• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Wanessa Siqueira Cavalcante Godoy
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Nico, Marcello Menta Simonsen (Presidente)
Camillo, Cláudia Malheiros Coutinho
Lopes, Sheyla Batista Bologna
Sotto, Mirian Nacagami
Título em português
Xerostomia em doença autoimune com envolvimento glandular: estudo morfométrico das células dendríticas no mecanismo do comprometimento das glândulas salivares na Síndrome de Sjögren
Palavras-chave em português
Células dendríticas
Centro germinativo
Glândulas salivares menores
Linfócitos B
Linfócitos T
Síndrome de Sjögren
Resumo em português
A Síndrome de Sjögren primária é uma exocrinopatia autoimune que tem como substrato as glândulas lacrimais e salivares. É caracterizada por uma epitelite autoimune com agressão linfomioepitelial que leva à destruição de ductos e ácinos. Ainda há controvérsias sobre a composição do infiltrado inflamatório na doença, especialmente no que tange à participação das células dendríticas na destruição do parênquima glandular. Assim, esse estudo retrospectivo avaliou quantitativamente a participação das células dendríticas em glândulas salivares biopsiadas de pacientes com Síndrome de Sjögren primária. Foram coletadas 30 amostras de glândulas salivares mucosas labiais de pacientes com diagnóstico confirmado de Síndrome de Sjögren primária (grupo caso), provenientes dos arquivos do Laboratório de Dermatopatologia da Divisão de Dermatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo HC-FMUSP. Também foram coletadas 10 amostras de glândulas salivares mucosas labiais de pacientes sem Síndrome de Sjögren primária (grupo controle), no Serviço de Verificação de Óbito de São Paulo do HC-FMUSP. Os aspectos histológicos de todos os espécimes de glândulas salivares incluídos no estudo foram analisados por 2 patologistas para classificar o grau de alteração do parênquima glandular. Estudo imunoistoquímico foi realizado para pesquisa da qualidade do infiltrado inflamatório presente nos espécimes, por meio da identificação das proteínas CD1a, langerina, CD21, CD123, CD68, CD3, CD8, CD4, CD20 e BCL6. Posteriormente foram realizadas análises morfométricas por meio do programa Image-Pro Plus. Foram detectados linfócitos CD3, CD4 CD8 e CD20 positivos em todos os casos, além de células dendríticas CD1a positivas. Nos casos classificados com infiltrado linfomioepitelial moderado e intenso houve ainda a presença de células dendríticas plasmocitóides CD123 positivas e predomínio de linfócitos CD4 e CD20 positivos, especialmente relacionada à presença de centros germinativos, onde foram encontradas células positivas para as proteínas BCL-6 e CD21. Este estudo concluiu que as células dendríticas estavam presentes nas amostras de glândulas salivares de pacientes com síndrome de Sjögren primária, sendo as células dendríticas plasmocitoides CD123 positivas prováveis orquestrantes do processo inflamatório perpétuo na doença
Título em inglês
Xerostomia in autoimmune disease with glandular involvement: mophometric study of dendritic cells in the mechanism of impairment of the salivar glands in Sjögren's Syndrome
Palavras-chave em inglês
B-Lymphocytes
Dendritic cells
Germinal Center
Salivary glands minory
Sjögren's syndrome
T-Lymphocytes
Resumo em inglês
Primary Sjögren's Syndrome is an autoimmune exocrinopathy mainly characterized by an autoimmune epithelitis with lymphomyoepithelial aggression that leads to the destruction of glandular parenchyma, including salivary and lacrimal glands. There is still controversy about the composition of the inflammatory infiltrate in the disease, especially regarding the participation of dendritic cells in the triggering and perpetuation of the chronic inflammation. Therefore, this retrospective study evaluated quantitatively the participation of dendritic cells in biopsied salivary glands of patients with primary Sjögren's Syndrome. Thirty (30) samples of labial mucous salivary glands of patients with confirmed diagnosis of primary Sjögren's Syndrome (case group) were gleaned from the archives of the the Dermatopathology Laboratory of the Division of Dermatology, Hospital das Clínicas, Medical School of University of São Paulo - HC-FMUSP.Were also collected 10 samples of the labial mucous salivary glands of patients without primary Sjögren's Syndrome (control group) at the post-Morten Verification Service of São Paulo - HC-FMUSP. The histological aspects of all specimens of salivary glands included in the study were analyzed by two pathologists to classify the degree of alteration of the glandular parenchyma. Immunohistochemistry was performed to investigate the quality of the inflammatory infiltrate present in the specimens through the identification of proteins CD1a, Langerin, CD21, CD123, CD68, CD3, CD4, CD8, CD20 and BCL6. Subsequently morphometric analyses were performed by using the Image-Pro Plus technology. Lymphocytes positive for CD3, CD4, CD8 and CD20 were detected in all cases; in addition CD1a positive dendritic cells were detected. In the cases classified with moderate and intense lymphomyoepithelial infiltrate there was also the presence of plasmacytoid dendritic cells CD123 positive. In these cases the predominance of lymphocytes CD4 and CD20 positive was observed, especially related to the presence of germinal centers with positive cells for BCL6 and CD21 proteins. This study concluded that dendritic cells were present in salivary glands samples from patients with primary Sjögren's Syndrome, and plasmacytoid dendritic cells CD123 positive are likely to orchestrate the perpetual inflammatory process in the disease
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-10-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.