conditions (p < 0.001). Weak correlations were found between oral and upper limb diadochokinesia tests. Individuals with higher level of education had higher number of repetitions of upper limbs and oral diadochokinesia. Moderate correlations were found between oral and upper limbs diadochokinesia and tests that assess executive function. CONCLUSION: We developed an interdisciplinary diadochokinesia assessment protocol. Education had a greater influence than age on the participants' performance. We suggest that oral and upper limb diadochokinesis tasks assess different abilities, and that upper limb pronation and supination diadochokinesis tasks contain a cognitive component
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-03-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.