• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
André Gasparini Spadaro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Lemos Neto, Pedro Alves (Presidente)
Bocchi, Edimar Alcides
Chagas, Antonio Carlos Palandri
Fernandes, Fabio
Título em português
Denervação simpática renal por cateter na insuficiência cardíaca secundária à doença de Chagas: estudo piloto controlado randomizado
Palavras-chave em português
Ablação por cateter
Cardiomiopatia chagásica
Denervação renal
Doença de Chagas
Insuficiência cardíaca
Resumo em português
Introdução: A doença de Chagas, causada pelo protozoário Trypanossoma cruzi, é uma das mais relevantes afecções parasitárias endêmicas na América Latina, afetando aproximadamente 6 milhões de pessoas. A cardiopatia chagásica se desenvolve em 20-30% dos indivíduos infectados, evolui com prognóstico desfavorável e se caracteriza por miocardite persistente, depleção neuronal ganglionar intracardíaca e disautonomia peculiares à condição. Objetivos: Avaliar a viabilidade e segurança da denervação simpática renal por cateter de radiofrequência, como uma estratégia de tratamento para pacientes com cardiopatia chagásica sintomática avançada. Métodos: Estudo clínico piloto, prospectivo, unicêntrico, randomizado, não cego e sem procedimento simulado (sham) no grupo controle. Pacientes com cardiopatia chagásica foram randomizados em proporção 2:1 para denervação renal ou tratamento clínico (grupo controle). O objetivo primário composto foi a incidência de eventos adversos maiores após 9 meses, definido como óbito por qualquer causa, infarto do miocárdio, acidente vascular encefálico, necessidade de intervenção em artéria renal ou alteração na função renal (queda na taxa estimada de filtração glomerular > 30%). Resultados: Um total de 17 pacientes foram alocados para denervação renal (n=11) ou para tratamento clínico (n=6). Os pacientes incluídos apresentavam cardiopatia chagásica avançada, com redução expressiva da função ventricular esquerda (fração de ejeção média de 26.7 ± 4.9%). Nos pacientes randomizados para denervação renal, o procedimento foi realizado com sucesso e sem intercorrências. Após 9 meses, o objetivo primário foi observado em 36.4% dos pacientes do grupo denervação renal e em 50.0% no grupo controle (p=0.6). Após 9 meses, parâmetros clínicos, funcionais, laboratoriais, ecocardiográficos e de qualidade de vida foram similares entre os grupos. Conclusões: O presente estudo piloto sugere que a denervação simpática renal por cateter é factível, segura e bem tolerada em pacientes com cardiopatia chagásica avançada, sendo necessários estudos adicionais para melhor avaliar a eficácia clínica dessa estratégia intervencionista, no intuito de melhorar o prognóstico dessa população de alto risco
Título em inglês
Renal denervation in patients with heart failure secondary to Chagas' disease: a pilot randomized controlled trial
Palavras-chave em inglês
Catheter ablation
Chagas cardiomyopathy
Chagas heart disease
Heart failure
Renal denervation
Resumo em inglês
Background: Chagas' disease is one of the most relevant endemic parasitic diseases in Latin America, affecting approximately 6 million people. Overt Chagas' heart disease is an ominous condition, occurring in 20-30% of infected individuals, which has besides the persistent myocarditis a peculiar intracardiac ganglionic neuronal depletion and dysautonomy. Objectives: This study aims to evaluate the safety and feasibility of renal denervation for patients with advanced symptomatic Chagas' cardiomyopathy. Methods: Open-label prospective pilot study that randomized patients with Chagas' heart disease to either renal denervation or conservative treatment (2:1 ratio). The primary endpoint was the incidence of major adverse events at 9 months, defined as a composite of all-cause death, myocardial infarction, stroke, need for renal artery invasive treatment, or worsening renal function. Results: A total of 17 patients were allocated for renal denervation (n=11) or conservative treatment (n=6). Included patients had severe symptomatic heart disease, with markedly depressed left ventricular function (average ejection fraction 26.7 ± 4.9%). For patients randomized to renal denervation, the procedure was performed successfully and uneventfully. After 9 months, the primary endpoint occurred in 36.4% of patients in the renal denervation group and 50.0% in the control arm (p=0.6). After 9 months, clinical, laboratorial, echocardiographic, and quality of life parameters were similar between groups. Conclusions: This pilot study suggests that renal denervation is safe and feasible in patients with Chagas' cardiomyopathy, warranting future studies to better evaluate the clinical efficacy of the interventional strategy in improving the prognosis of this high-risk population
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-10-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.