• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2016.tde-06062016-140710
Documento
Autor
Nome completo
Luanda Mara da Silva Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Sato, Maria Notomi (Presidente)
Brito, Cyro Alves de
Lindoso, José Angelo Lauletta
Rosa, Daniela Santoro
Sumida, Telma Miyuki Oshiro
Título em português
Avaliação fenotípica das células T CD4+ reguladoras, Th17, Th22 e Tc22 nos indivíduos expostos não infectados por HIV-1
Palavras-chave em português
Citocinas
Citometria de fluxo
Genes gag
HIV
Imunidade adaptativa
Linfócitos T
Resumo em português
INTRODUÇÃO: A infecção por HIV-1 é um grave problema de saúde pública causando elevada taxa de morbidade e mortalidade. Entretanto, alguns indivíduos são considerados resistentes à infecção por HIV-1, mesmo após repetidas exposições ao vírus. Vários fatores imunológicos e genéticos podem estar associados a resistência à infecção, como ativação de componentes da imunidade inata e também devido ao baixo perfil de ativação das células T. É possível que nos indivíduos expostos e não infectados por HIV-1 (ENI) ocorra uma importante atuação das células T secretoras de IL-17 e IL-22, e também as células T reguladoras, pois são necessárias para a manutenção e homeostase das mucosas associadas ao intestino (GALT). OBJETIVO: Avaliar o fenótipo e a função de células TCD4+ e TCD8+ em casais sorodiscordante ao HIV-1, compostos por indivíduos ENI e os parceiros infectados por HIV-1. MÉTODOS: Os casais sorodiscordantes ao HIV-1, consistiam de 23 indivíduos expostos não-infectados (ENI), 14 mulheres e 9 homens, com mediana de 41 anos e 21 parceiros infectados por HIV-1 (HIV), 20 homens e 1 mulher com mediana de 41 anos. Os controles saudáveis foram 24 indivíduos (14 mulheres e 10 homens) com mediana de 37 anos. Os casais sorodiscordantes foram compostos por 16 heterossexuais e 7 homossexuais, com tempo de relacionamento de 13 anos. As frequências de células Th17, Th22 e Tc22, as células T polifuncionais foram analisadas em células mononucleares (CMNs) do sangue periférico, estimulados com peptídeos da região Gag do HIV-1 e da enterotoxina B do Staphylococcus aureus (SEB), a frequência de células T reguladoras, o perfil fenotípico de exaustão/diferenciação e a expressão da integrina alfa4?7 e CCR9 em células T, foram realizados por citometria de fluxo. RESULTADOS: No grupo HIV, as células T CD4+ e CD8+ do sangue periférico mostrou maior frequência de CD95 e PD-1 e baixa expressão de CD127 comparado ao grupo ENI e controle. A frequência de células Th17 em CMNs aumentou nos grupos ENI e HIV-1 na condição sem estímulo, contudo, após estímulo com os peptídeos da região p24 da Gag do HIV-1 induziu resposta somente no grupo HIV-1. O grupo ENI mostrou resposta antígeno-especifica somente para IL-22. Além disto, avaliando as células Tc22 e Th22, foi verificado aumento da resposta aos peptídeos da Gag e também ao SEB, nos grupos HIV e ENI. A presença de células T polifuncionais antígeno-especificas, secretoras de 5-4 citocinas, foi detectada apenas em células T CD38+ no grupo HIV, enquanto os indivíduos ENI mostraram resposta polifuncional por células T CD38- somente ao estímulo policlonal por SEB. Uma diminuição do número absoluto de células T reguladoras (CD4+CD25+CD127low/-Foxp3+) foi detectada no grupo HIV comparado ao ENI e controle, com maior expressão de moléculas HLA-DR e CD95. Além disto, foi detectado diminuição na frequência de células TCD8+ ?4?7+ no grupo ENI e de células TCD4+ alfa4beta7+ nos grupos ENI e HIV. Houve uma correlação positiva entre as células Tc22 e Th22 com as células TCD8+ e TCD4+ que expressam alfa4beta7, no grupo ENI e HIV-1. CONCLUSÃO: Os indivíduos ENI são capazes de desenvolver resposta antígeno-específicas relacionadas com a IL-22, que possui importante função na imunidade de mucosas. Além disto, mostram presença de células T polifuncionais com baixo perfil de ativação a estímulo policlonal. Os dados evidenciam que os indivíduos ENI, mostram indução de células Tc22, aumento de expressão de moléculas de migração para o intestino e equilíbrio entre as células efetoras e Treg, que em conjunto, devem exercer importante papel para a resistência à infecção por HIV-1
