• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2013.tde-12062013-122730
Documento
Autor
Nome completo
Osvaldo Ribeiro Saldanha
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Ferreira, Marcus Castro (Presidente)
Alonso, Nivaldo
Cunha, Marcelo Sacramento
Gemperli, Rolf
Nahas, Fabio Xerfan
Título em português
Avaliação estética dos resultados da lipoabdominoplastia em pacientes com sobrepeso. Estudo comparativo
Palavras-chave em português
Abdominoplastia
Avaliação de resultados
Cirurgia estética
Complicações
Lipoabdominoplastia
Lipoaspiração
Resumo em português
INTRODUÇÃO: Alterações funcionais e estéticas da parede abdominal, tais como flacidez de pele, lipodistrofia e diástase dos músculos retos abdominais, podem contribuir para a diminuição da autoestima e bem-estar do paciente. A lipoaspiração da parede abdominal durante a abdominoplastia com descolamento amplo tem sido contraindicada devido ao aumento do risco de complicações. A lipoabdominoplastia realiza apenas o descolamento seletivo do retalho ao longo das bordas mediais dos músculos retos abdominais, preservando os vasos perfurantes abdominais, o que permite a realização, com maior segurança, da lipoaspiração concomitantemente com o tempo cirúrgico da abdominoplastia. O objetivo do presente estudo foi avaliar o resultado estético da lipoabdominoplastia em pacientes com sobrepeso - Índice de Massa Corporal (IMC entre 25 e 29.9) quando comparadas com pacientes de peso normal (IMC entre 18,5 e 24,9). M?TODO: Foi realizada uma análise comparativa de resultados estéticos após a lipoabdominoplastia em dois grupos de 30 pacientes, um com IMC entre 25 e 29,9 e outro, de controle, com IMC entre 18,5 e 24,9, operadas entre 2000-2009. Para a avaliação dos resultados estéticos, foi utilizada a escala com parâmetros objetivos, desenvolvida pela Disciplina de Cirurgia Plástica da FMUSP, empregada por sete avaliadores independentes - três médicos, três não-médicos e o próprio cirurgião, no pré e pós-operatório. A escala avalia cinco aspectos em fotografia, volume do abdome, contorno lateral, excesso de pele ou flacidez, aspecto do umbigo e estética da cicatriz na parede abdominal. Os dados comparativos foram submetidos a análise estatística, com valor de significância "p" de 0,05. RESULTADOS: Tanto no grupo total (n=60) quanto em cada grupo isoladamente, a média das notas do pós-operatório foi significativamente maior que a média das notas do pré, para todos os avaliadores. Da mesma forma, a média das notas do Grupo II (de controle) sempre foi significativamente maior que a do Grupo I (de sobrepeso), tanto no pré como no pós-operatório, para todos os avaliadores, embora a média do ganho obtido - ou a diferença entre as notas do pós e do pré-operatório, que mede a melhora no resultado estético, tenha sido maior no Grupo I (de sobrepeso). Tanto no pré como no pós- operatório, a média das notas dos avaliadores não-médicos foi significativamente maior que a média das notas dos médicos. No pós-operatório, a média da nota na avaliação do cirurgião foi significativamente maior que a média dos avaliadores médicos e que a dos avaliadores não- médicos. O Índice de Correção Intraclasses (ICC) foi elevado e significativo, indicando alto grau de confiabilidade interna entre os profissionais. CONCLUSÃO: Houve diferença significativa na avaliação estética dos resultados da cirurgia do abdome, quando comparados os dois grupos com diferente IMC: o grupo de controle (IMC entre 18,5 e 24,9) apresentou resultado superior na média das notas, tanto no pré como no pós-operatório, para todos os avaliadores. Embora ambos os grupos tenham apresentado significativa melhora na avaliação estética após a lipoabdominoplastia, o ganho de melhora entre o pós e o pré-operatório foi maior no Grupo com IMC entre 25 e 29,9
Título em inglês
Evaluation of aesthetic results of the lipoabdominoplasty in overweight patients. A comparative study
Palavras-chave em inglês
Abdominoplasty
Complications
Cosmetic surgery
Evaluation of results
Lipoabdominoplasty
Liposuction
Resumo em inglês
BACKGROUND: Aesthetic and functional deformities of the abdominal wall, as skin flaccidity, lipodystrophy and diastasis of rectus abdominis muscles may contribute to decreased self-esteem and well-being of the patient. Liposuction of the abdominal wall in traditional abdominoplasty (wide undermining) has been criticized for increasing the risk of complications. The lipoabdominoplasty performs a selective undermining of the flap along the medial borders of the rectus abdominis muscles, preserving the abdominal perforating vessels, thus allows liposuction during the same procedure of abdominoplasty with greater safety. The aim of this study was to evaluate the aesthetic results of lipoabdominoplasty in overweight patients (Body Mass Index - BMI 25-29.9) as compared to patients with normal weight (BMI between 18.5 and 24.9), operated by the same technique. METHODS: A comparative and retrospective analysis of late follow up results after lipoabdominoplasty between two groups of 30 patients, one with BMI between 25 and 29.9 and a control group with BMI between 18,5 and 24.9, operated from 2000 to 2009. To evaluate the aesthetic results was used a scale with objective parameters developed by the Plastic Surgery Department of São Paulo University, held by seven independent evaluators - three doctors, three no doctors and the surgeon. Five items in photography were evaluated - the abdominal volume, the lateral contour, excess of skin flaccidity, the appearance of the navel and quality of scar in the abdominal wall, both in pre and postoperative period. The data was submitted to statistical analysis. RESULTS: Both in the whole study population (n = 60) as in each group separately, the average score of the postoperative period was significantly higher than the pre, for all evaluators. Likewise, the average score of Group II (control) was always significantly higher than that of Group I (overweight), pre and postoperatively for all evaluators, although the mean difference between the post and pre-operative scores, which measures the improvement in the aesthetic result, was higher in Group I (overweight). Postoperatively, the average score, when assessed by the plastic surgeon was significantly higher than when assessed by other doctor and no doctor evaluators. The average score by non-medical evaluators was significantly higher than the average pointed out by doctors, both in the pre and postoperative period. The Intra Class Correction was high and significant, indicating a high degree of internal reliability between professionals. CONCLUSION: A significant difference was noted in the aesthetic evaluation of the abdomen when compared the two groups with different BMI: the control group (BMI between 18,5 and 24,9) presented superior results in grades in both the pre and post results for all evaluators. Both groups showed significant improvement in aesthetic evaluation after lipoabdominoplasty, but the gain between the pre and the postoperative was higher in the group with BMI between 25 and 29.9
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-06-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.