• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2016.tde-06102016-095056
Documento
Autor
Nome completo
Ana Luiza Costa Zaninotto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Paiva, Wellingson Silva (Presidente)
Lúcia, Mara Cristina Souza de
Miura, Flávio Key
Amorim, Robson Luis Oliveira de
Bueno, Orlando Francisco Amodeo
Título em português
Estudo prospectivo dos aspectos neuropsicológicos e da qualidade de vida de doentes com lesão axonial difusa traumática
Palavras-chave em português
Ansiedade
Cognição
Cuidadores
Depressão
Estudos prospectivos
Lesão axonial difusa
Memória
Qualidade de vida
Testes neuropsicologicos
Traumatismos encefálicos
Resumo em português
Introdução: O traumatismo cranioencefálico (TCE) é o maior problema de saúde pública nos países ocidentais. A lesão axonial difusa (LAD) é uma das mais importantes causas de sequelas neurológicas e resultam do comprometimento da substância branca causada por forças rotacionais e/ou aceleração/ desaceleração no parênquima encefálico que tensiona e lesa os axônios. Apesar dos doentes com TCE apresentarem déficits neurológicos transitórios, as mudanças cognitivas podem ser persistentes, especialmente em lesões moderadas e severas. Até o momento poucos estudos analisaram aspectos neuropsicológicos de doentes com LAD. Método: Estudo unicêntrico, prospectivo, exploratório, com braço único e três níveis de medidas repetidas. Quarenta doentes com LAD de ambos os sexos, com idade entre 18 e 55 anos foram avaliados na fase 1 (até 3 meses após o trauma), fase 2 (6 meses) e fase 3 (12 meses). Na fase 1 avaliou-se os sintomas depressivos (BDI), ansiosos (IDATE), qualidade de vida (QV SF-36) e sobrecarga do cuidador (Zarit Burden Interview). Na fase foram avaliadas as mesmas variáveis, acrescida da avaliação cognitiva (QI, memória episódica verbal e visuoespacial, processos atencionais, funções executivas, coordenação motora). Na fase 3 repetimos o procedimento da fase 2. Resultados: Não houve diferença significativa dos sintomas depressivos, de ansiedade, sobrecarga do cuidador nas fases 1, 2 e 3. Constatamos melhora significativa na memória episódica verbal e visuoespacial (p < 0,05), dos processos atencionais (p < 0,05). O QI e a idade do doente foram preditores para desempenho dos doentes em diversos testes, o mesmo não foi observado em relação a gravidade do trauma. Conclusão: O estudo mostrou melhora espontânea da memória episódica e dos processos atencionais em doentes com LAD no primeiro ano após o trauma. Esses resultados foram independentes da gravidade do trauma e dos sintomas depressivos, ansiosos e da QV dos doentes. Esses achados podem estar associados à neuroplasticidade, evidenciando-se janela terapêutica importante no primeiro ano após o trama
Título em inglês
Prospective study of the neuropsychological aspects and quality of life of patients with traumatic diffuse axonal injury
Palavras-chave em inglês
Brain injuries
Caregivers
Cognition
Depression, Anxiety
Diffuse axonial injury
Memory
Neuropsychological tests
Prospectives studies
Quality of life
Resumo em inglês
Introduction: Traumatic brain injury (TBI) is a major public health problem in Western countries. Diffuse axonal injury (DAI) is one of the most important causes of neurological damage and result of white matter impairment caused by rotational forces and / or acceleration / deceleration in the brain parenchyma tenses and damages the axons. Although patients with TBI present transient neurological deficits, cognitive changes may be persistent, especially in moderate and severe injuries. To date few studies have examined neuropsychological aspects of patients with DAI. Method: single-center study, prospective, exploratory, with one arm design and three levels of repeated measures. Forty patients with LAD, both sexes, aged 18 to 55 were evaluated in phase 1 (up to 3 months after the trauma), phase 2 (6 months) and phase 3 (12 months). In phase 1 we evaluated depressive symptoms (BDI), anxiety (STAI), quality of life (QoL SF-36) and caregiver burden (Zarit Burden Interview). In phase 2 were evaluated the same variables, plus the cognitive assessment (IQ, verbal and visuospatial episodic memory, attentional processes, executive functions, motor coordination). In phase 3 we repeat the procedure from step 2. Results: No significant differences in depressive symptoms, anxiety, and caregiver burden in phases 1, 2 and 3. We found significant improvement in verbal and visuospatial episodic memory (p < 0.05), of the attentional processes (p < 0.05). The IQ and patient age were predictors for performance of patients in several tests, the same was not observed for the severity of the trauma. Conclusion: The study showed spontaneous improvement of episodic memory and attentional processes in patients with LAD in the first year after the trauma. These results were independent of the severity of the trauma and depressive symptoms, anxiety and QoL of the patients. These findings may be associated with neuroplasticity, demonstrating important therapeutic window in the first year after the trauma
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-10-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.