• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.5.2021.tde-24032022-125044
Documento
Autor
Nome completo
Ewerton Luiz Figueiredo Moura da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2021
Orientador
Banca examinadora
Mota, André (Presidente)
Ayres, Jose Ricardo de Carvalho Mesquita
Havik, Philip Jan
Kropf, Simone Petraglia
Título em português
Colônias e sertões sob as lentes da medicina: encontros e desencontros entre Portugal e Brasil na trilha das tripanossomíases humanas, 1901-1924
Palavras-chave em português
Brasil
Doença de Chagas
Medicina tropical
Portugal
Tripanossomíase
Tripanossomíase africana
Resumo em português
Este estudo analisa o contato médico-científico entre Brasil e Portugal, nos anos de 1901 a 1924, tendo como eixo condutor as contribuições de brasileiros e portugueses para a produção de conhecimentos sobre as tripanossomíases humanas a doença do sono e a doença de Chagas. A primeira ganhou visibilidade na agenda científica portuguesa em virtude de sua incidência nas colônias africanas de Angola e Ilha do Príncipe; e a segunda significou uma importante descoberta científica brasileira, realizada no estado de Minas Gerais. As balizas temporais justificam-se, pois, em 1901, os portugueses enviaram a primeira missão científica europeia para estudar, em África, a etiologia da doença do sono e, em 1924, Carlos Chagas, afamado internacionalmente, viajou para a Europa a fim de representar o Brasil na Organização de Saúde da Liga das Nações, quando foi convidado por colegas portugueses para conferenciar sobre a doença de Chagas em Lisboa. Por meio da consulta a um conjunto documental diversificado e constituído por atas de associações médicas, teses inaugurais de medicina, publicações em periódicos científicos, artigos jornalísticos, correspondências, relatórios institucionais e boletins sanitários disponibilizados em arquivos históricos e bibliotecas públicas no Brasil e em Portugal, procurou-se compreender a repercussão da descoberta científica de Carlos Chagas em Portugal e as ressonâncias, no Brasil, das pesquisas europeias sobre a doença do sono, com ênfase nas contribuições portuguesas, identificando, desta forma, a circulação de conhecimentos, na perspectiva da apropriação pelas comunidades receptoras, entre os dois países. Paralelamente, investiu-se em uma análise comparativa entre o exercício da medicina pelos portugueses nas colônias africanas para combater a doença do sono e o papel assumido pelos médicos brasileiros nas zonas rurais e interioranas do Brasil em busca dos insetos transmissores e de casos da doença de Chagas. Por fim, a presente tese de doutoramento, contextualiza a história das relações médico-científicas luso-brasileiras ao abordar as negociações para um congresso médico que prometia reunir os profissionais dos dois lados do Atlântico
Título em inglês
Colonies and hinterlands under the lens of medicine: encounters and mismatches between Brazil and Portugal on the path of human trypanosomiasis, 1901-1924
Palavras-chave em inglês
Brazil
Chagas disease
Human trypanosomiasis
Portugal
Tropical Medicine
Trypanosomiasis african
Resumo em inglês
This study analyzes the medical-scientific contact between Brazil and Portugal, from 1901 to 1924, having as a guiding principle the contributions of Brazilians and Portuguese to the production of knowledge about human trypanosomiasis sleeping sickness and Chagas disease. The first gained visibility in the Portuguese scientific agenda due to its incidence in the African colonies of Angola and the island of Principe; and the second meant an important Brazilian scientific discovery, carried out in the state of Minas Gerais. The temporal markers are justified because, in 1901, the Portuguese sent the first European scientific mission to study, in Africa, the etiology of sleeping sickness and, in 1924, internationally famous Carlos Chagas traveled to Europe in order to represent Brazil at the League of Nations Health Organization, when he was invited by Portuguese colleagues to lecture about Chagas disease in Lisbon. By consulting a diverse set of documents consisting of minutes of medical associations, inaugural medical theses, publications in scientific journals, journalistic articles, correspondence, institutional reports and health bulletins available in historical archives and public libraries in Brazil and Portugal, an attempt was made to understand the repercussions of Carlos Chagas scientific discovey in Portugal and the resonances, in Brazil, of European research on sleeping sickness, with an emphasis on Portuguese contributions, thus identifying the circulation of knowledge, from the perspective of appropriation by the receiving communities, between the two countries. At the same time, we invested in a comparative analysis between the practive of medicine by the Portuguese in African colonies to combat sleeping sickness and the role assumed by Brazilian doctors in rural and interior areas of Brazil in search of transmitting insects and cases of the disease. Finally, this doctoral thesis contextualizes the history of Portuguese-Brazilian medica-scientific relations by addressing the negotiations for a medical congress that promised to bring together professionals from both sides of the Atlantic
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-03-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.