• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2014.tde-20102014-143922
Documento
Autor
Nome completo
Mariana Eri Sato
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Ayres, Jose Ricardo de Carvalho Mesquita (Presidente)
Zoboli, Elma Lourdes Campos Pavone
Teixeira, Ricardo Rodrigues
Título em português
A construção do acolhimento através da arte no processo ativo de humanização dentro da lógica de trabalho de uma Unidade de Saúde da Familia
Palavras-chave em português
Acolhimento
Ambiência
Arte
Atenção primária à saúde
Estratégia de saúde da família
Humanidades
Unidade Básica de Saúde
Resumo em português
A humanização tem sinalizado uma crise nas interações que ocorrem nas práticas de cuidado. Para superar esta crise, diversas estratégias têm sido propostas e a convocação da arte como um recurso para as ações de humanização na saúde tem sido frequente. O distanciamento imposto às relações entre profissionais de saúde e usuários pode ser uma exigência do método científico que se baseia em uma análise que pretende ser objetiva e imparcial. Segundo Gadamer, a experiência artística é potente em revelar que, além da razão sistemática, existem outras vias legítimas de prover conhecimento ao ser humano. Estaria a arte propondo, aos profissionais de saúde, outros modos de se colocar em relação com as pessoas? Este estudo visou investigar as potenciais contribuições das atividades artísticas para as a humanização da atenção desenvolvida nos serviços de saúde. Foi construída uma referencia teórica para iluminar as relações entre arte e humanização das práticas de saúde e foi estudado o caso do projeto Acolher, atividade vinculada ao projeto de humanização em uma Unidade de Saúde da Família quanto ao sentido nele adquirido pela arte na perspectiva de seus agentes. Este projeto de humanização e arte consistiu na mobilização dos profissionais para a transformação da ambiência da sala de espera e para a realização de intervenções artísticas. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas para investigar os sentidos construídos pelos participantes sobre o projeto. Este estudo revelou que a arte é potente em estimular percepções sensitivas capazes de produzir sentidos éticos mediados pela dialógica racional, necessários para o cuidado conforme enfatizado pela humanização
Título em inglês
Qualifying interactions through art by a humanization active process following a Family Health Unit working principles
Palavras-chave em inglês
Ambience
Creative art
Family health strategy
Health centers
Humanization
Primary care
User embracement
Resumo em inglês
Humanization has been indicating that there is a crisis in the health practices interactions. To overcome this crisis, several strategies have been proposed and the use of creative art as a resource for health humanization actions is becoming more often. The imposed distance into the relations that are established between health professionals and patients could be a scientific method requirement that is based on an analysis that claims to be systematic, objective and impartial. According to Gadamer, the artistic experience would be powerful in revealing that, beyond methodological reason, there are other legitimate ways of providing knowledge to humans. Would creative art be proposing to health professionals that there are another ways to interact with people? This study aimed to understand the potential contributions of art activities for the humanization of care at the health services. We constructed a theoretical framework in order to illuminate the relationship between art and humanization of health practices and we studded the activities that were linked to a humanization project ("Acolher") of a Family Health Unity at the perspective of its agents that acquired its senses through art. The "Acolher" project consisted in mobilizing professionals to transform the ambience of the waiting room and to perform artistic interventions. Semi-structured interviews were conducted to investigate the meanings that were constructed by the participants about the project. The empirical study concluded that the artistic experience could be able to promote: a waiting room symbolic change to the professionals, the transformation of attitudes of professionals and even the qualification of the interactions between them and the patients. It was concluded that art could be a powerful resource to mobilize people in order to promote favorable changes to humanize health practices
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MarianaEriSato.pdf (23.60 Mbytes)
Data de Publicação
2014-10-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.