• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
https://doi.org/10.11606/D.5.2020.tde-10022021-101317
Documento
Autor
Nombre completo
Monique de Fatima Mello Santana
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2020
Director
Tribunal
Passarelli, Marisa (Presidente)
Miyamoto, Sayuri
Izar, Maria Cristina de Oliveira
Machado, Ubiratan Fabres
Título en portugués
Enriquecimento da HDL em apolipoproteína A-IV favorece sua funcionalidade na doença renal diabética
Palabras clave en portugués
Apolipoproteína
Diabetes mellitus
Insuficiência renal crônica
Lipoproteínas HDL
Nefropatias diabéticas
Produtos finais de glicação avançada
Proteômica
Resumen en portugués
A doença renal diabética (DRD) está associada a distúrbios lipídicos que pioram a função renal e aumentam o risco cardiovascular (CV). O manejo da dislipidemia, hipertensão e outros fatores de risco tradicionais não impede completamente as complicações CV, trazendo à tona a participação de fatores de risco não-tradicionais, como produtos de glicação avançada (AGE), de carbamoilação e alterações no proteoma e na funcionalidade da HDL. Avaliou-se, no presente estudo, a composição da HDL, seu proteoma, modificação química por glicação e carbamoilação e sua funcionalidade em indivíduos com DRD não-dialítica, categorizados de acordo com a taxa de filtração glomerular (TFG) e a taxa de excreção urinária de albumina (EUA) em controles não- diabéticos. Os indivíduos com DRD foram divididos em TFG > 60 mL / min / 1,73 m2 + A1 (< 30 mg/g de creatinina) e A2 (30 - 300 mg/g de creatinina) (n = 10) e TFG < 60 + A3 (> 300 mg/g de creatinina) (n = 25) e pareados por idade com indivíduos controles com TFG > 60; (n = 8). As HDL foram isoladas do plasma por ultracentrifugação e as dosagens bioquímicas de lípides realizadas por métodos enzimáticos; carboximetil- lisina (CML) e carbamoilação por ELISA. AGE total e pentosidina foram determinados por análise fluorimétrica. As HDL foram utilizadas para medir a remoção de 14C-colesterol de macrófagos; para inibição da oxidação de LDL, induzida por solução de sulfato de cobre e para modular a secreção de citocinas inflamatórias em macrófagos estimulados com lipopolissacarídeos. A HDL do grupo TFG < 60 + A3 apresentou maior concentração de AGE total, pentosidina e carbamoilação (1,2; 1,1 e 4,2 vezes, respectivamente) em comparação ao controle. O conteúdo de fosfolípides e apolipoproteína A-I da HDL foi menor neste grupo em comparação ao controle. A análise de proteômica direcionada quantificou 29 proteínas associadas à HDL em todos os grupos, embora apenas 2 tenham sido mais expressas no grupo TFG < 60 + A3 em comparação aos controles: apolipoproteína D (apoD) e apoA-IV. Em comparação aos controles, o efluxo de 14C-colesterol de macrófagos, mediado por HDL, foi reduzido em 33% no grupo TFG < 60 + A3, embora a HDL desse grupo tenha apresentado maior capacidade anti- inflamatória, refletida pela inibição (95 %) da secreção de IL-6 e TNF-alfa, em comparação ao grupo controle. O papel antioxidante do HDL, determinado pelo tempo de retardo na oxidação da LDL, foi semelhante entre os grupos. O enriquecimento em apoA-IV, que apresenta muitas ações antiaterogênicas, contribui para manutenção da funcionalidade da HDL, a despeito de sua modificação química por glicação avançada e carbamoilação e incremento em apoD que ocorre na DRD em função do aumento da EUA e redução da TFG
Título en inglés
HDL enrichment in apo A-IV favours its functionality in diabetic kidney disease
Palabras clave en inglés
Apolipoproteins
Diabetes mellitus
Diabetic nephropathies
Glycation end products advanced
Lipoproteins HDL
Proteomics
Renal insufficiency chronic
Resumen en inglés
Diabetes mellitus kidney disease (DKD) is associated with lipid derangements worsening kidney function and enhancing cardiovascular (CV) risk. The management of dyslipidemia, hypertension and other traditional risk factors does not completely prevent CV complications bringing up the participation of untraditional risk factors such as advanced glycation (AGE), carbamoylation and changes in HDL proteome and functionality. In the present investigation it was analyzed HDL composition, proteome, chemical modification by advanced glycation and carbamoylation and functionality in non-dialytic DKD subjects categorized according to glomerular filtration rate (GFR) and urinary albumin excretion rate (AER). DKD individuals were divided in GFR > 60 mL/min/1.73 m2 plus AER stages A1 (< 30 mg/g creatinine) and A2 (30 - 300 mg/g creatinine) (n=10) and GFR < 60 plus A3 (> 300 mg/g creatinine( (n=25) and control subjects matched by age with (GFR > 60; n=8). HDL was isolated from plasma by ultracentrifugation and biochemical analysis performed by enzymatic techniques; carboxymethyllysine and carbamoylation by ELISA. Total AGE and pentosidine were determined by fluorimetry. HDL was utilized to measure 14C-cholesterol removal from macrophages, the inhibition of LDL oxidation induced by cooper sulfate and the modulation of cytokines secretion by LPS-challenged macrophages. HDL from GFR < 60+A3 presented higher levels of total AGE, pentosidine and carbamoylation (1.2, 1.1 and 4.2 times, respectively) in comparison to controls. The amount of phospholipids and apoA-I was reduced in this group as compared to control. Targeted proteomic analyses quantified 29 proteins associated with HDL in all groups, although only 2 were more expressed in GFR < 60+A3 group in comparison to controls: apolipoprotein D (apoD) and apoA-IV. As compared to controls, the HDL-mediated cholesterol efflux from macrophages was 33% reduced in GFR < 60+A3 although HDL from this group inhibited 95% the secretion of IL-6 and TNF-alpha. The antioxidant role of HDL (lag time for LDL oxidation) was similar among groups. The increment in apoA-IV that presents many antiatherogenic actions seems to counteract the HDL chemical modification by advanced glycation and carbamoylation and its increment in apoD that occurs in well-established DKD according to the increase in AER and reduction in GFR
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2021-02-12
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.