• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.48.2020.tde-02122020-180300
Documento
Autor
Nome completo
Danilo da Silva Solera
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2020
Orientador
Banca examinadora
Duboc, Ana Paula Martinez (Presidente)
Azzari, Eliane Fernandes
Mizan, Souzana
Título em português
Letramento crítico-literário no ensino de línguas estrangeiras: possibilidades e desafios
Palavras-chave em português
Ensino de língua estrangeira
Letramento crítico
Letramento crítico-literário
Literatura
Multiletramentos
Resumo em português
Esta pesquisa teve como propósito discutir o lugar da literatura no ensino de língua inglesa como língua estrangeira a partir de duas perguntas direcionadoras: I. O que os documentos reguladores da educação básica preveem a respeito do trabalho com textos literários nas aulas de inglês?; e II. Quais são os desafios e possibilidades de se trabalhar literatura na aula de línguas estrangeiras?. A investigação teve como base os pressupostos teóricos dos multiletramentos (AZZARI; CUSTÓDIO, 2013; DUBOC, 2015; ROJO, 2012), dos letramentos críticos (DUBOC, 2012; MENEZES DE SOUZA, 2011a; MONTE MOR, 2008) e letramento literário (WIELEWICKI, 2011; ZAPPONE, 2008). Para responder às perguntas de pesquisa, os documentos reguladores da educação básica as Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs) e a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) foram analisados, e uma pesquisa- ação colaborativa foi conduzida em uma escola da rede privada de São Paulo no Ensino Fundamental, com o intuito de explorar as potencialidades do texto literário nas aulas de inglês, com ênfase para o uso de novas tecnologias em benefício de processos autorais criativos. As descobertas da pesquisa demonstraram a presença de visões conflitantes nos documentos oficiais. Com relação ao trabalho em campo, foi possível perceber a sala de aula como um espaço frutífero para fazer jus ao lugar da literatura na sala de aula de línguas estrangeiras, sobretudo para promover letramento crítico e romper com definições hegemônicas consagradas de literatura ao se reconhecer a agência dos estudantes na construção de sentidos em mídias digitais. Argumenta-se também pela necessidade de uma formação qualificada do professor de línguas estrangeiras com vistas ao repensar de um trabalho literário afeito à criticidade e ao agenciamento.
Título em inglês
Literary critical literacy in foreign languages teaching: possibilities and challenges
Palavras-chave em inglês
Critical literacy
Foreign language teaching
Literary critical literacy
Literature
Multiliteracies
Resumo em inglês
This research aimed to discuss the place of literature in the teaching of English as a foreign language in order to respond to two research questions: (i) what do Basic education official documents foresee regarding work with literary texts in English classes?; (ii) what are the challenges and possibilities of working with literature in foreign language classes?. The investigation was founded on the theoretical assumptions from the multiliteracies framework (AZZARI; CUSTÓDIO, 2013; DUBOC, 2015; ROJO, 2012), critical literacy (DUBOC, 2012; MENEZES DE SOUZA, 2011a; MONTE MOR, 2008) and literary literacy (WIELEWICKI, 2011; ZAPPONE, 2008). In order to answer the research questions, the official documents for education, Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs) and the Base Nacional Comum Curricular (BNCC) were analyzed and a collaborative action-research was conducted in a private school in São Paulo to explore the potentialities of the literary text in English classes, with emphasis on the use of technology in favor of authorial creative processes. Findings demonstrate that conflicting views of literature are present in both documents. In relation to the fieldwork, we conclude that the foreign language classroom might be a fruitful space for literature, especially to promote critical literacy work and to defy hegemonically established definitions of literature, as it fosters student agency in the construction of meaning through the use of digital media. It is also argued that qualified teacher education of the foreign language teacher with the aim of rethinking a literary work in favor of criticality and agency is necessary.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-12-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.