Título em inglês
Phenotypic evaluation of regulatory CD4+ T cells, Th17, Th22 and Tc22 in HIV-1-exposed uninfected individuals
Palavras-chave em inglês
Adaptive immunity
Cytokines
Flow cytometry
Genes gag
HIV
T-lymphocytes
Resumo em inglês
INTRODUCTION: The HIV-1 infection is a major public health problem causing high morbidity and mortality. However, some individuals are considered resistant to HIV-1 infection even after repeated HIV-1 exposures. Several immunologic and genetic factors could be associated with the resistance to infection, such as activation of innate immunity components and due to the low profile of T-cell activation. It is possible that in HIV-1 exposed uninfected individuals (EU) occurs an important activity of the T cells secreting IL-17 and IL-22, including regulatory T cells, which are necessary to maintenance of homeostasis of gut-associated lymphoid tissue (GALT). AIM: To evaluate the phenotype and function of CD4+ and CD8+ T cells in HIV-1-serodiscordant couples, composed by the EU individuals and the infected HIV-1 partners. METHODS: The HIV-1-serodiscordant couples consisted of 23 EU individuals, 14 women and 9 men, with a median age of 41 years and 21 partners infected by HIV-1, 20 men and 1 woman, with a median of 41 years. Healthy controls consisted of 24 individuals (14 women and 10 men) with a median age of 37 years. The serodiscordant couples were composed by 16 homosexuals and 7 heterosexuals, reporting a median relationship duration of 13 years with a single partner. The frequency of Th17, Th22 and Tc22 cells, the polyfunctional T cells were assessed in mononuclear cells (MNCs) from peripheral blood, stimulated with the peptides from the gag region of HIV-1 and enterotoxin B from Staphylococcus aureus (SEB), the frequency of regulatory T cells and the exhaustion/differentiation phenotypic profile and expression of integrin alfa4beta7 and CCR9 in T cells were assessed by flow cytometry. RESULTS: In HIV group, CD4+ and CD8+ T cells from peripheral blood showed a higher frequency of PD-1, and CD95 and low expression of CD127 compared to ENI and control groups. The frequency of Th17 cells in MNCs increased in ENI and HIV-1 groups in the unstimulated conditions, however, upon stimulation with p24 peptides of HIV-1 Gag induced response only in HIV-1 group. The ENI group showed antigen-specific response only for IL-22. Moreover, evaluating the Tc22 and Th22 cells, it was found increased response to Gag peptides and also for SEB in both, HIV and ENI groups. The presence of polyfunctional antigen-specific T cells secreting 5-4 cytokines, was only detected in CD38+ T cells from HIV group, while ENI individuals showed polyfunctional CD38- T cells response only with the polyclonal stimulus with SEB. A decreased absolute number of regulatory T cells (CD4 + CD25 + CD127low /-Foxp3 +) was detected in HIV group compared to the EU and control groups, with higher expression of HLA-DR and CD95 molecules. In addition, it was detected decreased frequency of CD8+ alfa4beta7 + T cells in the ENI group and CD4+ alfa4beta7+ T cells in both, ENI and HIV groups. There was a positive correlation between Tc22 and Th22 cells with the CD8+ and CD4+ T cells expressing alfa4beta7, in the ENI and HIV-1 groups. CONCLUSION: The EU individuals are able to develop antigen-specific response related to IL-22, which has an important function in the mucosal immunity. In addition, showed presence of polyfunctional T cells with low activation profile to polyclonal stimuli. The data show that the EU individuals, showed induction of Tc22 cells, increased expression of homing molecules into the intestine and balance between effector cells and Treg cells, which together, must play an important role in the HIV-1 resistance
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-06-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.