• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.48.2022.tde-28042022-154606
Documento
Autor
Nome completo
Alessandro Mortaio Gregori
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2022
Orientador
Banca examinadora
Lopes, Katia Maria Abud (Presidente)
Carvalho, Margarida Maria de
Moraes, Dislane Zerbinatti
Ramos, Márcia Elisa Teté
Ribeiro, Renilson Rosa
Título em português
Interpretando o tempo em sala de aula: ensino de História Antiga
Palavras-chave em português
Consciência Histórica
Didática da História
Ensino de História
Representações Sociais
Temporalidade
Resumo em português
Esta pesquisa tem como objetivo compreender a formação da consciência histórica em jovens estudantes da 1.ª série do Ensino Médio. Por meio de contribuições da Didática da História alemã, em especial da Teoria da História de Jörn Rüsen, e da Teoria das Representações Sociais desenvolvida por Serge Moscovici, investigam-se os elementos em disposição e influência no pensamento histórico dos jovens em situação de aprendizagem escolar. A partir do recorte sobre a Antiguidade greco-romana, tomada pelo viés da narrativa da História Política, busca-se entender como os alunos se apropriam da experiência do passado, constroem uma interpretação sobre a temporalidade e desenvolvem raciocínios sobre o tempo para dar sentido ao mundo em que estão inseridos. A coleta de dados para a pesquisa ocorreu em duas unidades escolares da região do ABC na Grande São Paulo entre os anos de 2018 e 2019. Procedeu-se a uma pesquisa qualitativa que parte da análise de dados coletados por meio de observações de aula, questionários de perfil socioeconômico e cultural, entrevistas com docentes, análise de material didático e respostas dos estudantes a exercícios de cruzamento entre fontes históricas de períodos diversos. Chega-se à consideração de que o trabalho pedagógico com os conceitos de natureza política, presentes no vocabulário histórico utilizado para o estudo dos gregos e romanos antigos, leva à construção de saberes, os quais são mobilizados pelos alunos no momento de interpretar uma ordem do tempo. Ordem essa que dialoga com o contexto social e político do momento em que se vive. Investigamos a natureza desse saber construído pelos estudantes, proporcionado não apenas pelo modo de pensar adquirido nas aulas de História, mas também pela forte influência de representações construídas fora do ambiente escolar e circulantes nos diversos meios sociais.
Título em inglês
Interpreting time in the classroom: Ancient History teaching
Palavras-chave em inglês
Didatics of History
Historical Consciousness, Social Representations
History Teaching
Temporality
Resumo em inglês
This research aims to understand the formation of historical consciousness in students attending the 1st year of high school. Through the contributions from the german didactics of history, in particular the contributions by Jörn Rüsen's theory of history and by Serge Moscovicis theory of social representations, we investigate what impacts the historical thinking of young learners and to which extent. From the school narrative of political history of the Greek and Roman antiquity we seek to understand how students make an experience of the past their own, build an interpretation of temporality and apply reasoning to time in order to give meaning to the world in which they are inserted. Data collection for this research took place in two schools units in the metropolitan region of Sao Paulo between 2018 and 2019. A qualitative research was carried out based on the analysis of data collected through classroom observation, questionnaires about socioeconomic and cultural profiles, interviews with teachers, analysis of teaching materials and student responses to a set of exercises with information from different historical sources and periods. We come to the conclusion that the pedagogical work with concepts of political nature, present in the historical vocabulary used for the study of the ancient Greeks and Romans, aids students in the acquisition of some knowledge, which is applied by them when interpreting a time order. This knowledge interacts with the social and political context of the moment in which the students are living. We explored the nature of this knowledge gained not only by the learning of reasoning in history classes, but also due to the influence of representations built outside the classroom in different social environments.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-04-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.