• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
https://doi.org/10.11606/T.5.2020.tde-05082021-124854
Documento
Autor
Nombre completo
Lívia de Aguiar Valentim
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2020
Director
Tribunal
Luiz, Olinda do Carmo (Presidente)
Barbosa, Rosana Machin
Martins, Nádia Vicência do Nascimento
Oliveira, Sheyla Mara Silva de
Título en portugués
Determinantes sociais em saúde e morbidade auto-relatada em uma população quilombola às margens do Rio Amazonas, no município de Santarém, Pará 
Palabras clave en portugués
Determinantes sociais da saúde
Grupo com Ancestrais do Continente Africano
Grupos de risco
Inquéritos epidemiológicos
Morbidade
População rural
Resumen en portugués
A localização das comunidades quilombolas no estado do Pará torna o acesso difícil aos serviços de saúde situados nos centros urbanos. Como decorrência desse isolamento geográfico, há poucos dados disponíveis acerca de algumas dessas comunidades quilombolas, principalmente no que concerne a situação de saúde e sobre as características sociodemográficas, informações importantes para a elaboração de políticas e o planejamento de ações de saúde, demonstrando a importância de trabalhos que avaliem a situação de saúde dos quilombolas. Objetivo: Sintetizar o conhecimento sobre instrumentos para o diagnóstico em saúde de comunidades quilombolas e analisar a situação e a percepção de saúde em de uma comunidade quilombola as margens do rio Amazonas, no município de Santarém, Pará. Metodologia: Composta de dois eixos: Eixo 1 revisão sistemática, nas bases de dados SCOPUS, PubMed, LILACS, ISI Web of Science, Scielo e EMBASE, conforme a metodologia PRISMA Foram incluídos todos os estudos publicados, independentemente de sua abordagem metodológica: estudos epidemiológicos, etno-antropológicos dentre outros, e atendam os seguintes critérios: a) diagnóstico situacional em saúde, b) indicadores da situação de saúde; c) validação de instrumentos para diagnóstico situacional em saúde. Eixo 2 - um inquérito de saúde com indivíduos maiores de 18 anos, que residem no território Maria Valentina, localizado à margem direita do rio Amazonas, no município de Santarém-Pará. Resultados: Eixo 1. Foram encontrados 7366 artigos, dos quais 19 artigos foram selecionados para leitura integral. Os autores selecionados foram unanimes em destacar as vulnerabilidades vivenciadas por estas populações, demonstrando a necessidade de ações de combate as condições precárias, seja através de atividades educativas, promoção de políticas públicas, avaliação de condições de saúde, realização de estudos epidemiológicos em grande escala, atividades preventivas que minimizem os riscos para desenvolver algum processo patológico, dentre outros. Eixo 2. Para avaliação dos determinantes sociais em saúde e a morbidade auto-relatada dos quilombolas residentes em duas comunidades ribeirinhas do município de Santarém, foram entrevistadas 63 casas (90%), totalizando uma população de 256 pessoas, relatando informações acerca das características sociodemográficas, autoavaliação do estado de saúde, estilo de vida, morbidade referida, saúde da mulher, desempenho do sistema de saúde, análise de bioimpedância e padrão alimentar. Conclusão: faz-se necessário a realização de atividades de prevenção e promoção de saúde, abrindo espaço para o diálogo e compreensão dos obstáculos enfrentados pela população, para que crenças, atitudes e práticas individuais que afetem negativamente a qualidade de vida dessa população, possam ser evitadas
Título en inglés
Social determinants of health and self-reported morbidity in a quilombola population on the banks of the Amazon River, in the municipality of Santarém, Pará
Palabras clave en inglés
African Continental Ancestry Group
Epidemiological surveys
Morbidity
Rural population
Social determinants of health, Groups of risk
Resumen en inglés
The location of quilombola communities in the state of Pará makes access to health services located in urban centers difficult. As a result of this geographic isolation, there is little data available about some of these quilombola communities, mainly with regard to the health situation and sociodemographic characteristics, important information for the elaboration of policies and the planning of health actions, demonstrating the importance of works that assess the health status of quilombolas. Objective: To synthesize knowledge about instruments for the health diagnosis of quilombola communities and to analyze the situation and the perception of health in a quilombola community on the banks of the Amazon River, in the municipality of Santarém, Pará. Methodology: Composed of two axes: Axis 1 systematic review, in the databases SCOPUS, PubMed, LILACS, ISI Web of Science, Scielo and EMBASE, according to the PRISMA methodology All published studies were included, regardless of their methodological approach: epidemiological, ethno-anthropological studies, among others, and meet the following criteria: a) situational health diagnosis, b) health status indicators; c) validation of instruments for situational health diagnosis. Axis 2 - a health survey with individuals over 18 years old, residing in the Maria Valentina territory, located on the right bank of the Amazon River, in the municipality of Santarém-Pará. Results: Axis 1. 7366 articles were found, of which 19 articles were selected for full reading. The selected authors were unanimous in highlighting the vulnerabilities experienced by these populations, demonstrating the need for actions to combat precarious conditions, whether through educational activities, promoting public policies, evaluating health conditions, conducting large-scale epidemiological studies, preventive activities that minimize the risks to develop some pathological process, among others. Axis 2. To assess the social determinants of health and the self-reported morbidity of quilombolas living in two riverside communities in the municipality of Santarém, 63 houses (90%) were interviewed, totaling a population of 256 people, reporting information about sociodemographic characteristics , self-assessment of health status, lifestyle, referred morbidity, women's health, health system performance, bioimpedance analysis and dietary pattern. Conclusion: it is necessary to carry out prevention and health promotion activities, opening space for dialogue and understanding of the obstacles faced by the population, so that individual beliefs, attitudes and practices that negatively affect the quality of life of this population, can be avoided
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2021-08-05
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.