• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.5.2011.tde-22072011-132819
Documento
Autor
Nombre completo
Adriana Sleutjes
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2011
Director
Tribunal
Teixeira, Manoel Jacobsen (Presidente)
Pinto, Kátia Osternack
Reimão, Rubens Nelson Amaral de Assis
Título en portugués
Relações entre dor crônica, atenção e memória
Palabras clave en portugués
Atenção
Dor pélvica
Memória
Neuropsicologia
Resumen en portugués
Objetivos: avaliar a atenção e a memória de doentes com dor pélvica crônica (DPC) ou com síndrome complexa de dor regional (SCDR) e correlacionar os resultados à duração e intensidade da dor, à presença de transtornos do humor e à qualidade do sono comparando esses resultados aos do grupo controle composto por indivíduos sem dor. Métodos: sessenta indivíduos, de ambos os sexos, com idade variando de 18 a 60 anos e com escolaridade maior ou igual a quatro anos foram avaliados através de uma bateria neuropsicológica para avaliação de atenção e memória, escala para avaliação da intensidade da dor, do humor, e qualidade do sono. Os indivíduos foram organizados em três grupos. O grupo DPC, foi constituído de 20 doentes com dor pélvica; o grupo SCDR, de 20 doentes com síndrome complexa de dor regional; e o grupo controle foi constituído de 20 indivíduos sem dor. Resultados: prevaleceram indivíduos com idade entre 29 e 50 anos, casados, com atividade profissional regular e registrada e com escolaridade de nove a 12 anos. 65% eram mulheres. A maioria dos doentes apresentou dor de moderada a intensa com duração de seis a 15 anos e nenhum com duração de menos de cinco anos. Os doentes com dor apresentaram qualidade do sono pior que os indivíduos sem dor (p < 0,001), mais transtorno depressivo maior avaliado pelo PRIME-MD (p = 0,013) e mais alterações no MEEM (p = 0,001). Ocorreu maior número de doentes com DPC e SCDR com déficit na fluência verbal (p = 0,031), atenção concentrada abaixo da média (p = 0,027), e piores resultados no teste RAVLT quando comparados aos indivíduos sem dor. Os indivíduos com dores de moderada a intensa avaliada pela EAVN apresentaram piores escores nos testes de fluência verbal, DSI e teste de atenção concentrada. Neste estudo, o transtorno depressivo maior parece interferir na fluência verbal, na atenção e na memória. Os indivíduos com qualidade de sono ruim apresentaram piores escores nos testes cognitivos, com diferença estatística significativa em relação a população sem dor para os testes DSD, DSI, teste de atenção concentrada, fluência verbal e MEEM. Conclusão: os doentes com dor apresentaram maior déficit de acordo com os testes MEEM, FV, RAVLT e TAC, mais transtorno depressivo maior e qualidade do sono pior em relação à população sem dor. Indivíduos com dores de moderada à intensa avaliados pela EAVN apresentaram os piores escores nos testes de fluência verbal, atenção concentrada e DSI. O Transtorno depressivo maior parece interferir na fluência verbal, na atenção e na memória. Indivíduos com má qualidade de sono apresentaram os piores escores nos testes cognitivos, diferença esta estatisticamente significativa em relação à população sem dor quando avaliados com os testes de atenção concentrada, fluência verbal, MEEM, DSD e DSI .
Título en inglés
Chronic pain, attention and memory correlation
Palabras clave en inglés
Attention
Memory
Neuropsychology
Pelvic pain
Resumen en inglés
Objectives: to assess attention and memory of patients who are chronic pelvic pain holders (CPP) and/or Complex Regional Pain Syndrome (CRPS) holders, and to correlate the results to the characteristics of the duration and intensity of the pain, and to the mood and to the sleep pattern disorders, by comparing such results to the control group of pain-free individuals. Methods: 35% male and 65% female individuals, 18 to 60 years old, with schooling higher or equal to four years, were evaluated through a series of neuropsychological tests directed to assess the attention and memory, pain intensity, mood, and sleep quality. They were organized in three groups: 20 Pelvic Pain Patients (CPP Group); 20 Complex Regional Pain Syndrome patients (CRPS Group); 20 pain-free individuals (Control Group). Results: there was prevalence of 29 to 50 year-old individuals with regular and formal professional activity and schooling of 9 to12 years. Most of them presented moderate to severe pain during the last 6 to 15 years (none of them during less than five years). Pain patients presented lower quality sleep than individuals pain free (p < 0, 001), more Major Depression Disorder assessed by PRIME-MD (p = 0, 013) and more changes in MEEM (p = 0, 001). There was more Verbal Fluency Deficit (p = 0,031), average Attention (p = 0,027) and lower scores in RAVLT test in CPP and CRPS groups than in non-pain individuals. The scores in the tests of Verbal Fluency, DSI and Attention were lower in patients with moderate to severe pain. Major Depression Disorder was related to Verbal Fluency, Attention and Memory impairment. The cognitive tests were significantly different in individuals with low-quality sleep than in the normal population. Conclusion: Pain patients showed greater deficit in the MEEM, Verbal Fluency Test, RAVLT, and in the Attention Test, and also Major Depression Disorder and lower quality of sleep when compared to the non-pain individuals. The Verbal Fluency, DSI and Attention scores were lower in patients with moderate to severe pain. Major Depression Disorder seems to interfere with Verbal Fluency, Attention and Memory. The cognitive function evaluated with DSD, DSI, Concentrated Attention, Verbal Fluency and MEEM tests score lower in individuals with low-quality sleep, and the difference was statistically significant to the normal population
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
AdrianaSleutjes.pdf (3.44 Mbytes)
Fecha de Publicación
2011-07-25
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.