• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
https://doi.org/10.11606/D.48.2019.tde-21102020-162709
Documento
Autor
Nombre completo
Maria Fernanda Pinho Leandro Ribeiro
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2019
Director
Tribunal
Angelucci, Carla Biancha (Presidente)
Fonseca, Paula Fontana
Ribeiro, Maria Teresa de Moura
Título en portugués
Narrativas de jovens sobre sua experiência em escolas regulares e exclusivas: estudo exploratório sobre a educação especial em um município do estado de São Paulo
Palabras clave en portugués
Deficiência intelectual
Educação especial
Educação inclusiva
História oral
Resumen en portugués
A presente pesquisa exploratória, de caráter qualitativo, elegeu como tema a Política de Educação Especial em um município do estado de São Paulo. Seu objetivo geral foi registrar e sistematizar as narrativas de jovens tidos como público-alvo da Educação Especial e que frequentaram a rede municipal no período de 2001 a 2018, com alguns intervalos fora da escola. Em função da suposição de que tais jovens teriam deficiência intelectual, foram transferidos da escola regular para escola exclusiva, quando adolescentes. Os procedimentos de pesquisa adotados foram: levantamento das fontes documentais sobre a educação especial no município, bem como dos registros dos estudantes junto à Secretaria Digital. Foram utilizadas ainda duas outras fontes: o relato escrito de uma professora que colaborou desde a fundação da educação especial no município, bem como as narrativas de três rapazes, dois negros e um branco, sobre suas trajetórias escolares, consideradas as seguintes dimensões: a) acesso a currículo; b) relações com educadores/as e com demais educandos/as; c) ampliação da participação social e do exercício da cidadania. A análise das narrativas deu-se a partir da produção de pré-indicadores, indicadores e núcleos de significação. Os resultados foram organizados em torno de quatro núcleos de significação. A partir das memórias dos jovens, é possível afirmar que a experiência escolar foi marcadamente uma experiência de constrangimentos e desinvestimentos em suas potências. Lembremos que, mesmo após anos na escola regular e mais anos na escola exclusiva, nenhum dos três avançou para além do 2o ano da Educação Básica. A diferença, segundo as percepções dos jovens está na postura dos professores da escola exclusiva, que se dispunham a compreendê-los e planejar algo a partir dessa aproximação. Foi assim que os três conseguiram se alfabetizar na escola exclusiva. Entretanto, não têm lembranças de terem sido apresentados a componentes curriculares diferentes da alfabetização, do letramento e das operações básicas matemáticas. Por fim, afirmamos a importância da incorporação, por parte da Academia, de pesquisas que se centrem nas experiências, percepções e pensamentos de pessoas com deficiência, sobretudo quando se trata de avaliação de políticas voltadas para esse segmento populacional.
Título en inglés
Youth narratives about their experience in regular and exclusive schools: an exploratory study on special education in a city in the state of São Paulo
Palabras clave en inglés
Inclusive education
Intellectual disability
Oral history
Special education
Resumen en inglés
This exploratory research, of qualitative character, chose as its theme the Special Education Policy in a city of the state of São Paulo. Its general objective was to record and systematize the narratives of young people who were considered as target audience of Special Education and who attended the municipal network from 2001 to 2018, with some breaks outside school. Due to the assumption that such young people would have intellectual disabilities, they were transferred from regular school to exclusive school as teenagers. The research procedures adopted were: survey of documentary sources on special education in the city, as well as student records with the Digital Secretariat. Two other sources were also used: the written report of a teacher who collaborated since the foundation of special education in the city, as well as the narratives of three boys, two black and one white, about their school trajectories, considering the following dimensions: a) access to curriculum; b) relationships with educators and other learners; c) expansion of social participation and the exercise of citizenship. The analysis of narratives was based on the production of pre-indicators, indicators and cores of meaning. The results were organized around four meaning cores. From the memories of young people, its possible to state that the school experience was markedly an experience of constraints and divestments in their powers. Let us remember that even after years in regular school and more years in exclusive school, none of the three advanced beyond the 2nd year of Basic Education. The difference, according to the perceptions of the young people, is the attitude of the teachers of the exclusive school, who were willing to understand them and to plan something from this approach. This is how the three of them managed to literate at the exclusive school. However, they have no recollection of having been introduced to curricular components other than literacy and basic mathematical operations. Finally, we affirm the importance of the incorporation by the Academy of research that focuses on the experiences, perceptions and thoughts of people with disabilities, especially when it comes to evaluating policies aimed at this population segment.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2021-01-04
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.