• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2016.tde-11042016-151504
Documento
Autor
Nome completo
Vívian Nara Bracco Luccas
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Falcão, Marcia Thereza Couto (Presidente)
Campos, Edemilson Antunes de
Canesqui, Ana Maria
Título em português
A delicadeza dos meus sentimentos: a dependência alcoólica feminina representada por homens e mulheres em processo de recuperação alcoólica
Palavras-chave em português
Alcoólicos anônimos
Alcoolismo
Gênero e saúde
Mulheres
Pesquisa qualitativa
Representações sociais
Resumo em português
RESUMO: Estudos epidemiológicos têm demonstrado o aumento de consumo alcoólico e da dependência alcoólica entre mulheres, algo que era até então considerado majoritariamente um problema da população masculina. A presente investigação parte desta constatação, mas também, a problematiza, à medida que se observa que o processo de emancipação feminina tem trazido à cena social um personagem que permaneceu por muito tempo na invisibilidade, ou seja, a mulher alcoólica. Este estudo, de caráter qualitativo, baseado na literatura sócioantropológica sobre o processo saúdeadoecimento e na perspectiva de gênero, investiga a dependência alcoólica entre as mulheres. Seu objetivo foi compreender os sentidos e os significados da dependência alcoólica feminina entre homens e mulheres alcoólicos em processo de recuperação em Alcoólicos Anônimos. Para tanto, fez-se trabalho de campo em 5 unidades de AA próximas da região central do município de Campinas. Durante o período de março a setembro de 2013, ocorreram visitas regulares aos grupos e 16 entrevistas com alguns de seus participantes, sendo 8 homens e 8 mulheres entrevistadas. Os resultados alcançados no trabalho de campo apontam para um crescimento da busca por ajuda institucional para tratamento antialcoólico entre as mulheres. Dentre outros achados, verificou-se que embora tenha ocorrido uma ampliação do acesso das mulheres nos espaços de tratamento, ainda permanece forte algumas representações sociais negativas e preconceituosas acerca da dependência alcoólica feminina que constrange a inserção e a permanência das mulheres nos cinco serviços de recuperação alcoólica estudados. Apesar disso, a partir da análise da instituição AA e das entrevistas de seus membros, homens e mulheres, o AA não deve ser considerado nem conservador e nem sexista em sua origem. Ou seja, ao que tudo indica, as concepções negativas atreladas às mulheres alcoólicas advém do universo social externo ao grupo, incorporado e reproduzido pelos alcoólicos, especialmente os homens, resultando, assim, na dificuldade de integração das mulheres nos grupos analisados. Os resultados desta pesquisa dialogam com a produção e o debate acadêmico sobre a mulher alcoólica no campo do estudo de álcool. Revelando que não necessariamente tem havido um crescimento da dependência alcoólica entre as mulheres, mas sim, um aumento da visibilidade social do grupo
Título em inglês
The tenderness of my feelings: female alcohol dependence as represented by men and women in alcohol rehabilitation
Palavras-chave em inglês
Alcoholics anonymous
Alcoholism
Gender and health
Qualitative research
Social representations
Women
Resumo em inglês
ABSTRACT: Epidemiological studies have shown an increase in alcohol consumption and alcohol dependence among women, a problem that had so far been predominantly associated with the male population. This investigation not only starts with that realization but also problematizes it as we observe that the female emancipation process has brought to the social scene a character that had long remained invisible: the alcoholic woman. This qualitative study, based on the socio-anthropological literature about the health-illness process and on the gender perspective, looks into female alcohol dependence. It aims to understand the senses and meanings of female alcohol dependence among alcoholic men and women in Alcoholics Anonymous rehabilitation. To that end, field work has been carried out at five AA units located close to the central region of the city of Campinas. From March to September, 2013, the groups were regularly visited and 17 of their participants (8 men and 9 women) were interviewed. The field work results point to an increase in women's search for institutional help to get anti-alcoholic treatment. Other findings indicate that, even though women's access to spaces of anti-alcoholic treatment has broadened, some negative and prejudiced social representations about female alcohol dependence remain strong and constrain women's insertion and permanence in the five alcohol rehabilitation services that were studied. Nevertheless, the analysis of the AA institution and its members' interviews, both men and women, suggests that the AA is neither conservative nor sexist in its origin. It seems that the negative conceptions regarding alcoholic women emerge from the social universe external to the group, incorporated and replicated by the alcoholics, particularly men, making it difficult for women to integrate into the studied groups. The research findings establish a dialogue with the academic production and debate on the alcoholic woman in the alcohol study field. They reveal that, rather than an increase in alcohol dependence among women, there has been a rise in the social visibility of this group
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-04-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.