• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Carlos Henrique Reis Esselin Rassi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Rochitte, Carlos Eduardo (Presidente)
Gowdak, Luís Henrique Wolff
Lerario, Antonio Carlos
Magalhães, Tiago Augusto
Título em português
O uso do escore de cálcio, ultrassom de carótidas e teste ergométrico no rastreamento da doença arterial coronária em portadores de diabetes mellitus tipo 2
Palavras-chave em português
angiografia por tomografia computadorizada
diabetes mellitus tipo 2
doença arterial coronariana
Resumo em português
Introdução: nos últimos anos, foi observado um aumento significativo da incidência do diabetes e, consequentemente, o aumento de sua prevalência. As doenças cardiovasculares, sobretudo o infarto agudo do miocárdio (IAM) e o acidente vascular cerebral (AVC), são as principais responsáveis pela mortalidade nesses pacientes, sendo, muitas vezes, a primeira manifestação da doença. A ruptura da placa aterosclerótica coronariana é o mecanismo fisiopatológico de dois em cada três casos de IAM, e as características dessas placas já foram objeto de diversos estudos no campo da angiotomografia computadorizada das artérias coronárias (CCTA). Objetivo: avaliar a frequência de doença arterial coronariana e as principais características clínicas, laboratoriais, funcionais e anatômicas dos exames complementares em diabéticos tipo 2 (DM2) sem queixas cardiovasculares. Métodos: foram incluídos 98 pacientes diabéticos do tipo 2, avaliados entre junho de 2011 a janeiro de 2013, com idades entre 40 e 65 anos, cuja duração do diabetes tenha sido inferior a 10 anos, para serem submetidos às avaliações clínica e laboratorial, ao teste ergométrico, à ultrassonografia (USG) com Doppler de carótidas e vertebrais e à CCTA. Resultados: dos 98 pacientes, 44% (n = 43) apresentaram doença arterial coronária (DAC) na CCTA e 38 (39%), escore de cálcio coronário (CAC) maior do que zero. Além disso, 16 indivíduos apresentaram doença arterial coronariana significativa (obstrução luminal maior do que 50%), incluindo três com escore de cálcio coronário igual a zero. Pacientes com placas ateroscleróticas nas artérias coronárias apresentaram uma incidência maior de placas ateroscleróticas nas carótidas (58% x 38%, p = 0,01). Dos 55 pacientes com CCTA normal, 18 tinham placas nas carótidas. Dos 98 pacientes do estudo, oito pacientes tiveram o teste ergométrico positivo para isquemia miocárdica, e desses, cinco tinham estenose maior que 50%, dois tinham estenose menor que 50% e um não tinha aterosclerose coronariana. Conclusão: o paciente diabético sem sintomas cardiovasculares apresenta uma elevada frequência de doença arterial coronariana. O escore de cálcio coronário é, entre os testes estudados e em comparação com a CCTA, aquele que possui a maior sensibilidade e especificidade para predizer a DAC
Título em inglês
The use of coronary artery calcium score, carotid ultrasound and exercise treadmill test in the screening of coronary artery disease in patients with type 2 diabetes mellitus
Palavras-chave em inglês
coronary artery disease
coronary computed tomography angiography
diabetes mellitus type 2
Resumo em inglês
Introduction: in the last years, there has been a significant increase in the incidence of diabetes and, thus, an increase in its prevalence. Cardiovascular diseases, especially acute myocardial infarction (AMI) and cerebrovascular accident (CVA), are the main causes of death in these patients, often being the first manifestation of the disease. Coronary atherosclerotic plaque rupture is the pathophysiological mechanism of two out of three cases of AMI and the characteristics of these plaques have already been the subject of several studies in the field of coronary computed tomography angiography (CCTA). Objective: to evaluate the frequency of coronary artery disease and the main clinical, laboratory, functional and anatomical characteristics of the complementary exams in type 2 diabetics without cardiovascular symptoms. Methods: we enrolled 98 type 2 diabetic patients, evaluated between June 2011 and January 2013, aged 40-65 years, duration of diabetes less than 10 years, submitted to clinical evaluation, laboratorial test, exercise treadmill test, Doppler ultrasonography of the carotid and vertebral arteries and CCTA. Results: out of the 98 patients, 44% (n = 43) had coronary artery disease (CAD) in CCTA, and 38 (39%) had a coronary artery calcium (CAC) score greater than zero. In addition, 16 subjects had significant coronary artery disease (luminal obstruction greater than 50%), including three with coronary artery calcium scores equal to zero. Patients with atherosclerotic plaques in the coronary arteries had a higher incidence of atherosclerotic plaques in the carotid arteries (58% x 38%, p = 0.01). From the 55 patients with normal CCTA, 18 had plaques in the carotid arteries. Out of the 98 patients, eight had a positive exercise treadmill test for myocardial ischemia, of whom five had stenosis greater than 50%, two had stenosis less than 50% and one had no coronary atherosclerosis. Conclusion: the diabetic patient without cardiovascular symptoms presents a high frequency of coronary artery disease. The coronary artery calcium score is, among the tests studied and in comparison to CCTA, the one that has the highest sensitivity and specificity to predict CAD
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-09-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.